Block desequilibra e Brasil termina fim de semana com 100% de aproveitamento



A Seleção Brasileira feminina deixa Sassari, na Itália, com sentimento do dever cumprido.

Neste domingo, vitória sobre a República Dominicana por 3 sets a 0, parciais de 26-24, 25-19 e 25-18. Terceiro triunfo, liderança geral do Grand Prix e confiança em alta para a próxima etapa, que acontecerá em São Paulo.

Para manter o aproveitamento de 100% na competição, o Brasil usou e abusou de bloqueio diante das caribenhas, treinadas pelo brazuca Marcos Kwiek. Foram 17 pontos no fundamento, contra apenas três do rival. Tanto que três atletas pontuaram mais do que todo o time rival. Fabiana, Thaisa e Fernanda Garay anotaram quatro pontos cada. A ponta, inclusive, foi a maior pontuadora do time e do duelo: 15 acertos. De la Cruz anotou 13 para as dominicanas, que perderam todos os jogos do fim de semana.

A oposto Sheilla, como nos demais jogos, foi a peça mais apagada da Seleção, com apenas 5 pontos.

No próxima fim de semana, o Brasil terá mais três duelos bem interessantes: Estados Unidos (responsável por quatro derrotas do Brasil na fase de preparação), Rússia (a rival de sempre) e Coreia (da impressionante Kim).

Caso a Seleção saia ainda na liderança geral do GP após a etapa em casa, a classificação para a fase final estará encaminhada.

 



  • marcian

    Jogo de apagões. Contra uma seleção melhor, com certeza daria tie break. Sheilla não vem jogando bem, mas, infelizmente, suas reservas conseguem ser piores. Gente, cade a Andreia da SuperLiga? No mais, bloqueio fazendo a diferença. Que apareça contra as russas.

    • ALINE

      Turquia jogando com time B está invicta, ganhou as 3 partidas contra Japão, EUA e RÚSSIA.
      O técnico MASSIMO BARBOLINI trouxe várias juvenis para disputar o GP2014 e deu descanso para algumas veterans que estão treinando na TURQUIA.
      SETE desfalques da TURQUIA:1.Neslihan Demir Darnel,2.Esra Gümüs,3.Naz Aydemir,4.Polen Uslupehlivan,5.Gülden Kayalar,6.Eda Erdem Dündar,7.Özge Kırdar Çemberci

      • Rafael Pais

        A Eda jogou!

  • Aline

    Que diferenca jogar com PASSE NA MAO!
    Com PASSE BOM o jogo FLUI, as levantadores tem tranquilidade p/criar e distribuir.
    Com NATALIA, o BRASIL perdeu 4 jogos p/os EUA. Com JAC, o Brasil ganhou 2 jogos FACEIS contra CHINA E ITALIA.
    NATALIA nao pode ser PONTEIRA-PASSADORA DE SELECAO, so esta la pq eh protegida do ZE. A reserva imediata da Jac deveria ser a Michelle Pavao, que tem as mesmas caracteristicas da Jac, organizando o fundo de quadra, dando seguranca p/as levantadorastrabalharem.
    SHEILLA esta pontuando menos por opcao da DANI LINS. C/PASSE NA MAO, Dani esta abusando das BOLAS CHUTADAS com as ponteiras e com as jogadas curtas com as CENTRAIS.
    A SHEILLA pontuar pouco eh um BOM SINAL, pq pelo que vi dos jogos, o BRASIL esta dependendo POUCO das BOLAS DE SEGURANCA, pois o PASSE tem sido muito regular.
    Quer ver SHEILLA pontuar mais? Basta tirar JAC de quadra e por NATALIA p/QUINAR UNS PASSES
    BASICOS. Dessa forma, veremos nossa oposta sera muito mais acionada e sobrecarregada!
    Sheilla NAO ESTA APAGADA, pelo contrario, esta ali PRONTA P/DECIDIR, se necessario! O fato eh q nossas ponteiras estao se virando bem nas CHUTADAS, pegando BLOCS QUEBRADOS, sendo pouco necessario o jogo de BOLAS ALTAS COM A OPOSTO.
    SHEILLA tem contribuido muito na defesa, no saque e na defesa, e, sendo preciso, ELA DECIDE no ataque.
    Alem disso, temos a MONIQUE, uma oposta habilidosissima, que tem entrado muito bem nas inversoes do 5×1. Estamos MUITO BEM DE OPOSTAS, tanto SHEILLA qto MONIQUE sao opostas de MUITA HABILIDADE, que variam muito seus golpes e tbem ajudam muito defensivamente, sao opostas MODERNAS q nao VIVEM SO DE ATAQUE, pois executam bem os outros fundamentos tbem!
    No GRAND PRIX, eh permitido levar as 14 jogadoras p/o jogo, se a LEIA eh libero e pode entrar a qquer momento, pq o ZE nao a utiliza? Pq nao deixa a Leia participar um pouco, ganhar ritmo nem q seja so p/ defesa, qdo o Brasil estiver sacando?
    Afinal de contas a entrada da libero nao queima nenhuma substituicao. Aposto q a Leia ta doida p/jogar!

