Brasil na semi. Quem é maior responsável?



Um 3 a 0 sem piedade sobre a Alemanha e a classificação para a semifinal do Campeonato Mundial. 

Depois de deixar dúvidas nos primeiros jogos na competição com atuações preocupantes, o Brasil reagiu, passou a jogar bem e garantiu seu lugar entre os quatro primeiros colocados antecipadamente, de forma invicta e de maneira convincente. Já virou o favorito ao título para alguns analistas e rivais.

Para você, quem é o principal responsável por isso?

Zé? Fabíola? Sheilla? Fabiana? Fabi? Natália? O grupo?

Quero ler sua opinião aqui antes de dar a minha.



  • Bruna

    Acho que é o Zé Roberto Guimarães. Ele conhece essas meninas como ninguém e estuda muito bem as adversárias. O Zé Roberto sabe motivar o grupo, e sabe, o que eu acredito ser o maior importante: que o time dele não é imbatível. Ele consegue resultados fantásticos porque sabe identificar pontos fortes e fracos do Brasil. Para mim, é um dos melhores treinadores.

  • Andrei

    É o Zé, pra mim o melhor treinador do mundo em se tratando de Volei

  • M.RODRIGUES

    Fico com o que a Vera Mossa falou na transmissão da Globo: o conjunto!

    Não dá para destacar um ou outro elemento. Felizmente não temos mais um time que seja totalmente dependente de uma ou duas jogadoras, como outrora fora no masculino também.

  • Deus

    O Zé. E o investimento em todas as faixas da base.

  • João Castro

    Sem sombra de dúvidas a final do campeonato foi Brasil e Japão. Sendo a Fabíola uma levantadora novata na celeção podemos dizer que sua atuação foi explêndida. Entrar num time já formado deve ser um desafio muito grande para uma levantadora. Quem atua nessa posição não pode ficar preocupada em como servir suas companheiras buscando atender às necessidades dessas companheiras. As atacantes devem ser comandadas pela levantadora que deve estar preocupada, apenas, com a formação do time adversário. Em fração de segundos deve escolher quem deverá atacar e servir forçando sua companheira para o ataque na posição mais frágil do time adversário. Fintar em função do posicionamento adversário é o segredo do negócio e as atacantes devem estar preparadas para a escolha da levantadora. Em todo campeonato mundial no Japãp a Fabíola esteve um tempinho atrás das atacantes. Mesmo assim chegamos a final. O desgaste do jogo contra o Japão foi, sem dúvida, o maior adversário. Em condições normais o Brasil ganharia sem maiores dificuldades. A Russia só tem a opção de bolas altas para suas ponteiras. A partir dessa final o Brasil passa a contar com uma levantadora de alto nível tanto a nível técnico como de comando. Devemos esquecer a derrota e comemorar essa nova preciosidade que o José Roberto encontrou. Tem comando, técnica, bloqueio e ataca com eficiência em função da sua formação inicial e estatura. Não tenho a menor dúvida que essa jogadora será a melhor do mundo na sua posição até os jogos olimpicos em 2012.

  • gelson

    Só quero dizer que a sheila é muito linda que se eu pudesse iria torcer por ela em todo canto do mundo pq ela é um sonho de mulher sheila te amo muito gata parabens forca meninas abraco gelson

  • Vitoria

    Sheilla Tavares de Castro#13 com toda a certeza.

MaisRecentes

Brasil faz dever de casa pela classificação



Continue Lendo

O bipolar Brasil no Grand Prix



Continue Lendo

Vaivém: Campinas apresenta patrocinador e caras novas



Continue Lendo