Brasil analisa vitória sobre a Rússia e projeta a decisão



Algumas declarações importantes após a vitória sobre a Rússia, falando da tática que deu certo e já projetando como será a decisão de domingo com o Japão.

Zé Roberto

– Estou feliz porque atuamos como um time. A distribuição de bolas foi boa, todas pontuaram. Conseguimos jogar 70 ou 80% do tempo com o passe na mão e isso facilitou nossas ações. Vamos jogar contra um ginásio lotado. O Japão está se apresentando muito bem. O esquema de jogo do Manabe (técnico japonês), sem centrais, tem dado certo. É um time que erra pouco, muito regular e veloz. Elas estão defendendo demais. Vamos ter que passar muito bem para as nossas centrais conseguirem jogar e, consequentemente, abrirem espaço para as pontas.

Fabiana

– Essa foi a nossa melhor partida na fase final. Enfrentamos uma equipe forte e conseguimos executar o nosso jogo. Todos os fundamentos funcionaram hoje. O time foi agressivo o tempo todo e precisamos jogar assim.

Thaisa

– Estudamos muito a Rússia. Elas têm excelentes atacantes e, se as jogadoras atacarem por cima do bloqueio, fica complicado. No entanto, conseguimos tocar nas bolas e defendemos bastante. Assim, dificultamos a vida das russas e facilitamos o jogo para nós.

 

 

 



  • Rodrigo Coimbra

    Acreditava numa vitória brasileira mas 3×0 sem resistência das russas, não!
    Foi um passeio das brasileiras, parecia que as russas não estavam nem aí, sem vibrar nem nada, parecia que estava cumprindo tabela mas enfim…

    • Luiz

      To reparando também. Não é possível que a Goncharova só salte isso que ela está saltando. A Mulher está dando pulinhos pra atacar.

MaisRecentes

O novo conceito da FIVB para 2018



Continue Lendo

Apenas Lebes/Canoas faz o dever de casa na rodada



Continue Lendo

Um líder por pontos ganhos. Outro por pontos perdidos



Continue Lendo