Após mais de 3h de cirurgia, Natália retira tumor da canela



Segundo a assessoria de imprensa da Unilever, a ponta Natália passa bem após a segunda cirurgia a que foi submetida, nesta terça-feira, para a retirada de um tumor benigno na canela esquerda.

Na avaliação do médico da equipe carioca,  Ney Pecegueiro, que acompanhou o procedimento realizado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, a operação foi um sucesso.

– Tudo transcorreu dentro do previsto. Foi feita a ressecção do tumor e colocado enxerto ósseo no local. O osso foi fixado com haste de titânio, o que permitirá melhor reabilitação e ajudará a evitar fratura. O material retirado será encaminhado para exame histopatológico – explicou Ney Pecegueiro.

A previsão é de que Natália permaneça no hospital até sexta-feira. A partir do dia 4 de janeiro, a jogadora deverá ter o acompanhamento de Pecegueiro, no Rio. A ponteira será reavaliada mensalmente pelo cirurgião Reinaldo Jesus Garcia. A atleta ficará 15 dias sem colocar o pé no chão para ajudar no processo de cicatrização óssea.

A primeira cirurgia na canela esquerda de Natália, para retirada de um tumor benigno, foi feita em junho, quando a jogadora servia a Seleção Brasileira. Ela vinha se recuperando bem, mas o tumor acabou voltando.



  • emanuella

    nossa parece mais grave do que eles deixam passar, melhoras a ela e muita paciência nessa recuperação.

  • Raffael

    Tenho a leve impressão de que a Natalia não vá pra Londres. PP4 passou por problemas antes do mundial de 2010 e o ZRG preferiu levar uma jogadora “inteira” e poupar a Paula. Parece que vamos de Jaque, Mari, PP4, Garay e Sassá nas pontas, com apenas uma oposta de origem no elenco (Sheilla)

  • lucas

    Daniel vc não vai comentar sobre a Champions League ?
    A Fabiana tá arrasando lá no Fenerbahce , no jogo de hoje contra o Rabita Baku , ela fez 9 pontos de bloqueio e nas estatistica da CEV é a maior bloqueadora da liga até agora!

    • Daniel Bortoletto

      admito que não sabia, Lucas
      pelos números, atuação fantástica da Fabiana mesmo

    • Afonso (RJ)

      Os jogos da Champions League estão sendo transmitidos pela Band Sports. O problema é que a emissora não disponibiliza a grade de programação na internet. Pelo menos eu não encontrei. Então, não dá para nos programarmos para assistir aos jogos. Vi uns dois jogos na base da sorte, porque estava zapeando na hora. Se alguém souber com antecedência os horários das transmissões, eu ficaria bastante grato se postassem aqui.

      • lucas

        Hoje agora 15:00 rsrs está ´passando Dinamo Moscou contra Beograd!
        amanha tem um do Villa Cortese as 14:00hrs

  • Simone Gomes

    Deus abençoe a Natália e de uma boa recuperação para ela.
    Gosto muito dela!

  • Maria Tereza

    Melhoras Natalia que sua recuperação seja rápida a seleção precisa muito de vc FORÇA

  • Alan Nascimento

    Desejo sorte a Natalia, agora a ausência desta jogadora é um problema sério para o Rio de Janeiro, o time é o 11º nas estatisticas de passe (nenhuma novidade até aqui)
    o que é ruim mesmo de acreditar é que Rejiane vai jogar de titular um super liga inteira
    um azar enorme do Rio de Janeiro, não se sorte dos outros times, até por que Natalia ainda teria que passar para poder melhorar as coisas neste time, no mais o Rio ainda é um timão, só não é grande favorito da super liga ainda fico entre Sollys e VF.

  • Ana

    Sempre soube que o corpo da Natália não aguentaria muito tempo. Ela tem biotipo de jogadora de handebol, não de vôlei. Uma jogadora de vôlei com quase 90 quilos, em alto nível, é loucura. Só não imaginei que seria tão cedo. Uma “simples” cirurgia na canela lá leva mais que a da Mari no joelho.

    E o diamante nem foi lapidadado ainda. rs

    • jr

      Cara Ana, seu comentário não tem fundamento, pois o problema da Natália foi um tumor na canela, não foi lesão, nem problema na perna ou joelho como aconteceu com Mari e com muitas atletas magrinhas do voley e nunca aconteceu com Natália. Isso mostra que o biotipo dela é sim resistente e bom para o vôley, agora o tumor tem nada a ver com a atividade do vôlei. Antes do tumor, ela estava muito bem fisicamente. Se fosse por isso, no vôlei masculino os atletas não estariam cada vez mais fortes e grandes. Se acreditarmos no físico dela, vamos manter a esperança de que virá uma jogadora para tentar melhorar a situação da seleção feminina de vôlei do Brasil.

MaisRecentes

Joelho afastará Gabi das quadras



Continue Lendo

As primeiras transmissões da Superliga na TV



Continue Lendo

Vaivém: Thaisa jogará a Superliga



Continue Lendo