Brasil atropela a Rússia pelo Grand Prix



O Brasil não deu qualquer chance para a Rússia, nesta quinta-feira, em Catania (ITA), pela terceira etapa do Grand Prix.

Já classificado para as finais em Omaha (EUA), a Seleção derrotou as europeias por 3 sets a 0, parciais de 25-18, 25-14 e 25-17.

Monique no ataque em Catania (FIVB Divulgação)

Monique no ataque em Catania (FIVB Divulgação)

Foi a sétima vitória brasileira em sete jogos, mantendo a liderança do GP. Nesta etapa, a Seleção ainda vai duelar com Bélgica, repetindo o confronto do último fim de semana, além da Itália.

O Brasil teve Paulo Coco como técnico, já que José Roberto Guimarães está com outra equipe no Pan de Toronto. Na escalação, o previsto: Dani Lins, Monique, Gabi, Natalia, Juciely, Carol e Sassá (líbero). O futuro time do Rexona para esta temporada, com exceções de Dani e Sassá. Na inversão do 5-1, entraram Roberta e Ivna, estreantes em jogos deste nível.

E a base já conhecida e entrosada deu conta do recado. Olhando os números do jogo, antes de Brasil x EUA pela Liga Mundial, aqui no Maracanãzinho, chama a atenção mais uma vez o bloqueio. Mesmo atuando com uma formação baixa para os padrões internacionais, e contra uma das seleções mais altos do mundo, o Brasil foi muito melhor. Foram 12 pontos no fundamento, contra apenas quatro russos. Juciely (quatro pontos) e Carol (três) lideraram o time.

Como não vi o jogo por estar no Maracanãzinho, vou deixar os comentários sobre as performances individuais para vocês. Gostaram do que viram?



MaisRecentes

Corinthians anunciará novidades nesta semana



Continue Lendo

Vaivém: Vôlei Renata oficializa renovação de Dileo



Continue Lendo

Vaivém: A aposta ousada do Camponesa/Minas em Gabi e Natália



Continue Lendo