Argentina sofre, mas se garante na Rio-2016



A seleção masculina da Argentina se garantiu, na noite de domingo, na Olimpíada de 2016.

A equipe comandada pelo mítico Julio Velasco teve muitas dificuldades, mas derrotou a Venezuela, em Caracas, por 3 sets a 2, parciais de 25-12, 22-25, 25-12, 25-27, 15-12, no encerramento do classificatório sul-americano para a Rio-2016.

O ponta argentino Ezequiel Palacios foi o maior pontuador da partida (19 acertos), seguido de perto pelo venezuelano Willner Rivas, com 18.

Os hermanos no pódio (Divulgação)

Os hermanos no pódio (Divulgação)

Com o título, os hermanos se juntam a Brasil (país-sede), Estados Unidos e Itália (campeão e vice da Copa do Mundo) na lista de garantidos nos Jogos. A Venezuela, vice-campeã, terá uma nova chance de se classificar. Entre 14 de maio e 5 de junho, ela irá disputar o Pré-Olímpico Mundial contra os três melhores asiáticos no ranking da FIVB, o segundo e o terceiro colocados no qualificatório da Europa e o segundo melhor no classificatório da Norceca. O melhor asiático e os três melhores irão se garantir na Olimpíada.

Quem também tem algo a festejar é o Chile. O time que roubou um set do Brasil no último Sul-Americano ficou em terceiro lugar ao vencer a Colômbia, no tie-break, e também terá uma outra oportunidade de buscar uma improvável vaga na Rio-2016. Os chilenos irão enfrentar o terceiro colocado no torneio da Norceca e o segundo e terceiro do Pré-Olímpico africano. O melhor deste grupo irá se juntar aos citados acima no Pré-Olímpico Mundial.

 

 



  • fidutifo

    Hermanos? Os caras cospem na gente, chama-nos de macacos, partem para a violencia todo jogo de esporte que perdem para nos, arrogantes sem causa, uma mulherzinha se dando de duro para conquistar, e voces ainda chamam-lhes de ‘hermanos’? Lembram-se do caso com nosso técnico Parreiras uma garrafa de agua aonde reporters argentinos cuspiram e sujaram a agua antes de oferecer a garrafa ao nosso técnico como ‘um tostão’ do acolhimento deles. Outro caso aonde os policiais argentinos deixaram a torcida argentina invadir o campo e quase desfiguraram o técnico brasileiro Leao. Desafio a turista brasileiro ir a restaurante na argentina e pedir um bife; o que nao fariam com a carne antes de trazer para a mesa do brasileiro!

    • AfonsoRJ

      Generalizar sempre é injusto. Sempre fui muito bem recebido na Argentina, e os bons restaurantes são completamente confiáveis. Pode-se pedir um “lomo” com toda a tranquilidade, pois os caras não são loucos de se arriscarem a perder a clientela. Pode ir a qualquer restaurante no Puerto Madero ou na Recoleta sem sustos.

      • Edu

        Nem tanto, morei quase um ano em Buenos Aires a trabalho e lá ,como aqui, tem restaurantes bons,razoáveis e bem ruins.O Anthony Bourdain num dos programas de televisão dele especificamente sobre a culinária portenha afirmou que os argentinos estavam assando demais seu churrasco passando do ponto e o modelo de preparo uruguaio e a qualidade de sua carne já os tinha superado.Hoje o que existe de mais moderno e inovador na culinária na América do Sul se encontra na Colômbia.

  • silas antares

    Parabens aos chilenos pois como o seu técnico disse:” que era um primeiro passo para o desenvolvimento do voleibol chileno”, pois creio que o Chile nunca disputou algum torneio internacional na categoria que não fosse nos limites da América do Sul. E tem tudo para crescer realmente, pois apesar de semiamadores, estão jogando direitinho e não foi à toa que arrancaram um set(atípico) do poderoso Brasil.

  • Edu

    Passada as Olimpíadas , já que ele tem um trato declarado com a Federação Argentina até essa data, sera um equivoco monumental não contratar o Julio Velasco para assumir uma das nossas seleções(seja feminina ou a masculina) para um trabalho visando os jogos de 2020.Tenho certeza que ele gostaria de trabalhar com a mão de obra do voleibol brasileiro e estaria próximo de seu pais de origem.Razão de seu retorno e recusa em trabalhar mais tempo no voleibol europeu.Retirando o ZRG e o Bernardo, que cumpririam seu estágio de trabalho, não existe profissional mais capacitado para renovar esse trabalho estando tão próximo e com tamanha competência.

  • Lucia

    Não entendo porque a mídia brasileira enche tanto a bola de técnico argentino,com tanta “competência” a seleção deles não ganha nada há séculos,nosso genial Bernardinho que podia estar ganhando rios de dinheiro se cedesse ao assédio das seleções estrangeiras que o convidam como técnico,insiste em se manter em nosso país assegurando a 1ª posição no ranking mundial mesmo com todas as manobras da FIVB para derrubá-lo e prejudicar o Brasil.É lastimável que aqui não se reconheça seu brilhantismo e ética e os invejosos do seu talento e caráter buscam sempre apedrejá-lo,se fosse em outro país seria alvo de todas as homenagens que merece.

    • Edu

      Ética passou a ser um fator relativo quando se renuncia por decisão pessoal a vontade de vencer uma partida numa competição oficial.Respeito o Bernardo por seu currículo de vencedor.No entanto faz quatro anos que ele não retoma essa fase de títulos consecutivos no masculino.Sim, reconheço, foi vice mundial e olímpico.No entanto e visível sua fase de desgaste.A participação menor do Rexona no Mundial já foi uma evidencia disso fora as grosserias insistentes principalmente contra a Bruna que estava há três anos no time e tinha barrado a Andreia Laurence.Além do fato das lesões recorrentes em atletas justificadas, muitas vezes, nos bastidores, por um excesso de treinos e repetições.E justo que ele permaneça até o final do ciclo olimpico. Mas apos essa passagem já deu.Quanto ao Velasco ele simplesmente foi considerado o melhor técnico do seculo XX pela FIVB.Seu trabalho notável na Itália ,Irã e agora na Argentina , com um tempo pequeno de trabalho, já o credencia como uma grande aquisição para nossa seleção a partir de 2016.

  • Raffy

    Rivalidades a parte, parabéns aos hermanos, que cresceram muito sob comando do Velasco. E que “presente de grego” a Venezuela ganhou, seria preferível terminar em 3º então. O Chile tem muito mais a comemorar que a Venezuela, pois disputará um pré-olímpico em tese bem mais fraco, com 3º colocado da Norceca e; 2º e 3º da África. Enfim, é bem mais vantajoso terminar em 3º nos classíficatórios sul-americano e Norceca do que ser vice. Não sou a favor mas depois tem “entrega” de jogos e reclamam… Parabéns FIVB!!!

MaisRecentes

Joelho afastará Gabi das quadras



Continue Lendo

As primeiras transmissões da Superliga na TV



Continue Lendo

Vaivém: Thaisa jogará a Superliga



Continue Lendo