Brasil na semi do Mundial sub-23



Chega da Turquia uma boa notícia. A Seleção Brasileira está na semifinal do Mundial sub-23 feminino.

O passaporte foi carimbado após a vitória de hoje sobre a Bulgária por 3 sets a 0, parciais de 25-17, 25-8 (?!?) e 30-28.

As pontas Drussyla e Gabi foram os nomes do time, marcando 15 e 14 pontos, respectivamente. A oposto Rosamaria, que teve algumas boas atuações no Pan do Canadá, deixou a desejar no ataque e terminou o confronto com apenas cinco pontos.

Admito que cheguei a temer pela classificação após a derrota para a Turquia por 3 a 0. Mas a equipe comandada por Wagão conseguiu reagir na competição, superando italianas e búlgaras e se garantindo na briga pelas medalhas.

– As minhas jogadoras respeitaram a nossa estratégia de forma impecável. No terceiro set nós precisamos de algum tempo para nos adaptarmos às mudanças feitas pelo time da Bulgária. Nós mantivemos a calma e acreditamos em nosso potencial – analisou o treinador.

A Seleção deve avançar como segunda colocada do Grupo A, já que as turcas são favoritíssimas ainda hoje diante da Colômbia.

No Grupo B, os dois classificados são República Dominicana e Japão. O duelo brasileiro deve ser mesmo com as caribenhas, que são dirigidas por Wagner Pacheco, assistente de Marcos Kwiek na seleção adulta dominicana.



  • Fernando Marcelo

    Parabéns ao Brasil e principalmente a Drussyla e Gabi, que estão dando conta do passe e do ataque, levando o time praticamente nas costas.

    Detalhe: as centrais quase não pontuam nas partidas, e a Rosamaria(oposto) está bem abaixo do ideal, pontuando muito pouco. O jogo é todo em cima das ponteiras, espero que isso mude para as semi finais contra Rep. Dominicana.

  • AfonsoRJ

    Um post sobre a preocipação com as divisões de base, seguido por outro sobre a disputa da semifinal do mundial sub 23. Claro que sei sobre o que se trata cada um deles e que na verdade não são contraditórios, mas alguém de fora pode olhar isso com certa ironia…

    • Fernando Marcelo

      Com certeza, mas o que as pessoas não percebem é que a seleção Sub 23 (praticamente adulta) que foi para a Final é composta pelas jogadoras do Sub 18 e 20 de 2013 que foram 3º no mundial em ambas as categorias. Destas só Rosamaria, Gabi , Juma chegaram à seleção adulta.
      Lais (libero), Naiane(levantadora) e Drussyla (ponteira) são jovens, todas com menos de 20 anos e tem chance de ajudar na seleção.Agora de 2013 para cá as categorias de base estão péssimas, jogadoras muito baixas e praticamente não temos centrais.

  • Leonardo Bezerra

    Rosamaria acabou de mostrar que pode jogar muito! 27 pontos na semifinal, sendo 8 só de bloqueio. Brasil na final.

MaisRecentes

Definidos os grupos do Mundial masculino de clubes



Continue Lendo

As quartas de final do Paulista masculino



Continue Lendo

Bruninho e Renan analisam conquista



Continue Lendo