Argentina sofre, mas se garante na Rio-2016



A seleção masculina da Argentina se garantiu, na noite de domingo, na Olimpíada de 2016.

A equipe comandada pelo mítico Julio Velasco teve muitas dificuldades, mas derrotou a Venezuela, em Caracas, por 3 sets a 2, parciais de 25-12, 22-25, 25-12, 25-27, 15-12, no encerramento do classificatório sul-americano para a Rio-2016.

O ponta argentino Ezequiel Palacios foi o maior pontuador da partida (19 acertos), seguido de perto pelo venezuelano Willner Rivas, com 18.

Os hermanos no pódio (Divulgação)

Os hermanos no pódio (Divulgação)

Com o título, os hermanos se juntam a Brasil (país-sede), Estados Unidos e Itália (campeão e vice da Copa do Mundo) na lista de garantidos nos Jogos. A Venezuela, vice-campeã, terá uma nova chance de se classificar. Entre 14 de maio e 5 de junho, ela irá disputar o Pré-Olímpico Mundial contra os três melhores asiáticos no ranking da FIVB, o segundo e o terceiro colocados no qualificatório da Europa e o segundo melhor no classificatório da Norceca. O melhor asiático e os três melhores irão se garantir na Olimpíada.

Quem também tem algo a festejar é o Chile. O time que roubou um set do Brasil no último Sul-Americano ficou em terceiro lugar ao vencer a Colômbia, no tie-break, e também terá uma outra oportunidade de buscar uma improvável vaga na Rio-2016. Os chilenos irão enfrentar o terceiro colocado no torneio da Norceca e o segundo e terceiro do Pré-Olímpico africano. O melhor deste grupo irá se juntar aos citados acima no Pré-Olímpico Mundial.

 

 



MaisRecentes

Quem fica com as últimas vagas na Superliga masculina?



Continue Lendo

Giovane encaminha manutenção do vôlei carioca na Superliga



Continue Lendo

Basta! Nada justifica ameaças de morte



Continue Lendo