As “zebras” se espalham pelos Estaduais



Na segunda-feira foi a vez do São Cristovão/São Caetano derrubar o Sesi na abertura das semifinais do Paulista feminino. Ontem, o Pinheiros deu sequência às surpresas, fazendo um incontestável 3 a 0 no poderoso Molico/Osasco.

Comparando as duas zebras, a do Pinheiros se torna maior pelo fato da escalação da equipe de Luizomar de Moura. Dani Lins, Mari, Carcaces, Thaisa, Adenízia, Camila Brait… Meia Seleção Brasileira e mais duas jogadoras de nível internacional. Por mais que ainda pesem a falta de treinamento do grupo todo junto e a consequente falta de entrosamento de algumas delas, é um resultado que o Pinheiros deve comemorar demais.

As destaques da equipe da capital, muito bem comandada por Wagão, foram a oposto Rosamaria e a ponta Ellen, que marcaram 17 pontos cada. Pelo lado do Molico, Carcaces e Adenízia anotaram dez cada.

Agora o Molico fica na mesma situação do Sesi. Ambos precisam vencer o jogo de volta e o golden set. Será que teremos a final das zebras como prévia da Superliga?

E, por falar em surpresas, mais um resultado surpreendente, agora vindo do Rio Grande do Sul. O Canoas foi derrotado, no encerramento da fase de classificação do Gaúcho masculino, pelo Bento por 3 a 1 (25-17, 23-25, 25-20 e 25-22). Com o resultado, o time de Gustavo, Quiroga, Minuzzi & Cia. ficou atrás do Voleisul e terá de encarar novamente a equipe de Bento Gonçalves na semifinal.

O Bento, que já foi um celeiro de bons jogadores, jogará a Superliga B e tem no elenco jogadores que tranquilamente jogariam na elite. O time conta com Rívoli, Tuba, Dentinho, Reffatti…



MaisRecentes

Brasil perde segunda para os Estados Unidos



Continue Lendo

Lucarelli oficialmente fora do Mundial



Continue Lendo

Rússia fatura torneio preparatório para o Mundial



Continue Lendo