Brasil atropela a Rússia pelo Grand Prix



O Brasil não deu qualquer chance para a Rússia, nesta quinta-feira, em Catania (ITA), pela terceira etapa do Grand Prix.

Já classificado para as finais em Omaha (EUA), a Seleção derrotou as europeias por 3 sets a 0, parciais de 25-18, 25-14 e 25-17.

Monique no ataque em Catania (FIVB Divulgação)

Monique no ataque em Catania (FIVB Divulgação)

Foi a sétima vitória brasileira em sete jogos, mantendo a liderança do GP. Nesta etapa, a Seleção ainda vai duelar com Bélgica, repetindo o confronto do último fim de semana, além da Itália.

O Brasil teve Paulo Coco como técnico, já que José Roberto Guimarães está com outra equipe no Pan de Toronto. Na escalação, o previsto: Dani Lins, Monique, Gabi, Natalia, Juciely, Carol e Sassá (líbero). O futuro time do Rexona para esta temporada, com exceções de Dani e Sassá. Na inversão do 5-1, entraram Roberta e Ivna, estreantes em jogos deste nível.

E a base já conhecida e entrosada deu conta do recado. Olhando os números do jogo, antes de Brasil x EUA pela Liga Mundial, aqui no Maracanãzinho, chama a atenção mais uma vez o bloqueio. Mesmo atuando com uma formação baixa para os padrões internacionais, e contra uma das seleções mais altos do mundo, o Brasil foi muito melhor. Foram 12 pontos no fundamento, contra apenas quatro russos. Juciely (quatro pontos) e Carol (três) lideraram o time.

Como não vi o jogo por estar no Maracanãzinho, vou deixar os comentários sobre as performances individuais para vocês. Gostaram do que viram?



MaisRecentes

Brasil perde segunda para os Estados Unidos



Continue Lendo

Lucarelli oficialmente fora do Mundial



Continue Lendo

Rússia fatura torneio preparatório para o Mundial



Continue Lendo