As boas do fim de semana



1 – O Sada/Unifemm, o time B do Cruzeiro, conquistou brilhantemente a divisão de acesso da Superliga masculina, vencendo o Bento Gonçalves, na casa do rival, no tie-break. É louvável o trabalho feito pelos mineiros também na base. Não bastasse o time campeoníssimo na elite, o Sada/Cruzeiro dá rodagem para os garotos na segunda divisão nacional, formando peças de reposição para as próximas temporadas. Faz do campeonato um laboratório para dar rodagem aos jovens, prêmio maior para quem não pode colocar dois times na elite, vaga que será bem ocupada pelo Bento. Henrique Furtado, assistente de Marcelo Mendez no time adulto, é o comandante da molecada celeste. Olho em Lucas Salim e Éder Levi.

2 – Leandro Vissotto foi campeão japonês, batendo o compatriota Evandro na final. Mais do que o título, a vitória marcou o fim de 82 anos de jejum do JT Thunder na  liga do Japão. Na final contra o tradicional Suntory, Vissotto marcou 27 pontos. E vale citar o impressionante placar do primeiro set: 41 a 39.

3 – O Eczacibasi é o novo campeão europeu feminino e vai disputar o Mundial de Clubes na Suíça, em maio. No Final Four, na Polônia, o time comandado por Giovanni Caprara derrotou o Vakifbank, time de Sheilla, na semi, por 3 a 1, e o Busto Arsizio, na decisão, em sets diretos. A americana Larson foi eleita a MVP, tendo companhia de Betania De la Cruz, Poljak, Gulden e Furst na premiação individual. Mostra a força do elenco do Eczacibasi. Na decisão do bronze, o Vakifbank bateu o Chemik Police e ficou com o prêmio de consolação.

4 – O primeiro confronto entre Bruninho e Ricardinho, no Italiano 2014/2015, terminou com vitória do atual titular da Seleção. O Modena fez 3 a 0 no Treia, parciais de 25-18, 25-22 e 25-21. Ngapeth, com 18 pontos, liderou o Modena. Parodi fez 11 para o Treia. Os brasileiros fizeram três pontos cada. Resultado importantíssimo, já que valia o segundo lugar no emparceiramento para os playoffs. O Trentino terminou na primeira posição.

 



  • Lucas

    Bruninho sambou no Ricardinho kkkkkkk Adoroooooooo

    • Euripedes Jr.

      Que comentário desagradável

      • Lucas

        Comentário verdadeiro para aqueles que viram o jogo. kkk

      • Lucas

        So para completar na página oficial da Lube os fãs já estão dizendo que querem titular o Monopoli no lugar do Ricardo.

        • Euripedes Jr.

          Normal camarada , o cara chegou 10 dias e você acha que vai resolver de um dia para outro , claro que o reserva tem entrosamento melhor . Agora esse negócio de sambou que coisa de menininha que coloca o velcro . Respeita nossos idolos

          • Lucas

            Bruno no 2011 jogou nos play off e o Modena começou a voar kkkk So para lembrar.

          • Euripedes Jr.

            Ok Brunete

    • Felipe

      Quando o brasileiro vai aprender a dar valor aos seus atletas, um grande passo seria aposentando a camisa!

    • Ana Maria

      Desdenhar de um atleta que tantas alegrias deu ao Brasil, sem falar que no voleibol Ricardinho foi um divisor de “águas” dando velocidade inacreditáveis as jogadas, é no minimo falta de inteligencia. sem cometários.

  • Bernardo

    Muito importante ver o Bento de volta a elite, infelizmente a unica derrota foi na decisão, merecia mais esse título do que o Cruzeiro. Mesmo sem conseguir o acesso no ano passado o time buscou reforços e entrou pela porta da frente na superliga principal.

