Brasil na final do Mundial juvenil



Foram duas derrotas na primeira fase do Mundial. À distância, o clima de desconfiança na Seleção Brasileira masculina juvenil era grande. Hoje, a notícia da classificação para a final não deixa de ser surpreendente.

O time dirigido por Leonardo Carvalho, assistente de Marcelo Fronckowiak na conquista da Superliga passada do RJX, derrotou a Itália por 3 a 1, de virada, parciais de 22-25, 25-18, 25-19 e 25-23. Os dois times haviam se encontrado na primeira rodada do torneio, com vitória verde-amarela em sets diretos.

Mais uma vez, o grande nome do Brasil foi o oposto Alan, com 18 pontos. O jogador do Sada/Cruzeiro liderou o time em pontuação em todas as partidas do Mundial, que está sendo jogado na Turquia. Poderá sair da competição como MVP amanhã.

Desta geração, alguns nomes já são conhecidos do público. O levantador Thiaguinho jogou parte da Superliga passada pelo Sesi, após as lesões dos titulares Sandro e Everaldo, o central Aracaju também teve chances no Sesi na ausência de Sidão e Éder, o ponta Batagim atuou bastante pelo São Bernardo, enquanto o líbero Rogério é uma das novidades do Moda Maringá para esta temporada.

Na final, neste domingo, a Seleção vai duelar com a Rússia, às 14h. Na fase de classificação, os russos venceram por 16 a 14 no tie-break. Vem mais um jogão por aí!

 



MaisRecentes

Copa altera o status da Seleção Brasileira masculina



Continue Lendo

Coluna: Vale prestar atenção na vizinhança



Continue Lendo

Coluna: Já esperava ver a Seleção em outro patamar



Continue Lendo