Brasil atropela. Polônia vira



O primeiro dia de disputas da fase final da Liga Mundial, em Cracóvia, na Polônia, foi de extremos.

Na abertura, o Brasil não tomou conhecimento da Itália, vencendo por 3 a 0 (25-18, 25-20 e 25-19). No jogo de fundo, os fanáticos torcedores poloneses sofreram, já que time da casa saiu perdendo por 2 a 0 para a França, mas conseguiu a virada (21-25, 17-25, 25-17, 28-26 e 15-12).

Lucarelli, que vinha sentindo dores nas costas e era dúvida, liderou a equipe na pontuação (14). Mas chamo a atenção para outro nome: Maurício Borges. O ponta vem dando conta do recado nas últimas semanas. Era o jogador menos utilizado da posição, mas aproveitou bem demais as ausências de Murilo e Lipe, por lesão, e vai se garantindo entre os 12 que jogarão a Olimpíada. Ele marcou 11 pontos e teve desempenho regular no passe.

Amanhã, contra os Estados Unidos, o Brasil poderá entrar em quadra classificada caso os rivais derrotem hoje a Itália. Assim o jogo definiria apenas o primeiro lugar do grupo.

 

 



MaisRecentes

Seguro, Brasil vence zebra europeia e está na fase final do Mundial



Continue Lendo

Brasil larga bem na segunda fase do Mundial



Continue Lendo

Os prováveis participantes do Mundial masculino de clubes



Continue Lendo