    • Luiz

      Miga, presta mais atenção no jogo, a Léia entrou hoje quando o Zé mudou meio time.

      • Aline

        Eh verdade Luiz, parece q o Ze leu meus pensamentos e me deu esse presentinho de poder ver a Leia atuar tbem. O meu texto era sobre os 2 primeiros jogos… Beijocas!

    • mauricio

      Desculpe, mas não vi a Sheila pronta pra decidir nada. Se tirar o amor pela jogadora e analisar somente a atuação, vemos que ela é a peça fraca do nosso time. Não digo que ela não possa vir a ser efetiva em algum momento, claro que pode, mas ela não vem jogando nada e não transmite a menor segurança para a levantadora à muito tempo. Espero sinceramente que isso seja estratégia, pq parece que ela está em péssima fase!

    • Barney

      Não existe isso da Dani Lins estar utilizando menos a Sheilla.

      Ela tá com uma efetividade muito baixa pq está muito bem marcada, seja na rede de 3 ou na rede de 2. E daí não tem como a Dani confiar mesmo no ataque.

      Depois disso a gente vai nas estatísticas da FIVB e nossa oposta tá em 10º lugar em defesas!!!!!!

      Uma vez vi uma entrevista da Sheilla no final de um jogo da SL falando que ela tava melhorando muito num fundamento que ela precisava que era a defesa e ta aí. Ela aprendeu.

      Na fase final do GrandPrix ela volta com tudo.
      Afinal de contas, é a Sheilla e o resto do time tá dando conta do serviço =]

      • Roberto

        ………10º lugar em defesas!!!!!! Há por favor, ela é oposta, ela tem é que virar bola. Todo mundo é bem marcado cara, bota a Tandara ou mesmo a Natália no lugar dela, que elas fazem o dobro de pontos, aposto, agora essa garota vive daquele jogo contra a Russia, o jogo da vida dela, o único aliás, é muita mídia pra pouca eficiência atualmente. Aquele Marcos Freitas é insuportável, chega a ser ridículo, e a torcida, infelizmente, embarca na dele, é toda hora: Sheilla, a jogadora mais importante da seleção, mas ela não foi nem a principal jogadora do clube dela. Desculpa cara, mas eu discordo de você e das pessoas que a acham intocável. É a pior jogadora da seleção atualmente, minha opinião.

  • Aline

    Pq a Rep.Dominicana eh o LIXO do GRAND PRIX?
    Como pode uma equipe TAO ALTA, DE TANTA FORCA FISICA, POTENCIA NO ATAQUE, E ALCANCE DE BOLA, jogar tao mal?
    Erros demais, parecem colegiais.
    Fisicamente perfeitas: ALTAS, FORTES, POTENTES, SALTADORAS. Porem TECNICA E TATICAMENTE DEFICIENTES!
    Seria esse tecnico? Esse tal Marcos Kwiek q NAO FAZ O TIME ACONTECER?
    Se BERNARDINHO tira LEITE DE PEDRA, o q ele nao faria com as BRUTA-MONTES DOMINICANAS?

    • Rodrigo Coimbra

      Único destaque da Rep. Dominicana é a Castillo a única q pode tentar chegar a hst de sucesso da Fabi, no quesito libero!

