Playoffs muito equilibrados? Bloco intermediário reforça a tese



A fase de classificação da Superliga Cimed masculina se aproxima do fim. E a sensação que tenho é de que os playoffs serão até mais equilibrados do que o esperado.

Alguns podem questionar: Qual o motivo desta sensação? A resposta é a dificuldade que times do bloco intermediário estão impondo aos favoritos.

Bons exemplos aconteceram neste fim de semana. No Taquaral, em Campinas, o Vôlei Renata, sétimo colocado, levou o EMS/Taubaté, terceiro, ao tie-break, perdendo nos detalhes: 26-28, 25-19, 25-21, 19-25 e 15-11.

playoffs

Equilíbrio entre Vôlei Renata e EMS/Taubaté (Divulgação)

– Nós sabíamos que seria um jogo difícil. Em alguns jogos o nosso time se mostra inconstante e não podemos ser tão irregulares a esse ponto de jogar muito bem em alguns momentos e depois errar de forma infantil. Temos que corrigir isso. A vitória foi importante, enfim, mais dois pontos. Claro que queríamos os três, mas o caminho é duro mesmo – disse o campeão olímpico Wallace, eleito o melhor da partida.

Outro exemplo aconteceu no RJ. O vice-líder Sesc teve muito trabalho com o quinto colocado Minas, vencendo também em cinco sets, parciais de 22-25, 25-16, 25-21, 22-25 e 15-12.

O ponteiro João Rafael foi o maior pontuador da partida (18 acertos) e ainda foi o mais votado no site da CBV, ficando com o Troféu VivaVôlei Cimed.

playoffs

Minas deu trabalho para o Sesc no Rio (Divulgação)

– Fizemos uma boa partida, mas não podemos esquecer da qualidade do Sesc, que conta com jogadores que defendem o Brasil e mesmo os outros, todos têm muita qualidade. Perdemos para um grande time. O Minas brigou, lutou e venceu caro. Saímos daqui com a consciência tranquila – analisou Nery Tambeiro, treinador mineiro.

Até o líder Sada/Cruzeiro sofreu um pouco na rodada, após perder o primeiro set para o décimo colocado Montes Claros, mas conseguindo a virada em casa: 17-25, 25-20, 25-20 e 25-20.

Leal foi eleito o melhor do jogo, mas repassou o troféu para o central Isac.

CLASSIFICAÇÃO E PLAYOFFS

Com os resultados da rodada, o Sada/Cruzeiro abriu mais um ponto de vantagem sobre o Sesc na briga pelo primeiro lugar: 51 a 44. Taubaté vem em terceiro com 44, mas pode terminar com o mesmo número de pontos caso o Sesi vença o Corinthians/Guarulhos por 3 a 0 ou 3 a 1.

O Minas segue firme em quinto com 36, seguido por Corinthians (26), Vôlei Renata (25) e Lebes/Canoas (23), outro que precisou de cinco sets para vencer na rodada o Ponta Grossa/Caramuru.

Desta forma, teríamos na primeira fase dos playoffs: Sada/Cruzeiro x Lebes/Canoas; Sesc x Vôlei Renata; EMS/Taubaté x Corinthians/Guarulhos e Sesi x Minas.

 



MaisRecentes

Reflexão sobre o momento da Seleção é necessária



Continue Lendo

O novo capítulo de uma relação conturbada entre Brait e Zé Roberto



Continue Lendo

Coluna: A empolgante decisão da Superliga feminina



Continue Lendo