Atraso, ventiladores, Sesi sem opostos, vitória da Cimed/Sky e cornetada de Rodrigão



Pelo título do post já é possível perceber que o jogo entre Cimed/Sky e Sesi, nesta terça-feira, não foi dos mais comuns.

A começar pelo atraso de quase duas horas para o início do confronto, em Florianópolis. O motivo, que não é uma novidade no ginásio Capoeirão, não deixa de ser estranho: piso da quadra molhado devido ao calor/umidade excessivos, que fez com que os atletas transpirassem mais e deixassem o chão ainda mais escorregadio ainda no aquecimento. Meio bizarro, não?

Para a secagem do piso, jogadores abanaram toalhas, garotos passaram panos e até vários ventiladores foram usados. O oposto Wallace, do Sesi, que não atuou por estar machucado, fez piada via Twitter.

“No jogo de Sesi-SP x Cimed hj quem ganhar o VivaVôlei leva um ventilador”.

E todo o Big Brother pré-jogo era mostrado em rede nacional, já que o SporTV abriu a transmissão por volta de 18h40.

Agora, um elogio. A atitude do árbitro Paulo Turci, de esperar o tempo que fosse preciso para secagem, foi corretíssima, já que a integridade física dos atletas estava em risco. Nem mesmo a TV ao vivo, que por si só já aumentava a pressão para um início mais rápido, fez com que Turci antecipasse o início do confronto. Perfeito.

O fato, porém, reforça a necessidade de a CBV cobrar ginásios melhores dos clubes para a próxima temporada. Já tivemos problemas com goteiras, jogadores publicando fotos de banheiros sem condições de uso, e agora este fato no Capoeirão. Depois vamos reclamar que os jogos não passam na TV aberta, né! Motivos parecem não faltar…

Voltando ao jogo. Com a quadra em condições, a superioridade dos catarinenses, que vinham de duas derrotas, ficou clara. Apesar de o Sesi ter entrado como um dos líderes, sentiu a ausência dos opostos Wallace e Leozão, lesionados. Juninho começou como titular, depois o ponta Diogo foi improvisado. Sem um homem de segurança para definir os ataques, o time paulista, que também não teve uma noite inspirada no passe, virou presa fácil. As parciais (25-20, 25-15 e 25-18) provam que foi o jogo de um time só. Bruninho foi o vencedor do VivaVôlei, mas a atuação coletiva foi o principal mérito da Cimed/Sky.

Depois do jogo, via Twitter, o central Rodrigão soltou os cachorros nos rivais. A mensagem logo depois foi respondida por Bruninho. Veja literalmente o que eles escreveram:

“Parabéns, Cimed Sky pela vitória e pela falta de respeito com nós atletas depois de tudo,botar musiquinha de chupa no final do jogo é demais”

“Pede desculpa pra galera pela babaquice!!! Todos nós jogadores e comissão ficamos com vergonha!! Abs”

 



  • Luiz

    Graças a Deus meu Vôlei Futuro não passa uma vergonha destas. Nosso ginásio é lindo e moderno.

    Só gostaria que a CBV mudasse algumas coias. Como por exemplo o limite de altura do teto, pois alguns ginásios atrapalham o jogo. Os jogadores estão cada vez mais fortes fisicamente, e o jogo é cada vez mais de pancada, fica difícil passar e defender em ginásios pequenos como o da CIMED. Durante anos, a Cimed se beneficiou do saque do Lucão, pois era quase impossível passar sem que a bola tocasse o teto.

  • Lorna

    Cimed finalmente voltou a jogar! Excelente desempenho de Bruninho e Eder.

    • Luiz

      Você está de brincadeira, não é mesmo? O Sesi entrou em quadra totalmente quebrada. Praticamente o time só atacava com o Murilo. E o Sandro só levantando jaca, pois estava nitidamente com medo de levantar em suspensão (saltando). Este jogo não é parâmetro para nenhum dos dois times.

      • Lorna

        Por que não Cimed é desequilibrado desde o início do ano sem Giba? Maior hipotético reforço da equipe? Sem um banco válido para Renato e Tavares?Cada jogo é um parâmetro.

  • Jairo(RJ)

    Daniel, essa questão sobre ginásios inadequados realmente está complicando as coisa e não é restrito ao vôlei. No início do NBB teve um jogo do Flamengo X Brasília aqui no RJ onde a quadra não apresentava condições ideais por conta de umidade. Jogo ao vivo e com a pressão da TV, acabaram por jogar, mas sem ter como manter a estabilidade/segurança em quadra os jogadores do Brasília literalmente entregaram o jogo para o Flamengo. Final de jogo e declarações de insastifação. Com certeza o público não ganhou. Só o Sportv.

  • Marco Túlio

    Essa derrota mostra o quanto o oposto Wallace é importante para esse time do Sesi… Sem ele e ainda sem o Léo, realmente fica difícil demais!

    Bom para nós cruzeirenses, que demos um show no Cimed e vimos ontem um show do Cimed contra o Sesi…

    Por último fico muito feliz com o equilibrio da Superliga desse ano. Enquanto no ano passado o Sesi era mtoo favorito, esse ano continua sendo, mas não tanto assim!

