Brasil sofre dura eliminação no Mundial juvenil



Bastava vencer a Índia, no Maracanãzinho, para a Seleção Brasileira masculina juvenil garantir um lugar na semifinal do Mundial. Mas ela não aconteceu.

A derrota por 3 sets a 2, parciais de 36-34, 22-25, 21-25, 25-17, 16-14, tirou o time da casa da disputa por medalhas.

Um ponto final em uma campanha instável. Na primeira fase, derrota na estreia para o Japão por 3 a 2. Depois, triunfos sobre EUA (3 a 1) e Bulgária (3 a 2). Na segunda etapa, depois da empolgante vitória sobre a Sérvia em sets diretos, dois tropeços diante de argentinos e indianos decretaram a eliminação.

O técnico Leonardo Carvalho lamentou a queda:

– Não tivemos calma e força para fechar o quarto set, que deixaria o jogo em nossas mãos. Todo jogo que vai para o quinto set é decidido nos detalhes. Nós erramos muito.

Nas semifinais, a Sérvia vai duelar com a invicta Rússia, enquanto os argentinos buscarão vaga na final contra os Estados Unidos.

O revés deve ser bem estudado, com calma, sem busca por um culpado. Mas nos últimos anos o Brasil perdeu espaço nas categorias de base.



MaisRecentes

Giovane encaminha manutenção do vôlei carioca na Superliga



Continue Lendo

Basta! Nada justifica ameaças de morte



Continue Lendo

As duas formas de ver o novo Sesi



Continue Lendo