    • Gláucia

      uai, Bernardo, merecia mais por quê? O Sada Cruzeiro faz um dos trabalhos mais impressionantes do Volei no Brasil. Projeto duradouro, consistente, investe no profissional e na base. Mantem o mesmo time há praticamente seis temporadas. Por exemplo, o Wallace chegou no Sada Cruzeiro com pontuação 2… Um time juvenil e infanto-juvenil que ganhou na quadra, na casa do adversário, conseguiu reverter situação adversa, jogou um tie breik… Que bom que o Bento Vôlei está de volta. Mas dificilmente outro time merecia mais… Este título chegou com um ano de atraso, foi tirado destes jogadores ano passado. Porque se os meninos da base foram usados no profissional foi porque a CBV assim o autorizou. Respeito sua opinião, mas foi muito merecido o Sada Cruzeiro Unifeim ser o campeão!

      • Euripedes Jr.

        O Wallace nem deveria jogar pelo Sada depois dos insultos racistas q a própria torcida que o clama hj fez no passado , no resto eu concordo com vc

  • Carlos

    As americanas estão voando, para o bem do Brasil espero que o Kilary continue sendo cabeça dura e mantenha a Hooker fora da seleção.

    • Tomás

      Meu caro, Kiraly já conseguiu o título do Campeonato Mundial ano passado sem a Hooker.

      Isso demonstra que o técnico americano é muito mais competente do que se pensa! Acho que a partir de agora a seleção americana vai dominar, pois o número de atletas por lá está crescendo e a visibilidade também, não é à toa que a fase final do Grand Prix desse ano será na terra do tio Sam.

      • Kaio

        O EUA já é bom sem a Hooker, com ela ficaria melhor ainda, Murphy é muito fraca, na final do Mundial a China quase levou para o tie-break graças aos erros dela.

        • Euripedes Jr.

          Hooker já era , só joga lá na Asia se vier pra cá é banco da Ivna

          • Kaio

            As duas opostas dos EUA jogaram na Asia essa temporada, o que há de errado nisso? Hooker não vem para a nossa liga medíocre, está indo para a Turquia.

          • Euripedes Jr.

            Discordo Kaio

  • Ciro Andy

    A Jordan Larson, virou talismã. Onde ela está é título certo.
    Excelente ponteira. Precisa no passe (ñ oscila) e super eficiente no ataque. Justo e merecido prêmio de MVP!

  • Johnny Katayama

    Primeiro confronto dos levantadores brasileiros na Itália, a volta do Ricardinho a Modena, cidade que ele defendeu por quatro temporadas, muita emoção! O Modena fica com o segundo lugar na temporada regular, mas nos playoffs tudo pode acontecer. Ricardinho, 39 anos, já se adaptando à camisa do atual campeão Lube Treia! Os playoffs vão pegar fogo!!

    Já o Sada, o que dizer?! Merecem muito essa conquista!! O dia que todos os times da Superliga tiverem investidores como Vitório Medioli e trabalho sério em desenvolver talentos, será um dia muito feliz para o vôlei brasileiro. Existem um milhão de regras no ranking absurdo da CBV, deveriam pelo menos obrigar os times a terem pelo menos 3 sub-23 entre os 12 relacionados para as partidas. O RJX (sem querer desmerecer), faz um baita time, é campeão, mas não tem base. E o patrocínio instável. Sumiu! E lá se acaba mais um aventureiro do vôlei. Tem que valorizar os projetos sérios, os verdadeiros apoiadores do vôlei, tem que falar Sada na TV mesmo!! Aliás, não só Sada, como Ziober, Brasil Kirin… Porque no fim são eles que pagam a conta!!

    • Kaio

      Antes havia uma regra que obrigava a inscrição de um número x de atletas juniores em cada equipe, mas infelizmente os dirigentes estão mais interessados em nivelar o vôlei enfraquecendo as outras equipes e isso foi esquecido.

    • Lucas

      Bruninho ontem >>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Ricardinho.

  • Fernando

    Sheilla estava tão confiante que justificou sua contratação pqe queria o título da CEV, agora vai ficar chupando dedo e fora do Mundial, se duvidar ainda perde o título do turco pro Eczacibasi novamente.

    Se olhar nas estatísticas da CEV a Sheilla ficou bem lá embaixo em vários fundamentos, tomara que ela se recupere para 2016. Pois os EUA vem forte.