  • Adriano

    Existem ainda aqueles que discutem se temos o melhor campeonato do mundo.
    Lógico que não.
    De que adianta ter grandes jogadores e pagar salários de primeiro mundo, se os ginásios não são adequados?
    O Sesi não quis jogar e não jogou. Era nitido o desconforto do Giovanne com a situação. A impressão que deu é que eles foram obrigados a jogar por conta do patrocínio da Sky à Cimed e pela transmissão do jogo.
    O torcedor que queria assistir a Usiminas x Unilever foi outro grande prejudicado. Foi trasmitido apenas o 3º SET. Um desrespeito com o torcedor, além de ter sido obrigado a ir ao ginásio assistir a 1 partida as 21 hs por conta da transmissão da tv sendo que nem transmitido na íntegra foi. Transmitirão apenas o restante para não atrapalhar a grade da programação.

    • Marcio

      Ou Sesi jogou ….errando demais mas jogou.

    • Diogo Márcio

      CTRL C + CTRL V do outro blog kkkkk

  • Léo

    Pra quê uma emissora detem 3 concessões de canais esportivos (SPORTV, SPORTV2, SPORTV3), se quando precisa ela passa reprise da reprise da reprise de BOBSLED?????
    Perdi o jogo do MINAS ah nein viu

    • Fábio

      Foi surreal transmitirem VT de Bobsled!!! Hhahahaha. Só rindo dessa SporTV! E ainda anunciaram que dariam noticias do jogo feminino, mas nem tocaram no assunto.

    • Diogo Márcio

      Pq é o volei feminino, se fosse no masculino eles davam um jeitinho…

  • emanuella

    tava o ginásio, e ninguém conseguiu entender nada do que ocorria, uma demora sem fim, Florianopolis é mega humido, todo mundo sabe disso, mas será que era isso mesmo??? não choveu, e nem sol fez ontem. tinha gente dizendo que Giovanni queria adiar o jogo porque estava sem opostos. acho que a organização podia dar uma satisfação para o publico
    quanto a música, na hora cai na gargalhada, mas sabia que daria rolo. ainda bem que Bruno já se desculpou e o assunto encerrou.
    o jogo foi bom, estava meio ocupada e me afastei um pouco dos jogos, não vi as duas derrotas, mas achei que o time ontem jogou bem.
    Sesi sentiu a falta do Wallace, quem pensa que o Sesi esta morto esta enganada.
    Outra coisa, como Murilo é chato, nossa, reclama o tempo inteiro, sempre fazendo caras e bocas, a gente vê porque alguns atletas são escolhidos para ser capitão, é porque são chatos, Murilo e Bruno foram para a mesma escola de chatice.

  • emanuella

    esqueci, acho que a final do ano passado se repete, pra isso eles precisam acabar em 1º e 2º, mas são os melhores times mesmo.

    • Fernando

      Pode até acontecer, mas o Sesi desse ano tá muito longe do Sesi do ano passado, não acho que seja o melhor time. Nem é pelo jogo de ontem, mas está um time bem inconstante.

  • Vitor

    Certo que a Cimed pouco tem a ver com a questão climática, mas fato é que essa não é a primeira, nem a segunda e certamente não será a última notícia que lemos sobre atraso, ou falta de condição ideal no Capoeirão. Como bem citou o Daniel, já passou da hora da federação fazer uma vistoria mais rigorosa para liberar um ginásio pra jogo. Não é exclusividade do Capoeirão, vem acontecendo com frequência também em Montes Claros em relação às chuvas e o caso do banheiro que mais parecia de um boteco qualquer de esquina.

    Quanto ao jogo realmente Cimed sobrou em quadra. O Sesi sentiu muita falta do Wallace, o que é completamente compreensível, porque qualquer equipe do mundo sentiria falta dele atuando da forma com que ele atua na equipe do Sesi. Somado isso ao clima ruim gerado pelo atraso, com o líder e capitão claramente contra a realização da partida, sobrou ao Cimed jogar tudo isso pro alto e fazer o dever de casa. Com saque sempre forçado e Thales em noite inspirada na recepção, o trabalho do Bruno foi bastante facilitado, que usou e abusou da bola rápida com Éder e Gustavo. Vitória de 3×0 merecida.

  • Afonso (RJ)

    VERGONHA VERGONHA VERGONHA VERGONHA VERGONHA VERGONHA VERGONHA VERGONHA

    A única coisa pior que a palhaçada que antecedeu o jogo é a narração do Luis Carlos Junior. Soube até que noutro dia ele já ia narrando “saque viagem balanceado” quando um gandula devolveu a bola…

    Fiquei sem ver ao vivo os dois primeiros sets de Unilever x Minas, que eu estava esperando há semanas. Frustrante, para dizer o mínimo. Depois de tanta pelada entre “barangas”, justo quando iam transmitir um jogo do meu time.

    VERGONHA VERGONHA VERGONHA VERGONHA VERGONHA VERGONHA VERGONHA VERGONHA

MaisRecentes

Coluna: O polêmico teste na regra do vôlei



Continue Lendo

Vaivém: Mais estrangeiras na Superliga?



Continue Lendo

Com emoção, Corinthians se garante na Superliga



Continue Lendo