Apenas uma Kim não faz verão



A Coreia tem Kim, a melhor ou uma das três melhores jogadoras do mundo na atualidade. Infelizmente para o país asiático, apenas uma Kim deste calibre é pouco para enfrentar o Brasil.

No Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo, os 16 acertos da ponteira, todos no ataque, não impediram a tranquila vitória brasileira por 3 sets a 0, parciais de 25-16, 25-12 e 25-15.

No primeiro set, a Coreia chegou até a assustar, abrindo vantagem no início. Logicamente, impulsionada por Kim, que terminou a parcial com oito acertos. Mas, depois de um começo intranquilo, o Brasil entrou no jogo. E com Sheilla bem (dez pontos, todos de ataque), algo que não foi visto na etapa italiana, na semana passada. A oposto esteve bem mais consistente no ataque e ajudou a virar bolas importantes, até a equipe passar a dominar as ações.

Na segunda parcial, quem apareceu bem no ataque foi Fernanda Garay (maior pontuadora da Seleção com 15 acertos). E foi ficando cada vez mais complicado para Kim fazer a diferença, já que estava com uma marcação mais precisa do bloqueio e da defesa. Tanto que marcou menos pontos: cinco. O jogo ficou fácil e chegou a dar sono após alguns erros coreanos.

Além de Sheilla e Garay bem no ataque, o Brasil tinha Thaisa inspirada no bloqueio. Foram oito, de um total de 13.

E quando o conjunto está bem, o resultado de reflete no placar. Quarta vitória em quatro jogos, liderança e invencibilidade mantidas.

Sábado e domingo, contra Rússia e Estados Unidos, às 10h, espero jogos mais apertados.



MaisRecentes

Vaivém: Abouba espera aproveitar chance da vida no EMS/Taubaté



Continue Lendo

Vaivém: Arlene, com 48 anos, segue em atividade no Sesi Bauru



Continue Lendo

Vaivém: Sada/Cruzeiro emite nota oficial sobre situação de Simon



Continue Lendo