  • Luciano

    Esperei um jogo disputado do italiano entre Modena e Treia. Porém o Modena acabou com o Treia e o Francês Ngapeth riu da cara do Ricardinho, parecia que era provocação e que todo time que joga contra o Ricardinho quer mostrar serviço e encarar ele. Bom espero que nos play ofs o time do Treia se encaixe pois os atacantes são de excelente qualidade, falta só um pouquinho de vontade que chegam.

    • Euripedes Jr.

      Brincadeira a parte , o Ricardinho sempre provoca e aceita numa boa , sempre é assim nos jogos q realiza aqui no Brasil pra dá uma pimenta a mais no jogo . O Ngapeth tá jogando demais mesmo .

    • Lucas

      Ngapeth joga demais com o Bruno . Simple assim. Chora antis.

      • Euripedes Jr.

        Antis o que rapaz ? vê se cresce camarada , para de criar discórdia . Somos Brasil acima de tudo e quero ver os brasileiros brilhando lá fora .

        • Lucas

          Eu falo para as viúvas que sempre vi aqui criticar sem noção o Bruno .

          • Euripedes Jr.

            Eu critiquei o Bruninho ? Só acho que você respeitar o Ricardinho por tudo que ele fez . São dois ótimos levantadores .

          • Lucas

            Nao é para voce….onde esta a querida Luiz? kkk

  • Osmar Cordeiro

    O Eczacibasi já tinha mostrado sua força contra o Vakif no campeonato turco e coincidência ou não a Larson novamente campeã do Europeu com muito volume de jogo que é característica sua , o bloqueio é muito forte das suas centrais ( uma delas Furst ex-Vakif ) e De La Cruz jogando demais , no Vakif muito poder de ataque só que penou no passe e agora aguardar se mantem ou não o time . Sobre o jogo do Modena x Treia eu tbem acreditava num jogo mais equilibrado , o Modena é um time muito bem montado , já no Treia além da falta de entrosamento com o Ricardinho , observei muitas mudanças e bem diferente do Modena que tem seu time titular já definido algum tempo . Parabéns Sada pelo trabalho na base , claro que o time titular é uma máquina , só que tem q girar essa molecada nova como no caso do Cadu que teve oportunidade de vir pra Maringá nesta temporada e por algum motivo não foi e o Rodriguinho não vi em nenhum jogo .

  • Zury Luz

    Parabéns aos garotos do Sada Cruzeiro / Unifemm são dignos de todos os elogios. Esse título já era pra ter vindo na temporada passada, que o tapetão tirou do time celeste. Mas nessa ano não teve jeito. Os jovens garotos não sucumbiram a pressão 3 mil torcedores adversários e garantiram o título da Superliga B contra uma equipe de jogadores bem experientes, como o Reffati, Revoli e Dentinho. Mais com o trabalho sério de um patrocinador consolidado, que proporciona a melhor estrutura de trabalho possível, junto com o Cruzeiro (Clube Social do Barro Preto e Toca da Raposa 2), o resultado está aí, o domínio do vôlei nacional e internacional é do Cruzeiro. Vale destacar o jovem oposto Allan, maior pontuador do jogo com 35 pontos, o central Rômulo, 6 pts de bloqueio, – fundamento q ele domina -, e a técnica dos ponterios Rodriguinho e Gabriel. Lembrando q no adulto já temos o promissor Kadu, q já jogou algumas partidas e deve ganhar mais oportunidades na próxima temporada, junto com o Rodriguinho.

  • Aline

    Torco muito pela FABIOLA e pela GARAY, elas tem tudo para serem campeas da COPA EUROPEIA DE VOLEI na final contra o ATOM SOPOT da POLONIA!
    Quero uma final entre REXONA e KRASNODAR no MUNDIAL, Fabiola e Garay merecem!

    • Juliano

      Somos dois. Torço muita pela vitória na Copa CEV. Por outro lado, sobre o mundial, apesar de torcer, não vejo esperança. O time não tem defesa alguma. Então, se o ataque do adversário não voltou por causa do bloqueio, é ponto na certa. Aí fica difícil e aí se explica a eliminação na Liga Russa.

