Brasil 100% no primeiro dia do Mundial



O Brasil estreou com o pé direito no Mundial de Clubes, disputado em Doha, no Qatar.

No feminino, o Sollys não convenceu, mas passou pelas tailandesas do Federbrau em sets diretos, parciais de 25-15, 26-24 e 30-28.

Depois da facilidade na primeira parcial, o time de Osasco correu riscos nos dois sets seguintes. O time da Tailândia desperdiçou vários contragolpes em momentos decisivos e poderia ter alongado o jogo se tivesse atacantes mais eficientes. Natália liderou o Sollys no ataque e foi a maior pontuadora.

Nesta quinta, as brasileiras decidem o primeiro lugar do grupo contra as turcas do Fenerbahce, da dupla Fofão/José Roberto Guimarães. Terão de jogar muito mais, caso queiram manter o aproveitamento de 100%.

Pela outra chave, o Mirador, time dominicano do técnico brazuca Marcos Kwiek, derrotou as africanas do Kenya Prisons por 3 sets a 0 (25-20, 25-11 e 25-17) garantindo sua passagem para a semifinal. Nesta quinta, duelo com o Bergamo, da Itália, que vale a liderança.

Já no masculino, o ponta Badá fez um ponto no triunfo de virada do Bolívar, da Argentina, sobre o Paul Michell, dos Estados Unidos, por 3 a 1 (23-25, 27-25, 25-19 e 25-21.

Nesta quinta, estreiam o ponta Dante pelo Dínamo de Moscou, da Rússia, contra o levantador Rapha e o central Riad, do atual campeão Trentino, da Itália. Muitos consideram a final antecipada da competição.



MaisRecentes

Brasil larga bem na segunda fase do Mundial



Continue Lendo

Os prováveis participantes do Mundial masculino de clubes



Continue Lendo

Brasil “mapeia” os perigos para duelo com a Austrália



Continue Lendo