Após cinco sets, Sada/Cruzeiro bate Sesi e está na final



Foi um jogo digno de final em São Caetano do Sul. Cinco sets, quatro deles terminados com a diferença mínima de pontos, grandes jogadas, craques dos dois lados da rede. Aquela típica partida que poderia acabar empatada, por mérito dos dois times. Mas apenas um poderia sair sorrindo do ginásio e esse foi o Sada/Cruzeiro.

Vitória por 3 a 2 sobre o Sesi para garantir os mineiros em mais uma decisão de Superliga, no dia 10, em Brasília.

Douglas Souza encara o bloqueio celeste (Divulgação CBV)

Douglas Souza encara o bloqueio celeste (Divulgação CBV)

Para ser justo com os dois lados é preciso citar, logo de cara, um polêmico lance na reta final da partida. Com o placar marcando 10 a 8 para o Sada, a arbitragem não marcou uma condução clara de Leal na tentativa de recuperar uma ação de bloqueio do Sesi. A jogada seguiu, os mineiros pontuaram e abriram três pontos. Deveriam, caso o árbitro Paulo Turci tivesse marcado, ter ficado apenas um na frente. Não dá para dizer aqui que os paulistas virariam o tie-break. Mas um erro pesa demais, principalmente no psicológico do time prejudicado. Também não dá para dizer que o erro sacramentou o 15 a 10 que fechou o jogo.  Mas o Sesi tem direito de reclamar.

Falha da arbitragem à parte, o confronto foi equilibradíssimo, digno dos nomes que estavam dos dois lados da quadra. Murilo fez um bom playoff, mais confiante no ataque. Wallace, apesar de ter levado alguns bloqueios, foi o maior pontuador do duelo e ainda eleito o melhor em quadra. Os Serginhos são ícones da posição de líbero. O jovem Aracaju marcou aces em momentos decisivos de dois sets, mostrando coragem e competência. E por aí vai…

Só não dou nota máxima para o espetáculo pois parte da torcida do Sesi passou todo o jogo gritando “Bicha!” a cada saque feito por jogadores do Cruzeiro. Um vício, ou melhor, um crime, inspirado em torcidas de futebol que repetem o mesmo xingamento após tiro de meta batido por um goleiro. Ridículo! Patético! Deplorável!



MaisRecentes

Minas e Dentil/Praia Clube conhecem rivais no Mundial



Continue Lendo

Nova TV, papo com arbitragem e descontração: a apresentação da Superliga



Continue Lendo

Veja como seriam hoje os grupos do Pré-Olímpico para Tóquio-2020



Continue Lendo