Bernardinho e Zé Roberto criticam set com 21 pontos. Pressão na FIVB!



Ary Graça, presidente da Federação Internacional, convive agora com a pressão dos dois principais treinadores brasileiros contra a regra dos 21 pontos por set.

Neste fim de semana, Bernardinho e José Roberto Guimarães tornaram públicas as reclamações contra a mudança na pontuação.

Zé Roberto falou na noite de sexta-feira, após fazer seu primeiro jogo com a nova regra pelo Vôlei Amil. Após a vitória sobre a Uniara, pelo Paulistão, o comandante da Seleção Brasileira feminina criticou abertamente a decisão da FIVB.

– Fiquei muito preocupado com o sistema de jogo com 21 pontos. Me senti no meio de um mini-jogo. É horrível. Parece que os tempos técnicos foram mais longos que o período de bola em jogo. Espero que as pessoas com bom senso no vôlei mundial não deixem passar esse verdadeiro absurdo – disse Zé Roberto.

Na véspera, Bernardinho também reclamou. No evento de lançamento da Unilever para a temporada 2013/2014, o treinador da Seleção masculina criticou a medida “sugerida”, como vocês bem sabem, pelas emissoras de TV.

– Vamos jogar a Superliga, que tem sets de 21 pontos, logo depois viajamos para jogar o Mundial, com 25 pontos, então voltamos para a Superliga e muda tudo novamente. É claro que isso prejudica a preparação. Isso é culpa da TV que quer jogos mais rápidos. Superliga não é o laboratório para isso, é o principal campeonato de vôlei nacional e não deve ser usado para testes – disse Bernardinho, em entrevista ao site Máquina do Esporte.

Bernardinho, inclusive, fez uma sugestão de mudança na regra que ajudaria a diminuir o tempo de duração dos jogos, sem mexer na pontuação. Para quem é leitor assíduo deste blog, vai se lembrar de colunas que já escrevi sobre o tema (http://wp.me/p1b2tr-1zz).

– Se querem jogos mais curtos, poderiam determinar dez segundos entre um ponto e outro, em vez de 15, isso já mudaria bastante.

A pressão está aumentando no Brasil, países europeus estão se negando a testar a regra… Ou seja: Ary Graça terá de conviver com a falta de popularidade e apoio se quiser manter a mudança.

 



  • Afonso RJ

    Achei o uniforme azul e rosa ridículo. Mas vamos ao que realmente interessa:

    O set de 21 pontos foi imposto pela TV, porque algumas partidas se alongavam demais, estourando suas grades de programação. O que acontece, é que essas partidas são excessões. A grande maioria dos jogos é de uma duração compatível, abaixo de 2hs. O que acontece é que a TV procura transmitir preferencialmente partidas de grande apelo de público, geramente decisivas e entre equipes fortes e equilíbradas. Essas partidas, são justamente aquelas que tendem a ter um duração mais longa. Tentando tal qual um moderno Procusto adequar esses poucos jogos à sua grade ao invés do contrário, a TV acabou por tornar a maioria absoluta das partidas curtas demais, sem graça, com menor possibilidade de viradas, com sets praticamente se resolvendo nos pontos iniciais e com muito menos atrativos para o público que gosta do esporte.

    Quando esse absurdo de sets de 21 pontos foi confirmado, num dos meus comentários disse que minha maior esperança se depositava nas ligas mais fortes do exterior, pois aqui a Globo impõe a sua vontade. Agora, com as opiniões contrárias desses dois grandes treinadores além de outros atletas e dirigentes, temos a não adesão das principais ligas do mundo. Sem querer se por demais otimista, fico com a esperança que haja luz no fim do túnel. Amém!

    Ridícula a argumentação do Marco Freitas durante a transmissão de Osasco x Maranhão dizendo que com sets de 21 pontos, as equipes não podiam mais “cozinhar o jogo” ou “fazer cera”. Diferentemente do futebol, isso nunca houve no vôlei. Se por acaso algum time involuntariamente perdia a concentração em um set onde conseguia uma vantagem inicial, isso só servia para que com a aproximação do adversário no placar e a ameaça de virada a partida se tornasse mais emocionante. Agora, a chatice ameaça cada vez mais aos jogos.

    DELENDA EST CARTHAGO
    SETS DE 25 PONTOS JÁ. QUERO MEU VÔLEI DE VOLTA!!!!!

