Brasil numa boa após duas rodadas. E um jogador está em alta



Seis pontos em dois jogos, único invicto e já com boa vantagem para ficar com o título da Copa dos Campeões.

O Brasil tem muito a comemorar no Japão. O 3 a 1 sobre o Irã e o 3 a 0 sobre os Estados Unidos foram bem mais complicados do que se pode imaginar, vendo apenas o placar.

Os iranianos tiveram chances de levar a decisão para o tie-break. Um time sem marketing, mas que vem evoluindo demais nas mãos de Julio Velasco. Tanto que bateu nesta quarta a Itália, que havia derrotados os favoritíssimos russos na estreia. Não é pouca coisa.

Já os americanos levaram o Brasil ao limite nas três parciais, perdendo todas elas pela diferença mínima (31-29, 25-23 e 25-23). É aquele 3 a 0 meio enganoso.

Nestes dois jogos, é impossível não ressaltar o poder de decisão da Seleção. Time grande é assim, dirão alguns. Corrijo, dizendo que time maduro faz assim quando é exigido. E entre os “amadurecidos” de Bernardinho no Japão, destaco a boa atuação do ponta Mauricio Borges até aqui. Foram 16 pontos contra o Irã e 13 contra os EUA. Comparando com Lucarelli, um titular absoluto da posição, comprova-se como Mauricio foi importante para os resultados: foram 11 e 7 pontos do atleta do Sesi, respectivamente.

Mauricio pintou muito bem anos atrás no Minas. Morava em BH nesta época e vi de perto o surgimento dele. Os país estavam sempre perto, apesar de morarem em Alagoas, o ponta tinha estrutura e respaldo no clube, além de boas passagens por Seleções de base. Mas não se firmou no cenário nacional, virou reserva em clubes, como o Sada/Cruzeiro, e perdeu espaço na Seleção adulta. Neste momento de renovação (Dante e Murilo fora, Giba aposentado da Seleção), ele tem chance de arrumar um espaço fixo durante o ciclo olímpico. E a Copa dos Campeões pode ser o divisor de águas.

 



MaisRecentes

Dentil/Praia Clube confirma presença no Mundial



Continue Lendo

Seleções disputarão amistosos pelo país antes dos Mundiais



Continue Lendo

O adeus do genial genioso Ricardinho



Continue Lendo