Brasil Kirin e Sesi cumprem “dever” em casa



Os mandantes venceram na abertura dos playoffs da Superliga masculina.

Na noite deste domingo, em Campinas, o Brasil Kirin passou pelo Bento/Isabela por 3 a 0 (25-20, 25-17 e 25-20), enquanto o Sesi derrotou o Montes Claros por 3 a 1 (25-17, 28-30, 25-22 e 25-16), em São Paulo. Os dois paulistas estão agora a um triunfo das semifinais.

No Taquaral, o prêmio de melhor em quadra ficou com o líbero Tiago Brendle, enquanto o ponta Douglas Souza faturou o troféu na Vila Leopoldina.

Ainda não vejo como definidos os dois confrontos.  Tanto Bento quanto Montes Claros são muito fortes como mandantes e têm totais condições de levar a decisão para o terceiro e decisivo jogo.

Para o Bento faltou no primeiro jogo o que sobrou para o Brasil Kirin: o tal “sangue nos olhos”. O time de Alê Stanzioni entrou pilhado em quadra e manteve-se assim até o fim. Em alguns pedidos de tempo, o campeão olímpico Paulão, comandante dos gaúchos, chegou a citar o fato, exigindo que seus jogadores tentassem equilibrar a “pilha”. Mas em nenhum momento isso aconteceu e o 3 a 0 acabou sendo mais fácil do que era previsto.

Já Sesi e Montes Claros fizeram um jogo com mais emoção, mais alternâncias. E, na minha opinião, pesaram o sistema defensivo do Sesi e a melhor distribuição do levantador Thiaguinho. Vejam que três jogadores do time de Marcos Pacheco ficaram muito próximos na pontuação: Douglas Souza (17), Theo (16) e Murilo (15).

 



MaisRecentes

Tabela dos playoffs do Paulista masculino



Continue Lendo

Sorteio coloca EUA e Rússia no caminho do Brasil



Continue Lendo

Mundial masculino agora só com peixe graúdo



Continue Lendo