    • toni guimaraes

      PESSO DESCULPAS A TODOS PELO COMENTÁRIO QUE VOU FAZER> O TÊNIS NÃO É UM ESPORTE QUE O POVO BRASILEIRO GOSTA TANTO, E A DURAÇÃO DESTE JOGO MUITAS VEZES LEVA MUITO MAIS DE
      4 HORAS. ENTÃO PORQUE MEXER NO VÔLEI? CREIO EU SERÁ QUE É PROBLEMA DE GRADE DA EMISSORA?? SE FOR TIREM O TÊNIS DA GRADE TAMBÉM. DE OUTRO LADO SE ISSO ESTA PREJUDICANDO A GRADE DA TAL EMISSORA ENTÃO ELA DEIXE ISSO PARA OUTRA QUE TEM VONTADE DE FAZER SUA TRANSMISSÃO. ARY GRAÇA TA NA HORA DE FICAR EM CASA CUIDADO DOS NETOS E DE SUA VIDA E PARAR DE FICAR FUTRICANDO COM EMISSORA DE TV PARA GANHAR PONTO. OUTROS PAÍSES NÃO VÃO RESPEITAR ESTA REGRA. SERÁ QUE NÓS TEREMOS QUE COLOCAR NARIZ DE PALHAÇO? TUDO PARA ESTA FEDERAÇÃO É PURO INTERESSE, QUANDO HÁ JOGOS DE OUTROS CLUBES MENORES ELES NÃO TRANSMITEM SÓ FAZEM A TRANSMISSÃO DE CLUBES ALTOS. SUPERLIGA APENAS FINAIS DE SEMANA DE A PARTIR DAS 21, 30 O QUE ELES QUEREM??? CAMBADAS DEVERIAM TER RESPEITO COM O CIDADÃO BRASILEIRO QUE AMA O ESPORTE E ELES ALÉM DE GANHAR FURTUNA COM ISSO QUEREM TIRAR MAIS PROVEITO. PORQUE AGORA ELES NÃO DÃO UMA FORMA AO GIOVANNI GAVIO, GRANDE ATLETA E GRANDE PESSOA. ISTO ELES IGNORAM.

    • SERIA O CORRETO

      Afonso, esse Marco Freitas só fala bobagem não é de hoje.
      Agora a decepção maior foi o Nalbert e o Carlão. Dois ex- jogadores se “venderem” desse jeito, prejudicando o vôlei apenas para garantir seus empregos. Se eles fossem pelo menos ético com o vôlei, pediam demissão da merda da Globo.

      • Afonso RJ

        Concordo plenamente.

  • Aline

    Regulamento Oficial da Superliga, designações do delegado da partida, anexo V, parágrafo 8.2: “…o Delegado deve impedir que um atleta sem condição de jogo ou sem constar da relação nominal da equipe enviada pela CBV, aos delegados, seja relacionado em súmula ou permaneça na área de jogo.”
    Só essa parte do regulamento deixa bem claro que a culpa pelo acontecido foi do “delegado da partida”.
    Segundo a entrevista dada pelo técnico Chicão do Maranhão à repórter da Globo, ele foi pego de surpresa, disse que, se soubesse da possibilidade de punição, não teria escalado Yael:
    “- Que eu saiba ela não está irregular, porque senão o registro dela não teria saído. Tentamos várias vezes pagar a taxa, que foi paga… e greve de banco? Quem tem culpa? Nós temos culpa? Ninguém tem culpa? Agora, ao mesmo tempo, quando o Papa esteve aqui e a CBV ficou fechada nós ficamos prejudicados também, porque estávamos tentando regularizar um monte de coisas. Agora, o registro dela saiu. Se o banco não funcionou, é culpa nossa? Fizemos tudo certo, está tudo comprovado, todas as taxas foram pagas na semana passada. Se o banco estava em greve e não mandou o recibo para a federação argentina, aí já não é culpa nossa. Para mim, ela estava regularizada, senão, não teria colocado. Vamos acatar o que vem aí, mas vamos brigar.”
    Pra quem não sabe a estreia de Yael na Superliga coincidiu com o dia do seu aniversário, 27 de Setembro.
    Será que a coitada imaginava que seria essa bagunça toda a sua estreia na Superliga?
    Não poderia ser uma estreia mais desastrosa… Além de estar irregular segundo a CBV, ela jogou muito mal, a cada parada, deitava no chão e recebia massagens na perna… Seriam cãimbras?
    Antes não fosse escalada, pq sua presença em quadra ontem acabou não sendo proveitosa em nenhum sentido, a não ser para o time da Nestlé, que se aproveitou da má atuação dela e foi fazendo seus pontinhos.
    Em termos de levantadora, o Nestlé está muito melhor, Fabíola e Ana Maria jogaram muito bem. Por sinal, Ana Maria foi uma excelente contratação, com bagagem internacional e recém-chegada da Europa vai fazer uma excelente e experiente dupla com Fabíola nas inversões do 5×1.
    Enfim, o jogo não passou de um treino de luxo para o Nestlé, porque o resultado com a punição dada ao Maranhão vai ser como se fosse 21×0, 21×0, 21×0, por isso, no site da Superliga sequer consta o resultado do “treino”.
    A primeira zebraça da Superliga Feminina já deu as caras na estreia do torneio:
    Quem imaginaria que um time como Brasília, recheado de jogadoras vitoriosas e experientes como Paula, Érika, Dani Scott-Arruda, Elisângela, Camila Adão etc, pudesse perder para o Barueri, que há poucos dias nem sabia se existiria ou não como time?
    Será que rolou um “salto alto” por parte das estrelas de Brasília? O fato é que as meninas de Barueri estão de parabéns por proporcionar essa primeira zebra do campeonato. Parabéns também ao técnico Maurício Thomas pelo resultado.
    Pelo mísero público que compareceu ao ginásio em Barueri, apenas 700 pessoas, parece que nem a própria torcida levava fé no time. Quem sabe depois desse resultado não aparece mais gente pra prestigiar o time?
    No Europeu a Bulgária confirmou sua condição de super-freguesa da Itália:
    Disputa pelo Bronze Olímpico em Londres/2012: Itália 3×1 Bulgária
    Disputa pelo Bronze da Liga Mundial 2013: Itália 3×2 Bulgária
    Semifinal do Europeu 2013: Itália 3x1Bulgária
    Como pode? Eles têm um sério bloqueio psicológico contra os italianos, se perdem em nervos e começam os erros pelo saque, começa um jogador errando saque atrás do outro, e esse descontrole vai passando para os outros fundamentos. Perdem a cabeça, perdem a partida e matêm a condição de fregueses dos italianos.
    O grande nome da partida foi o central do Trentino, Emanuele Birarelli, com 15 pontos distribuídos em ataques, bloqueios e saque. Maior estrela da Itália, Birarelli com um entrosamento perfeito com o levantador Travica, pontuou mais que os ponteiros Savani(2), Parodi(9) e Zaytsev(10).