    • hicham

      Olha Aline a República Dominicana sempre é uma equipe irregular em quase todos os campeonatos que disputam.Agora eu tenho certeza absoluta que se o treinador delas fosse o perfeccionista do nosso grande Bernardinho tenho certeza que ele mudaria completamente a mentalidade e postura desse time para bem melhor.Primeiro ele as faria treinar á exaustão todos os fundamentos mais necessários para lapidá-las o melhor possível.Você concorda ?Acho provavelmente que ele faria ressurgir uma nova equipe semelhante a terrível seleção cubana dos anos 90.Elas eram quase imbátíveis,somente as brasileiras faziam frente á elas na época(só ás vezes Eua-China e Rússia também).Acompanhei todos aqueles embates épicos.Quando o Brasil perdeu a semifinal em Atlanta-1996 para elas,nossa deu uma tristeza tão grande em mim.Foi muito duro assistir ás provocações das cubanas e depois presenciar o choro das jogadoras do Brasil.Mas enfim tudo passou e graças á Deus hoje somos o melhor time do mundo.Abraços á você Aline.

      • aline

        Concordo, a Rep.Dominicana tem material humano p/estar disputando títulos e não p/perder direto… Treinadas corretamente e à exaustão seriam praticamente imbatíveis… Elas precisam é de uma DOSE DE BERNARDINHO para lapidar esse diamante bruto que elas são.

    • Juliano

      Aquela Martinez é fenomenal. Vai calar a boca de muita gente no futuro. Ela é grandalhona, mas possui apenas 17 anos!

      Aquelas centrais vão dar mais trabalho com o tempo, conseguiram bloquear várias vezes a Thaísa e Fabiana (e olha que não é qualquer central que consegue isto), embora a maioria não tenha voltado no pé.

      Dela Cruz não estava jogando há tempos. Foi só voltar ao time nacional, já voltou a jogar no terceiro jogo.

      Técnico é muito bom. Este time merece respeito pois vai crescer muito ainda.

      Bernadinho não tira leite de pedra. Murilo é o melhor passador da atualidade. Sidão e Lucão estão entre os melhores centrais do mundo. Wallace também está entre os melhores opostos do mundo. Mário Jr já está voltando, e ele bem, já é um dos melhores do mundo. Lucarelli é jogador jovem brasileiro mais regular e vai crescer muito. Bruno não é um Ricardinho, mas joga bem.

      Acho piada quando dizem que tira leite de pedra.

  • Afonso RJ

    O que eu chamo de “placar sanfona”. O Brasil abria, deixava encostar, abria de novo, deixava encostar outra vez. Menos mal que fechamos os três sets. Mas o primeiro foi ali, ali…

  • Barney

    Daniel, me responda: o que é o time da Turquia nesse Grand Prix?

    Eu não vi nenhum jogo dela, mesmo pq o Laola não está passando os jogos e daí não consigo ver as reprises, mas é o time invicto junto com o Brasil e venceu justamente os nossos adversários da semana que vem no tie-break: EUA e Rússia.

    O mais preocupante: as sérvias (que é um time forte) e as turcas serão nossas adversárias no Mundial na primeira fase e isso é muito preocupante, já que temos que ganhar delas pq depois vem EUA e Rússia já na segunda =~

    Devemos nos preocupar mais do que o normal?

    • Daniel Bortoletto

      Sonsirma, Toksoy, Ozsoy…
      O desfalque é a Darnel

      • Iuri

        Não somente a Darnel. A meio de rede Eda Dundar e a levantadora talentosíssima Naz também desfalcam o time…ambas seriam titulares absolutas.
        Esse time A/B da Turquia surpreende muito, mas sinceramente, nem com elas completas, o Brasil pode sequer sonhar em ter medo.

    • carlos antonio pereira

      Sonsirma , Oszoy e Toksoy continuam titulares . A novidade interessante é uma central gigante e bastante jovem ( Akman) . O time é bastante forte considerando que duas de suas mais importantes jogadoras ( Demir ex-Darnel e Naz) não estão na 1º semana. No LAOLA 1 o jogo entre Turquia e Rússia está disponível .

  • TEREZA

    Muito bom para um inicio e tenho fé que essas oscilações vão diminuir e o time ainda irá evoluir muito , todas as seleções estão tendo esses apagões normais infelizmente no vôlei feminino principalmente em inicio de competições hoje no jogo entre Japão e EUA no quarto set uma americana foi para o saque estava se não me engano 17 a 10 para o Japão só saiu quando errou o saque no 20 a 18 para EUA isso mesmo as americanas fizeram 10 pontos seguidos mais ainda perderam o set por 24 a 26. Já a Turquia ganhou da Russia de 3 a 2 mais chegou a fazer 2 a 0 e por muito pouco as Russas não viraram

    Voltando a nossa seleção a Fernanda esta muito bem e a Jaque também de forma surpreendente para quem ficou uma temporada inteira parada, Dani a cada dia melhor nossas centrais evoluindo rapidamente e Camila bem mais segura a Sheila ainda esta longe de ser aquela jogadora decisiva que conhecemos mais tenho certeza que o jogo dela irá melhorar e nas finais do Grand Prix e principalmente no mundial ela estará voando

    • Barney

      Esse jogo Japão x EUA foi medonho no quarto set!

