Berruto explica quatro cortes na Azzurra



O amigo Luca Muzzioli, do Volleyball.it, conversou com Mauro Berruto, técnico da Itália, sobre os cortes de Zaytsev, Travica, Sabbi e Randazzo dois dias antes das finais da Liga Mundial (http://blogs.lancenet.com.br/volei/2015/07/13/crise-na-italia-zaytsev-travica-e-mais-dois-cortados-por-excessos-no-rio/).

Com ajuda de outro amigo, o poliglota Igor Siqueira, seguem trechos do papo do treinador com o editor do site italiano.

O técnico da Azzura (Divulgação)

O técnico da Azzura (Divulgação)

Sobre o horário de retorno deles ao hotel
Não vamos entrar na parte mórbida do fato. Foi um episódio deliberado. Havia indicações precisas minhas e do staff, recebidas por todos e não por quatro. Uma indicação precisa e uma vontade deliberada de desrespeitá-la.

A presença de Travica, o capitão
Isso eu tenho profundamente grave. Lamento que em meio aos quatro jogadores estava o capitão da equipe, a pessoa que para mim tem um valor dobrado.

A decisão
Mandar para casa quatro jogadores, entre eles o capitão e dois com chance de jogar (Sabbi e Zaytsev), a 48 horas das finais, foi uma decisão acordada com toda a federação porque é um sinal de coerência com a famosa disponibilidade incondicional solicitada, que eu coloco ao centro, como fundamento de todo esse sistema. Não tomei essa decisão em termos científicos. Fiz isso porque era o momento. Foi uma decisão complicada.

O sentimento
Me fez mal. Tive um pouco de dor. É uma ocasião perdida.

 



  • Rômulo

    Já não imaginava a Itália avançando pras semis num grupo com Polônia e Sérvia. Agora…
    Meio decepcionante acabar tendo um grupo tão balanceado (BRA-FRA-EUA) e outro tão fácil e certo assim.

    Sobre os jogadores: só imagino o tipo de drama que rola entre os jogadores e o Berruto. Parece rolar uma briga de ego constante dentro dessa seleção, principalmente desde o Mundial do ano passado. Fiquei mais surpreso pelo envolvimento do Travica estar envolvido, já que tanta gente diz que ele é favorecido pelo Berruto em troca de jogadores aparentemente melhores, como o Falaschi.

  • André

    Jura q foi traduzido por alguém q fala italiano? Tá nível tradutor online…

    Adoro o blog. Leio sempre. Mas as frases parecem q nem têm conexão.

  • Aline

    Nao sei o que eh pior:
    1. Um CAPITAO FROUXO, COVARDE, SEM LIDERANCA NENHUMA, quando o time mais precisa dele SENTA NA BOLA E CHORA ou METE A MAO NA BOLA E FAZ PENALTY esquecendo q esta jogando FUTEBOL E NAO VOLEI: THIAGO SILVA.
    2. Um CAPITAO IRRESPONSAVEL, SEM COMPROMISSO COM O TECNICO E OS DEMAIS COMPANHEIROS, que vai p/a GANDAIA na VESPERA DAS FINAIS: TRAVICA.
    BERRUTO fez muito bem de cortar esses FANFARROES!!!

  • Billy

    Esse treinador(Mauro BESTÃOrruto) incompetente e ridículo,na verdade também queria sair prá farra na noitada carioca(ele estava doidinho(a)para ir á uma balada GLS e como não conseguiu uma peruca prá ele,pois é careca,ficou enlouquecida de ódio e com inveja dos próprios jogadores do seu time e resolveu penaliza-los com a suspensão).Essa é a VERSÃO VERDADEIRA dos fatos que ocorreram(na minha opinião).kkkkkkkkkkkk

  • Fabricio

    Daniel, fiquei sabendo que a Tandara esta acertada com o Minas vc esta sabendo de alguma coisa?

  • Kleber Alves

    Deve ter acontecido algo muito grave.

  • Alex Lima

    Bom…. Só sabe quem está lá dentro e sabendo como são as coisas. Atleta não é celebridade (bom… Pra alguns isso não se aplica) e é preciso saber respeitar a vida particular, a intimidade e os problemas de cada um. O que acontece hoje em dia é essa frustração particular de cada um que, ao instalar dos dedos, vc já julga, culpa e desdenha da vida dos outros. Isso me lembra várias histórias do mundo do vôlei. Pros novinhos… Essa história não é inédita e problemas de comportamento e de relacionamento entre jogadores e treinadores não é nenhuma novidade. Uns com problemas de jogo mesmo, outros de relacionamento puro e simples, outros de financeiro e etc, etc, etc. Julgar e apontar culpados não é certo. Porém a Itália, que já vem sofrendo por não conseguir os feitos do passado… Sofrerá mais ainda depois dos acontecimentos em questão. Ao invés de julgarmos…. Os atletas, técnicos e amantes do vôlei devemos aprender e ficarmos alertas pra esse tipo de atitude. O que vale mais… Títulos, estrelas, MVPs, problemas ou jogadores medianos que se dedicam e fazem por onde?!? Eis a questão!!! E quem somos nós pra fazer chacotas, brincadeiras sem graça e julgamentos desse nível… Em nossas vidas de pessoas normais… Tb não erramos?!?!

MaisRecentes

O novo conceito da FIVB para 2018



Continue Lendo

Apenas Lebes/Canoas faz o dever de casa na rodada



Continue Lendo

Um líder por pontos ganhos. Outro por pontos perdidos



Continue Lendo