  • mário

    Sei lá, viu? Disseram que Sheilla estava “voando” etc e tal. Mas ficou sempre com a menor média de ataque do time… no último jogo, a Naz preferiu Costagrande ou Sonsirma (as pontas), que sempre tiveram melhor aproveitamento. Por lá, valei muito mais grande atacante do que atleta “de composição”, tão valorizada no Brasil. Lá, também, as definidoras não são as meios – como por aqui. Então, Valki deve estar com luz amarela nesta contratação….

  • Patricia

    Feriadão não deu para ver nada, mas, surpresa com a derrota do Sesi – salto alto? kkkkkk. Ontem vi o vt de Eczacibasi x Vakif e farei três observações.
    1- Jordan Larson deu aula de como se explora o bloqueio
    2- As líberos turcas estão muito, muito à frente das líberos brasileiras (tirando a Fabi) em todos os fundamentos.
    3- Como é que a Vasileva foi parar no Vakif? kkkk até entendo o ZR contratá-la, afinal para quem contratou Kristin Hildebrand kkkkkk mas, Guidetti…. por favor que erro hein? kkkkkkkk

  • Juliano

    O Eczacibasi mereceu o título. Só esperava mais do time italiano. Pensei que uma Diouf, se jogasse inspirada, pudesse ter feito diferença. Sem contar que o time italiano tinha apresentado muito volume de jogo em partidas anteriores (simplesmente desestruturaram Goncharova que não conseguia virar nada nas quartas), realmente decepcionou.

    Larson mereceu o título e fez o que Sheilla sempre faz. Joga muito abaixo no desenvolvimento do campeonato para crescer na fase que importa. Pelo jeito, Sheilla não conseguiu seguir sua própria receita. Ponto para a americana que aprendeu direitinho. Deixou toda a fase de classificação nas mãos da De La Cruz, para se destacar e levar o MVP no momento mais importante. E olha que por pouco o Volero Zurich não chegou a eliminar o time turco!

    Do lado do Vakifbank, já esperava uma atuação péssima da Sheilla. Ela ainda não encontrou a melhor sintonia com a Naz e ainda está com o físico péssimo. Vasileva estava jogando muito ao que realmente demonstrava anteriormente. Cresceu muito, mas ainda é aquela jogadora que cai de rendimento quando se trata do momento mais importante. Guidetti também pecou por não conseguir recuperar a Godze Sonsirma a tempo, que jogou muito abaixo do seu nível a temporada inteira. Rasic até que é boa, mas acho a Robin péssima por não saber bloquear. Não adiantava nada as centrais serem muito boas atacantes, já que o passe do Vakifbank ficou prejudicado pela Vasileva e pela líbero. Aliás, líbero sempre foi um problema para o Vakifbank. Por isso que precisava muito de uma oposto do estilo Brakosevic, e não uma Sheilla capenga, que precisa de bom passe e levantamento perfeito para explorar bloqueio. O volume da Sheilla não foi suficiente com as ponteiras que não resolviam.

    ———–

    Bruno já é um dos melhores levantadores do mundo. Ricardinho é um mito, mas não é mais o mesmo. Está muito melhor por causa do comprometimento e da dieta, mas ainda precisa daquela conexão com o time para usar de sua velocidade, o que não deu tempo. Já o Bruno tem característica de se encaixar melhor de cara. Quando chegou no Modenna no ano passado, venceu no primeiro jogo e colocou o Bartman, em péssima fase, no jogo. Venceu, salvo engano, o Latina, que é um Pinheiros masculino na Itália. Time super encardido. Não foi por menos ainda que Modenna, com Bruninho que tinha entrado no meio da temporada, arrasou com o Trentino, tendo destaque aquela jogada ontológica de Bruno, que ia até a arquibancada para pegar a bola e ainda voltar para bloquear o Felipo Lanza, entrando para a história no finzinho do primeiro jogo dos plays off.

    Todavia, o Modenna enfrenta o mesmo problema da temporada passada: não possui centrais e oposto confiáveis. Todos muito irregulares. Piano até tem o seu destaque, mas ainda não é um exímio atacante, não obstante a altura. Vettori é uma decepção. Está parecendo uma Ivna de bermuda, que é excelente só quando comparece em jogo, o que é raro.