      Como pode um time estar ganhando por 17 x 10 levar uma virada pra 17 x 20?
      O depois disso ainda ganham de 26 x 24? Pode até ter essa oscilação, mas não dá.

      A Ebata tá muito mal nesse começo de temporada e o Japão tá dependendo da Nagaoka, principalmente já que a Saori também não está rendendo tanto.

  • Rodrigo Coimbra

    Nunca devemos menosprezar jogadoras como Sheilla, Mari e Paula Pequeno, na hora da decisão são elas é quem decidem… esperando esse outro final de semana para Fabiana e cia. enfrentarem as melhores seleções Rússia e EUA e a melhor jogadora Kim.

    O melhor jogo deste final de semana foi Itália x China, nem de longe a Itália jogou contra o Brasil, talvez seja pelo ritmo q a seleção brasileira imprimiu… voltando a China x Itália, pela primeira vez o Bonitta mostrou a renovação italiana e me assusta, Diouf Caterina e a talentosa central já titular da seleção italiana de 20anos q não recordo o nome, fora a libero que apesar de ter uma recepção sofrível é um monstro na defesa, podem esperar a Itália mt forte nas Olimpíadas do RJ, com certeza brigará por titulos!!!! A China já é uma realidade, estam ganhando bagagem para terem melhores decisões na hora da definição da jogada.

  • Lilika

    Gostei do que vi rs. De fato Jaque mesmo parada uma temporada inteira consegue ser mais efetiva que muitas outras jogadoras de mesma função rs. Falando da Natália, é pra ser oposta, para ponta não sei não, estão insistindo demais nisso, acho que até Tandara jogando como ponta.consegue ser um pouco melhor, medidas proporções…poderia revezar com a Sheilla e ver como.se sai, pois como oposta em Osasco Natália fazia muito bem esse papel, claro eram outros tempos…mas…e não só vc, Daniel, que se me impressiona cada vez mais com a regularidade da coreana Kim, eu tbm hehe.

  • Edu

    O saldo foi positivo nessa primeira rodada do Grand Prix.Jaque surpreendendo pelo recesso e jogando muito bem.O mesmo pode ser dito por Garay e Brait que jogou suas três melhores partidas do ano em sequencia, tanto por clube como seleção.Thaisa jogou muito contra as dominicanas que retirando a excelente líbero tem uma equipe em evolução técnica com atletas muito fortes fisicamente e altas.Como costumeiramente as são da região da América Central.Nos EUA, astros da NBA – aqueles que ganham na proximidade dos 20 milhões de dólares ano contratam coaches(técnicos particulares) para aperfeiçoar a forma física como a técnica em seu períodos mais prolongados de férias .Miram o mesmo objetivo: melhorar seu desempenho como atleta de ponta.Vejo os casos especificos de Thaisa e Lucão que tem um potencial de vólei extraordinário desenvolvido e estão na lista dos maiores salários da nossa liga. Valor acima dos 150 SM mensais.Presumo que trabalhando de forma individual nas inter temporadas ambos poderiam fazer cada vez e melhor sua diferença.Thaisa, nesse particular, perdeu peso nos últimos dois anos melhorando sua impulsão e apresenta uma notável evolução.Poderia esmerar com treinamento especifico e individual seu bom toque e acertar mais seu timing de bloqueio como a variação e precisão no saque.Justiça se faça quem tem trabalhando até certo ponto e muito bem neste sentido é a própria Garay, hoje uma jogadora visivelmente mais completa que da campanha de Londres.Dani Lins, na minha opinião, teve um desempenho mais regular e mediano.Teve algumas advertências pela leitura de jogo e ainda não consegue ainda emprestar um jogo maios veloz.Essencial para o uso garantido e bem sucedido de nossas centrais. Monique e Fabíola entraram bem até a segunda partida,principalmente contra a Itália.Nesta fecharam a metade do segundo set no lugar da formação titular.No entanto, as reservas foram bem mal contra as dominicanas,particularmente Andreia durante a maioria de seu tempo na seleção.Para quem tinha a expectativa que logo teria seu espaço no grupo,minha opinião inicial, se surpreende por seu aparente insucesso.Para finalizar, li num dos comentários que Sheilla teve um aproveitamento abaixo dos 25% em ataque nas duas primeira partidas.Sinceramente é comprovadamente uma diva,no melhor sentido do termo, do nosso vólei feminino, a maior de todas,pela trajetória e histórico de bi campeá olímpica.Todavia, apresenta uma deterioração técnica há cerca de dois anos.Nem mesmo figurando na formação das melhores na posição da superliga, um campeonato sem grandes surpresas e revelações. em 2013/14.Ainda possui ótimos e regulares fundamentos e provavelmente essa semana cale a boca dos afoitos críticos que já há consideram em decadência. Na minha opinião ainda tem muito a contribuir na seleção – ainda na formação titular.No entanto, a considero vivendo um natural e lógico declínio técnico e uma profunda incerteza para o caminho do tri em 2016.Nessa semana mesmo a Gamova disse ” vou para meu ultimo Mundial mas, por favor ,esqueçam(pela idade) de vez para Olimpíada em 2016″.

