Apoio palmeirense ajuda Montes Claros a bater o Corinthians



A fanática torcida do Montes Claros ganhou o reforço de dezenas de palmeirenses uniformizados na partida deste sábado, no Ginásio Tancredo Neves, contra o Corinthians/Guarulhos, pelo returno da Superliga Cimed Masculina. E a união ajudou no triunfo dos “alviverdes” mineiros sobre o Timão no tie-break, parciais de 25-23, 24-26, 21-25, 26-24 e 15-13.

Em vários momentos do equilibrado duelo o ginásio parecia um estádio de futebol, com as músicas entoadas de lado a lado pelos torcedores palmeirenses e corintianos. Quem esteve no local garante que o clima, porém, foi pacífico.

Esse é um ponto importante a ressaltar. A presença cada vez maior de times de futebol no vôlei (Cruzeiro e Corinthians na Superliga A, Botafogo na B, por exemplo) não tem representado aumento de violência nos ginásios. O público acostumado a ir aos jogos agradece.

O triunfo foi um resultado muito importante para os mineiros, ainda sonhando com a classificação para os playoffs. Montes Claros soma agora 13 pontos, na nona colocação. Já o Corinthians ocupa o oitavo lugar, o limite para avanço para as quartas de final, com 20.

Presença da torcida do Palmeiras em jogo do Corinthians para torcer por Montes Claros (Divulgação)

A confiança de Montes Claros, o popular Pequi Atômico, aumenta com a má fase corintiana. No segundo turno, o time paulista perdeu os quatro jogos disputados. Na próxima rodada, os mineiros jogarão em Campinas contra o Vôlei Renata, na sexta-feira, enquanto o Corinthians enfrentará o lanterna Copel Telecom/Maringá, em Guarulhos, na quinta.

O argentino Lisandro Zanotti foi eleito o melhor em quadra e ganhou o Troféu VivaVôlei Cimed. Ele marcou 27 pontos, um a mais do que o oposto Lorena.

Pelo lado corintiano, o oposto Rivaldo e o central Luizinho anotaram 16 pontos cada. O líbero Serginho Escadinha e o central Sidão desfalcaram a equipe.

 



MaisRecentes

Copa altera o status da Seleção Brasileira masculina



Continue Lendo

Coluna: Vale prestar atenção na vizinhança



Continue Lendo

Coluna: Já esperava ver a Seleção em outro patamar



Continue Lendo