Argentinos e Trentino ganham vaga no Mundial de Clubes



A tabela do Campeonato Mundial masculino de clubes já tinha sido até divulgada. Mas jogue a primeira versão, com seis participantes, no lixo.

Ontem, a Federação Internacional de Vôlei (FIVB) distribuiu um comunicado às confederações continentais envolvidas com o anúncio da inclusão de mais dois times: Bolívar e UPCN, da Argentina, além da substituição do representante da Norceca (Américas do Norte e Central) pelo Trentino, da Itália. Isso confirma a notícia publicada na véspera pelo site Volley Plus.

Final do último Mundial entre Sada e Kazan, em Betim (FIVB Divulgação)

Final do último Mundial entre Sada e Kazan, em Betim (FIVB Divulgação)

Desta forma, o Mundial, que será disputado em Betim (MG), passará a ser disputado em dois grupos com quatro times cada. A divisão deverá ser divulgada ainda hoje pela FIVB. Anteriormente, o Grupo A tinha Sada/Cruzeiro, Zenit Kazan (Rússia) e o representante da Norceca. Já o B era formado por Minas, Taichung Bank (China Taipei) e Tala’ea El Gaish (Egito). Não creio que esta divisão seja mantida, já que o Grupo A ficaria bem mais forte do que o B, seja incluindo os dois argentinos ou um deles e o Trentino.

Acho oito o número ideal de participantes para o Mundial. Mas crescê-lo a um mês do início, já depois do anúncio da tabela, mostra desorganização.



MaisRecentes

Quem se deu bem nos grupos da segunda fase do Mundial masculino?



Continue Lendo

Brasil cumpre obrigação e agora torce por rival por liderança



Continue Lendo

Brasil se recupera, vence o Canadá e ainda pode ser 1º do grupo



Continue Lendo