    • Aline

      Duvido que GAMOVA não esteja no RIO2016. O que GAMOVA diz não se escreve! Ela está fazendo C…DOCE! Pois no fundo mesmo ela não perde essa OLIMPÍADA POR NADA NESSE MUNDO!!!
      Outra que já está confirmada para o MUNDIAL2014 e RIO2016 é a fenomenal CAROLINA COSTAGRANDE, terceiro maior salário do voleibol mundial, atrás de GAMOVA e KIM, que foi poupada de disputar o GRAND PRIX, mas está pronta para voltar a treinar mês que vem com a seleção para o Mundial.
      Exímia bloqueadora do alto de seus 1,88m, é uma ponteira-passadora que faz a diferença tanto na rede quanto no fundo de quadra, COSTAGRANDE vem aumentar o potencial de ATAQUE, SAQUE e BLOQUEIO da ITÁLIA, além de dar segurança no passe.

      • hicham

        Aline eu também não duvido nada que a Gamova volte com tudo para disputar a sua última olimpíada em 2016.Ela costuma fazer charme para atrair todas as atenções só para ela.Apesar dela detestar as brasileiras,justiça seja feita-temos que admitir que ela é uma craque(lógico que os seus 202cm ajudam muito).Ela é uma grande matadora no ataque.Que saudades da Ana Moser quando jogava-essa sim muito regular em todos os fundamentos e jogadora de decisão e equipe.Acompanho a nossa incrível seleção atual,mas também dá uma nostalgia do passado do nosso vôlei.Aline você concorda que a Ortolani da Itália também deveria ser convocada ? Acho ela uma ótima jogadora ainda.Pena que esta fora da seleção italiana.Abraços à você.

      • Edu

        O que pesa na decisão da Gamova é a condição técnica e física que terá para se manter como atualmente esta :uma atleta de ponta e decisiva e que tem a chamada moral no time pelo que produz em quadra.Além de estar casada e talvez ter expectativas de ser mãe não muito tarde.Hoje ela afasta peremptoriamente se colocar para a Olimpíada pela absoluta incerteza de seu estágio físico e técnico em 2016.Um exemplo foi a irretocável Paula Pequeno, considerada a maior jogadora de vólei feminino da Olimpíada de Pequim e a própria Paula que queria ganhar,no grito e na marra,sua titularidade em Londres.O tempo é senhor da razão nessas decisões.Não o grau de vilania que detêm nossas pretensas adversárias.A lamentar a contusão do ligamento cruzado da Lucia Bosetti no jogo contra as dominicanas e um dia anterior ao confronto com a nossa seleção.Já tinha negociado tudo para ir jogar na Turquia e devido a lesão deve receber da Federação Italiana um seguro até se restabelecer plenamente até o no inicio de 2015.

MaisRecentes

Um líder por pontos ganhos. Outro por pontos perdidos



Continue Lendo

Camponesa/Minas quebra longa invencibilidade em Osasco



Continue Lendo

Placar RedeTV!: Futebol 2 x 0 Vôlei



Continue Lendo