Brasil bem desfalcado no Rio



A Seleção Brasileira feminina estará bem longe de apresentar força máxima no quadrangular que começa hoje, no Maracanãzinho.

Ao término do treino de ontem à noite, o técnico José Roberto Guimarães admitiu que várias jogadoras com problemas físicos precisarão ser poupadas. Entre elas estão Fabiana (tornozelo), Fernanda Garay (quadril), Juciely (costas), Joycinha (panturrilha), Suelle (ombro). Jaqueline, que não está no Rio, é outra baixa certa. Ela ainda se recupera do princípio de pneumonia que atrapalhou sem desempenho no Pan. Já Adenízia, com dores na panturrilha, é dúvida. Para piorar, Sheilla sentiu dores no ombro esquerdo no fim da atividade e será reavaliada.

A quantidade elevada de pequenos problemas deixou Zé Roberto nitidamente chateado.

– Nós nunca tivemos tantos problemas de lesões pequenas, nada preocupante. São pequenas coisas que estão aborrecendo a preparação para esses Jogos – disse ele, que espera ter todas as atletas à disposição em até duas semanas.

A quantidade de problemas fez com que Rosamaria fosse chamada às pressas para o quadrangular. O técnico explicou que deverá usá-la também na ponta, reforçando que a jogadora treinou passe durante toda a preparação para Pan-Americano e Mundial sub-23.

Fazem parte do elenco ainda as levantadoras Dani Lins, Macris e Roberta; a oposto Monique; as pontas Gabi, Mari Paraíba, Natália; as centrais Carol e Bárbara, além das líberos Camila Brait e Léia.

A estreia do Brasil acontece nesta sexta-feira, às 18h30, contra a Alemanha.



  • Cleverton

    bom é melhor agora do que em 2016.

  • bruno ferraz

    Prezado Daniell, não vejo ninguém na mídia, questionando a preparação e nomes para figurar na seleção masculina. Sabemos que a Olimpíada está aí e, sabemos mais, que os ponteiros que integram a amarelinha não possuem condições de nos representar. Com todo respeito, tirando o Lucarelli, existem atletas que estão fora do grupo que, para o bem da seleção, têm que estar lá. Quem vai passar nessa seleção e que tem nível para atacar. Pelo amor a Deus, insistir com o MURILO SENADOR, é ato típico de Brasil (politicagem), Maurício, Lucas Loh e os outros, não jogam em seus Clubes, como podem estar vestindo a amarelinha!??? É muito sério, a seleção não pode ter dono…Temos que questionar.

  • Leonardo Bezerra

    Feliz pela convocação da Rosa, mesmo que as circunstâncias não tenham sido as melhores.

  • Klaus

    Entendam bem , nunca que torceria por lesões ,até porque não é nada grave, mas quero ver se assim o Zé Roberto não faz testes.Poxa, pra que chamar a Garay, Sheila, Fabiana, Jaque?Meu Deus, estou preocupado com a Garay, tamanha exigência física que ela está tendo.Essas jogadoras não precisam disputar amistosos que não valem nada.Ele pede a Deus que apareça uma revelação , mas como vai aparecer se ele não dá chances pra ninguém?

    • silas antares

      Disse muito Klaus. Ele reclama da falta de revelação, mas ele mesmo não repara nas novatas que vão surgindo e dar poquíssimas chances.

  • silas antares

    Mesmo assim é bem preocupante a situação do Brasil. Assistindo à copa do mundo que esta sendo disputada no Japão, percebemos o quanto China, Sérvia, EUA e Rússia estão bem fortes. Essas seleções vem mostrando novos talentos, com boa altura, potentes, ágeis e… jovens. Ou algumas jogadoras que eram promessas e hoje estão despontando com louvor no cenário internacional. Enfim…e nossa seleção continua engessada e dependente das mesmas jogadoras que ganharam os jogos de Londres em 2012. De lá prá cá não surgiu nenhuma “Boscovic”. Nenhuma revelação que possa tranquilizar caso haja ausência dessas “titulares”. Então essas lesões realmente é prá assustar mesmo. A não ser que na próxima superliga surja um novo talento, mas vai esbarrar no próprio Zé que vai deixa-la de môlho e somente aproveitá-la no próximo ciclo. Ou seja, sempre mais tarde que os outros.

MaisRecentes

O novo conceito da FIVB para 2018



Continue Lendo

Apenas Lebes/Canoas faz o dever de casa na rodada



Continue Lendo

Um líder por pontos ganhos. Outro por pontos perdidos



Continue Lendo