    …………..
    Papo seleção:

    Todo mundo sabe que Sheilla não é a mesma e está sem potência no ataque. Agora o que eu quero saber é se o ZR teria coragem de fazer com ela o que fez com a Mari. Foi exatamente a mesma desculpa para ele cortar a Mari. Que ela não era a mesma e que estava sem potência. Vemos a Sheilla na mesma situação, e agora, ZR?

    Obviamente que, enquanto tiver aquela amizade, Sheilla não sai. Eu também não a tiraria, não das olimpíadas. Mas o mínimo sensato é colocá-la no banco e deixá-la para jogar na hora que realmente vale. Não adianta, não dá para forçá-la. Ela está péssima fisicamente. Aquele medo ridículo das brasileiras de fazerem musculação, com receio de ficarem com braços um pouco volumosos, pelo jeito ainda persiste. Sheilla está no caminho da decadência. Tem que tomar cuidado, pois a imagem de salvadora da pátria em Londres pode ser facilmente esquecida pelo fiasco dos Jogos Olímpicos em casa (não por nós, amantes do vôlei, mas para a grande massa será um fiasco, assim como Mari ainda é lembrada por 2004, infelizmente). Todo mundo estará para ver e a pressão será enorme. Realmente acho que falta muito comprometimento a ela nesse quesito. Vejam a Sonsirma. Ok, ela está péssima no passe igual Garay e tem sido banco constantemente, mas de potência, ela vem dando um banho. E braço dela, é feio? Nada, definido e sem exagero. As jogadoras do Brasil têm que perceber isso, temos que trabalhar potência. Foi o PONTO CENTRAL dos Jogos Olímpicos de Pequim, quando parcela da comissão técnica só se dedicava neste aspecto. Se há um trabalho de musculação, vejo que está muito fraco e decepcionante. Idade não é desculpa. Sokolova dá um banho neste aspecto, pode quinar e ficar nervosa em momentos importantes, mas não dá para falar que está sem potência de ataque. Na idade de Sheilla, salvo engano, por pouco Sokolova poderia ter mudado a história nos Jogos Olímpicos, já que Gamova não jogou quando importava.

    Volto a destacar a atitude não profissional da Tandara. Se uma das “novas” opostas deste ano se destacar na seleção neste ano, ela já deveria dar adeus. O bom é que ela fica em casa cuidando do bebê. Em essência, é só uma jogadora de clube. Do jeito que Sheilla está, já deveria ter tomado o posto, mas a falta de comprometimento é muito grande.

    • mário

      Cara, excelente comentário. Concordo com tudo, principalmente em relação à decadência de Sheilla. Pena que o técnico, desajustado, não tenha deixado qualquer outra atleta fazer sombra a esta jogadora que parece ter comprado a vaga na seleção. A úncia que poderia ter feito isso é a Mari, mas não teve qualquer chance. Lembramos de jogos que Mari entrou em inversão, em set praticamente perdido, e inverteu o placar. No set seguinte, ao invés de manter, valorizar e estimular a moça, o estranho técnico voltou com Sheilla, colocou Mari na ponta e, no primeiro erro de recepção, a tirou de quadra. E ainda disse que Mari havia tido oportunidade e desperdiçou…

