Tijuana, dia 4: Após saída precoce, Caio dá a volta por cima



Na partida contra a Argentina, logo no início do primeiro set, o oposto Caio errou um ataque. Ele tinha o levantador Matias Sanchez, de 1,73m na paralela, mas buscou a diagonal. Errou. Na hora, o técnico Leonardo Carvalho chamou Madaloz e fez uma troca simples.  Deu uma bronca em Caio, que acenou com a cabeça admitindo o erro.

A volta por cima de Caio aconteceu 24 horas depois. Ele foi o maior pontuador na vitória por 3 a 1 sobre a Eslovênia. Marcou 22 pontos, 18 deles no ataque.

Caio no ataque diante da Eslovênia (FIVB Divulgação)

Caio no ataque diante da Eslovênia (FIVB Divulgação)

– Foi muito difícil sair da quadra. Antes dos jogos eu penso bastante nas coisas que tenho de fazer. Ali ele pediu uma estratégia, que era explorar o jogador mais baixo e eu fiz errado. Ele estava certo em me tirar. Foi até bom para eu pensar e refletir. Na noite após aquele jogo eu fiz a mesma coisa e voltei acreditando que poderia melhorar contra a Eslovênia.

Caio é o melhor brasileiro na lista dos atacantes mais eficientes. Aparece em sétimo lugar no geral, com 49,48% de eficiência. O melhor é o polonês Lipinski, com 60%. Entre os pontuadores é o 22º com 57 acertos, três a menos do que Douglas Souza, o melhor da Seleção, em 16º.

A volta por cima do oposto também foi comemorada pelo capitão do Brasil.

– Caio tem função importante, é minha bola de confiança, também saca bem e aparece no bloqueio. Tem sido excepcional no ataque – elogiou o levantador Fernando Cachopa.



MaisRecentes

Joelho afastará Gabi das quadras



Continue Lendo

As primeiras transmissões da Superliga na TV



Continue Lendo

Vaivém: Thaisa jogará a Superliga



Continue Lendo