Block: fundamento que preocupa



O bloqueio é o fundamento do Brasil que mais me preocupa para a fase final, na Polônia.

Uma rápida olhada nas estatísticas da Liga Mundial e o momento ruim do block fica claro.

O brazuca melhor colocado no fundamento é o oposto Leandro Vissotto, na 44ª colocação, com Murilo e João Paulo Bravo logo atrás. E vejam que nossos centrais não estão neste grupo. Lucão aparece apenas em 59ª, 11 lugares à frente de Rodrigão.

A estatística leva em conta pontos marcados e bolas que tocaram nos bloqueadores, gerando contra-ataques. A partir daí, uma média é gerada pela FIVB.

Para quem tenham uma ideia, Vissotto, Murilo e Bravo pontuaram 12 vezes cada no fundamento. O búlgaro Todorov, líder, anotou 44. O finlandês Shumov, por sua vez, gerou rebotes em 84 jogadas. Lucão, o melhor brasileiro nesta comparação, fez 45.



MaisRecentes

Itália e Sérvia na primeira final europeia do Mundial feminino



Continue Lendo

Minas e Dentil/Praia Clube conhecem rivais no Mundial



Continue Lendo

Nova TV, papo com arbitragem e descontração: a apresentação da Superliga



Continue Lendo