Apenas um mandante cumpre “obrigação” no sábado



Jogar em casa não representou muito benefício nos jogos de sábado da Superliga masculina. Apenas um de cinco mandantes venceu na rodada.

O Minas recebeu o Montes Claros em Belo Horizonte e ganhou de virada por 3 a 1: 20-25, 27-25, 25-22 e 26-24. Com justiça, o central Flávio ganhou o prêmio de melhor da partida.

– Foi um jogo difícil. Estreia em casa, contra um adversário que a gente já conhece, mas que tem grandes jogadores. Perdemos o primeiro set e estava faltando vontade, alguém para chamar o time. A nossa equipe é jovem, e, por isso, tivemos muitos erros que nos prejudicaram. Mas, hoje, o diferencial foi a determinação para buscar a vitória. Queríamos mostrar para o nosso torcedor que estamos preparados para essa Superliga, que está bem disputada – comentou Flávio.

Ataque de Flávio pelo meio (Orlando Bento/Divulgação)

Os favoritos ao título Sada/Cruzeiro e EMS/Taubaté foram até o Paraná e conquistaram vitórias em quatro sets. Depois de uma maratona aérea, uma noite no aeroporto e 18h para completar a viagem, o time de Marcelo Mendez superou o Copel Telecom/Maringá com parciais de 25-18, 15-25, 25-19 e 25-16.

– Foi um jogo muito difícil para nós, pelas circunstâncias em que chegamos a Maringá. Nunca disputei uma partida nesse tipo de situação, sem sequer ter treinado antes no local. Mas foi importante ver o quanto o time reage a essas dificuldades. Entramos em quadra para dar o nosso máximo. O time deles soube jogar, fez pressão quando podia, então foi uma boa partida. A nossa equipe não sacou muito bem, mas foi encontrando o melhor ritmo ao longo do jogo. O mais importante era sair daqui com a vitória, independentemente de qualquer placar – analisou Isac.

Já a equipe de Daniel Castellani passou pelo Ponta Grossa/Caramuru em situação bem parecida: primeiro set tranquilo, derrota no segundo e reação na sequência: 25-16, 23-25, 25-20 e 25-14.

Destaque para o equilíbrio nas estatísticas: Wallace, Lucarelli e Solé fizeram 18 pontos cada. O sérvio Ivovic foi titular no segundo set e teve dois acertos.

Já Sesi e Vôlei Renata venceram ser ceder sets. O time da capital passsou pelo Lebes/Canoas com parciais de 25-15, 25-20 e 25-17. Renato marcou marcou 11 pontos e foi eleito o melhor em quadra. Já a equipe de Campinas derrotou o Juiz de Fora, em Minas, parciais de 25-14, 27-25 e 25-17, com 12 pontos de Leandro Vissotto. Mão ganhou o VivaVôlei.

 



MaisRecentes

Não sei em quem apostar na Superliga feminina



Continue Lendo

Coluna: Um por todos, todos contra Taubaté na Superliga?



Continue Lendo

Caramuru usa artifício jurídico para jogar a Superliga



Continue Lendo