Brasil se recupera no Grand Prix



A Seleção Brasileira feminina voltou a vencer no Grand Prix. Depois de duas derrotas na etapa de Macau (CHN), as bicampeãs olímpicos bateram a Itália por 3 a 1 (26-24, 22-25, 25-13 e 25-22), na abertura do terceiro fim de semana de disputas, em Ankara (TUR).

Não foi uma atuação de encher os olhos. O placar do terceiro set, por exemplo, é um ponto fora da curva em um jogo deste nível, mas não deixa de dar esperança de vê-lo se repetir mais vezes. Já o apagão no quarto set (Itália teve 14 a 8) prova que a instabilidade ainda é um ponto importantíssimo a ser melhorado até a Rio-2016.

Hoje vi um time mais ligado na defesa com a presença de Léia como líbero. José Roberto Guimarães disse durante a etapa do Rio de Janeiro que a decisão entre Léia e Camila Brait na lista olímpica dependeria muito da segurança que o restante da equipe teria com uma ou outra em quadra. Pensando neste quesito, a titular nesta sexta ganha pontos na disputa.

Egonu deu trabalho para o bloqueio brasileiro (FIVB Divulgação)

Egonu deu trabalho para o bloqueio brasileiro (FIVB Divulgação)

O bloqueio também apareceu bem em vários momentos, principalmente com Fabiana, bem melhor do que Thaisa no fundamento.  O ataque oscilou em alguns momentos, ficando mais seguro quando Natália e Fernanda Garay passaram a pontuar.  Mas ainda existe muitos altos e baixos na virada de bola, algo a se corrigir neste mês pré-olímpico. Sheilla precisa ser mais “matadora”, por exemplo. O banco de reservas também merece citação pela ajuda na virada no quarto set, com Jaqueline e Juciely por mais tempo, e Roberta e Tandara na inversão já no fim. Natália, com 16 pontos, liderou o Brasil.

Do lado italiano Egonu deitou e rolou em parte do jogo, sendo a maior pontuadora disparada do duelo (26 pontos). Mas a Azzurra abusou de errar, dando 35 pontos de graça para o Brasil. E desta vez a Itália contou com a presença de algumas jogadoras mais experientes, como Del Core e Guiggi.

 



MaisRecentes

Coluna: Minas e um dia histórico para o vôlei nacional



Continue Lendo

O tremendo desafio de Minas e Dentil/Praia Clube no Mundial



Continue Lendo

Coluna: Sinal de alerta com as chuvas no Brasil



Continue Lendo