  • R.TIGRE

    “Bem Vindos ao Brasil”!!!
    Infelizmente isso eh o Brasil!!!
    Nao eh soh a Superliga, TUDO funciona ASSIM no Brasil desde a Camara dos Vereadores de um municipio do interior ate o Congresso Nacional ou o Supremo Tribunal Federal-STF, no Brasil NADA funciona!!!
    Infelizmente estamos sempre tendo SURPRESAS NEGATIVAS!
    Vivemos constantemente frustrados com o q vemos: isso eh Brasil!
    Trabalho viajando e constantemente vou a Europa e vejo que la existe palavra, cumpre-se com o q eh combinado!
    Infelizmente qdo volto ao Brasil tenho q me acostumar com a cultura de nao se cumprir o combinado em TODAS AS ESFERAS da sociedade.
    Isso esta enraizado na cultura brasileira e, em vez de melhorar, so piora.
    O resultado de NestlexMaranhao nao aparece pq o jogo foi apenas um “AMISTOSO”, afinal de contas as estrangeiras Yael, Bosseti, Malagurski, apesar de estarem contratadas ha muito tempo ainda nao foram liberadas pela CBV, mas mesmo assim a SuperBAGUNCADAliga ja comecou.

    Estou acompanhando o Europeu e as estrelas do Trentino estão fazendo excelente campeonato, Birarelli é a principal estrela italiana no Europeu, enquanto o oposto Sokolov é o maior pontuador da Bulgária.
    Ambos, em poucos dias estarão aqui no Brasil para disputar o Campeonato Mundial, os Cruzeirenses terão que suar muito a camisa se quiserem impedir o Penta-Campeonato Mundial do Trentino.

  • FORA GLOBO, CBV e ARY DESGRAÇA

    Daniel, a Rússia não adotou esse merda de regra de 21 pontos. Portanto a Europa inteira não vai adotar. Que beleza. Que maravilha. Estou torcendo para Norceca e os outras Confederações não aderirem. Aí eu queria ver a cara desse “pau mandado” do Ary Desgraça, que “abaixa as calças” para a Rede Globo sempre.

    Quero ver as seleções masculina e feminina se fuderem no Campeonato Mundial ano que vem prejudicadas por essa regra de 21 pontos.

    Fora Ary Desgraça, Rede Globo e CBV do võlei brasileiro. Queremos uma liga independente.

  • Rita de Cassia Pereira da Cruz

    Vargonha das vergonhas. Se uma emissora de tv se propõe a exibir um programa, no caso um campeonato de volei, deve fazer a grade de programas deixando tempo suficiente para tal.Levando-se em conta que cada set dura aproximadamente 30m exceto o quinto que é mais curto,a emissora utilizará aproximadamente 2h30m para a transmissão integral de uma partida. Se a Globo exibe é porque dá IBOPE.Então ela que se adapte às regras até então vigentes e não o contrário.Só nesse país mesmo.Nem dá mais vontade de assistir.
    Quem souber onde posso assistir as partidas dos campeonatos de voleibol feminino italiano e turco,por favor me avise.Idem para assistir a Champions League de Volei feminino 2013/2014.Aprecio muito o Yamamay da Itália e Galatasaray e Vakifbank da Turquia.Pode ser na tv ou na internet,ok.Daniel caso vc saiba por favor…

MaisRecentes

A dor de Gabi e de quem estava ao lado



Continue Lendo

Duas gratas surpresas na Superliga



Continue Lendo

Minas espera Hooker ainda em outubro



Continue Lendo