Brasil 3 x 2 Cuba. Comentem!



Mais uma vitória no tie-break, mais instabilidade, mais um ponto perdido no Grand Prix.

A terceira semana de disputas começa como terminaram as anteriores. O Brasil não consegue fazer uma partida sem altos e baixos. A virada que levou no primeiro set é a principal prova da falta de regularidade, preocupante a 35 dias do início da Olimpíada.

Por sorte, o rival desta sexta-feira foi Cuba. Com tradição, mas sem a técnica dos times que tanto rivalizaram com a Seleção nas últimas décadas. Um time forte fisicamente, mas que erra em demasia em quase todos os fundamentos. Na partida de hoje, foram 41 pontos de graça para o Brasil. Um set e meio em qualquer confronto deste nível é inaceitável.

Zé Roberto continua fazendo testes. Camila Brait foi titular, enquanto Fabi ficou fora da lista de relacionadas. Garay começou no lugar de Paula Pequeno, mas jogou apenas o primeiro set. Mas está difícil achar o time ideal.

Agora tenho algumas reuniões. Mais tarde voltarei ao blog.

 



MaisRecentes

Vaivém: Claudinha chega com moral ao Osasco/Audax



Continue Lendo

Vaivém: “Livre”, Thaisa seguirá atuando no Brasil



Continue Lendo

Jaqueline chega ao Japão para substituir Drussyla



Continue Lendo