  • fabio volei

    Falam tanto da Sheila, assim foi antes do mundial e antes de 2012 mas nos momentos decisivos ela não quina, ela é guerreira. Com excessão da semi do mundial que ninguém jogou bem, ela mostrou o seu valor no terceiro lugar que foi muito honrado e não é aquilo q as pessoas falam q deveria ter dado para a italia o gosto do bronze, muitos times se matariam por um 3 lugar no mundial. Sheila é a melhor oposto e merece o reconhecimento, todos os atletas de alto porte tem altos e baixos e ela não é a primeira, mas ela foi bem na championship foi 5 maior pontuadora e no ataque, isso é ruim? Poderia ter sido melhor, claro, mas a naz pelo amor de deus é MT ruim. Me poe esse vakifbank com uma tonkon ou a nossa guerreira Dani Lins ou até mesmo com a jovem Naiane ou até com a Fofão ganha a champions pq time eles tem. Enfim eu defendo a Sheila de inicio a fim pq ela tava mal em 2012 mas na hora que precisamos dela ela estava lá pq ela é jogadora de decisão, ela precisa melhorar alguns aspectos mas ela continua uma ótima jogadora. Agora necessitamos decidir a segunda oposta p as olimpíadas. A tandara fez a burrice, filho é bênção de deus mas ela não se precaveu pq estamos perto das olimpíadas e outra estava em uma decisão de Superliga e ela engravida, eu não sei mas provavelmente ela deve ser o maior salario. Agora se a Rosamaria estiver jogando o bolão que ela jogou na Superliga ela tem MTs chances de roubar a vaga da tandara, pq creio eu que ela p jogar de novo td que ela jogou vai ser quase 1 ano ai já estamos nas olimpíadas. Agora para mim quem já está quase garantida nas olimpíadas são THAISA, FABIANA,dani Lins, jaque,SHEILA E BRAIT o resto vai ter que mostrar muito jogo e vamos ver que da. Adenizia eu cortaria, daria chance para Carol pq apesar de ser MT baixa tem um ótimo bloqueio e saque isso ajudaria se tivessemos um time rápido como os EUA, mas tbm tem a Mara q ta jogando MT no bloqueio e ataca MT isso pode ser diferencial pq a Carol só na chutada e olha lá e quando n é bloqueada. Oposta daria chance para Rosamaria ela ta jogando muito agora só precisa ter mais regularidade mas ela só tem 20 anos. Levantadora ta em aberto tem naiane, fabíola, macris. Ponteiras tem Natalia(jogando MT e voltando sua forma física pq ela bem joga MT e passa por cima do bloco), garay, jaque(jogando mt no ataque e sempre boa no fundo pq ela de fundo e passe não tem ngm igual), Ellen Braga do pinheiros. Eu acho q se o EUA amarelar como faz em finais pois quase perdeu p china e tbm não amarelarmos e jogarmos bem é tri pq só quem pode nos parar é os EUA ou Turquia.

    • rafael cruzeiro

      Natália voltou a jogar em alto nível e pode exercer também a função de oposta, por isso acho que é nome certo (se em Londres estava recuperando de lesão!). Gabi também vai, pois tem a atitude e personalidade que todo técnico gosta. O problema está na posição de oposta. Salvo a Sheila, não temos ninguém para encarar e botar a bola no chão.

  • rafael cruzeiro

    também poderia se pensar em levar uma jogadora como a Amanda, ou seja na hora que o jogo estiver pegado, preparar alguém para sacar e defender. Thaisa e Gabi têm ótimos saques, mas não têm defesa. Jaque defende bem, mas o saque não é destruidor. Fê, Fabi e dani tem saques táticos.

  • Mari

    Olha eu não vi a semi do Vakif x Ecsi mas os jogos que eu tinha visto do Vakif, tenho a sensação que a Naz não confia na Sheilla. Ela é uma ótima levantadora mas na hora que precisa ela perde o foco, só sabe jogar bola empinada e na entrada, zero saída. A Robin é mt fraquinha de central, a libero é horrível, e a Vasileva e a CostaGrande são péssimas no passe. Sem a Sonsirma 100% ficaria mt difícil pro Vakif.
    Mas embora mt gente fale da Sheilla, eu ainda confio e muito na nossa oposta. Ela nunca foi uma jogadora de potencia e sim de inteligência. Se vcs perceberam, em Londres a Dani levantou as mesma bolas q a Mari perdeu em Atenas e a Sheilla virou. Não estou comparando as duas, até pq a Mari só tinha 19 anos e naquela época qm tinha q virar bola era a Virna e não a Mari.
    Eu se fosse o Bernardinho veria se a Sheilla estaria disposta a defender o Rexona no mundial, ela sempre jogou mt bem com a Fofão.

MaisRecentes

O novo conceito da FIVB para 2018



Continue Lendo

Apenas Lebes/Canoas faz o dever de casa na rodada



Continue Lendo

Um líder por pontos ganhos. Outro por pontos perdidos



Continue Lendo