Brasil perto da definição da lista para o Mundial feminino



A Seleção Brasileira feminina está mais próxima da definição do grupo de 14 atletas para a disputa do Campeonato Mundial do Japão, entre 29 de setembro e 20 de outubro.

No fim de semana, o elenco foi reduzido para 15 nomes, com os cortes da oposto Monique e da ponta Fernanda Tomé.

A primeira havia sido chamada para compor o time após a lesão no ombro de Tandara, antes do Torneio de Montreux, enquanto a segunda se juntou anteriormente, graças ao desempenho na Copa Pan-Americana, em Santo Domingo, na República Dominicana.

Desta forma, a comissão técnica trabalha agora em Barueri, na Grande São Paulo, com o seguinte grupo:

Levantadoras: Dani Lins e Roberta

Oposto: Tandara

Pontas: Gabi, Natália, Amanda, Rosamaria, Drussyla e Fernanda Garay

Centrais: Bia, Thaisa, Adenízia e Carol

Líberos: Suelen e Gabiru

Nos últimos dias, Tandara e Bia retomaram os treinamentos com o restante do elenco. A dupla, com problema no ombro direito, não viajou para Montreux, na Suíça, onde a Seleção ficou em quarto lugar no torneio.

Falta então apenas um desligamento para o Brasil estar definido para o Mundial. Não é novidade para ninguém o trabalho feito especial para a recuperação da ponta Natália, com um problema no joelho. Em Montreux, ela fez parte do grupo pela primeira vez na temporada. Porém, ainda com pouco tempo de trabalho de saltos, fez apenas algumas passagens para sacar.

Fernanda Garay voltou à Seleção em Montreux (FIVB Divulgação)

Certamente é uma das dúvidas de José Roberto Guimarães antes de fechar o elenco para a viagem para o Japão, prevista para quarta-feira.

– Com todas as meninas, com o time completo, com cada uma sabendo os pontos em que pode melhorar, temos tudo para fazer um grande Mundial. Estamos todas treinando muito e bastante focadas – comentou Thaisa, outra que passou por uma longa processo de recuperação após cirurgia no joelho esquerdo.

O Brasil buscará o título inédito a partir do próximo dia 29 e estará no Grupo D, ao lado de Sérvia,  Porto Rico, República Dominicana, Quênia e Cazaquistão.

LEIA TAMBÉM

+ Líbero brasileiro morre na Espanha

 

 



MaisRecentes

Itália, Sérvia, Holanda e China nas semifinais do Mundial



Continue Lendo

Sérvia e China mais perto das semifinais do Mundial



Continue Lendo

A Itália chegou mesmo para ficar



Continue Lendo