Apanhadão da sexta: Fernanda vai treinar, Paula assaltada, zebrinha na Liga…



Como o tempo está escasso, madrugada virou hora de dar uma repassada nas notícias. Comentem à vontade.

–  A levantadora Fernanda Venturini volta a encarar uma rotina que não tinha havia mais de três anos: os treinos. Nesta segunda-feira, a Unilever dá início ao treinamento com bola na Escola de Educação Física do Exército (Esefex), na Urca, zona sul do Rio de Janeiro.

“Vou começar devagar para ver como eu me comporto. É um início gradual, sem pressa. Temos muito tempo de preparação até a Superliga” afirma a jogadora, que, desde que aceitou o convite para voltar às quadras pela Unilever, em maio, intensificou a preparação física.

– A ponta Paula Pequeno revelou, pelo twitter, ter sido assaltada no Shopping Leblon, no Rio de Janeiro. Segundo ela, pertences da família  que estavam no carro foram roubados. Ela desabafou:

“Tomem providencias aí né minha gente…pelo amor de Deus. Façam bom proveito, gastem meu dinheiro, usem minhas roupas, eu é que não estou louca de me importar com isso…nada disso…”, escreveu a atleta, que logo ganhou solidariedade de vários atletas.

– Pelo grupo do Brasil na Liga Mundial, os Estados Unidos perderam um set, mas derrotaram Porto Rico, fora de casa, parciais de 24-26, 29-27, 25-17 e 25-17. Como sempre, Stanley e Priddy lideraram o time, com 20 e 19 pontos, respectivamente.

– Pelo Grupo C, a Finlândia aprontou para cima da Sérvia, vencendo em Belgrado por 3 a 1, de virada (25-27, 26-24, 25-20 e 27-25). Os fãs do Esko podem me zuar (rs). Já os argentinos derrotaram, como visitantes, Portugal em sets diretos (25-21, 25-19 e 25-20). Na classificação, Argentina lidera com seis pontos, seguida por Portugal (5), Finlândia (4) e Sérvia (3).

– Para encerrar, pelo Grupo B, a Rússia manteve o aproveitamento de 100% ao bater a Alemanha por 3 a 0, mas com parciais bem apertadas (29-27, 25-23 e 25-23) .



  • Rafael

    Talvez seja preconceito da minha parte. Morei um ano no Rio, nao me identifiquei com a cidade (ate ai td bem), mas sempre espero algo de ruim de lá. Pena, pois e uma das cidades mais importantes do Brasil

  • Vitor

    Ansioso pra ver a Fernanda em quadra novamente. Ela adquirindo a forma ideal, claro que respeitando os limites, será decisiva. De início fui contra, mas agora não vejo a hora de vê-la com Sheilla, Mari e Natália.

    Lamentável o que aconteceu com a Paula, mas infelizmente é a realidade do Rio hoje. Isso porque o carro estava no estacionamento de um shopping em um dos bairros mais nobres da cidade. Um absurdo!

    A Sérvia que sempre esteve entre os favoritos vem decepcionando ano após ano. E agora sem Gbric e Miljkovic fica ainda mais complicado. E quanto ao Esko, Daniel, falou cedo demais, hein ?! Acontece. haha

  • Adriano

    Haha, boa, Daniel! Também lembrei do nosso pequeno debate no outro post quando soube da vitória surpreendente da Finlândia sobre a Sérvia…

    Go, Esko! Hahaha…

  • Simone Gomes

    Estou até imaginando a Fernanda Venturini tomando bronca do maridão ao vivo na TV.
    Brincadeirinhas a parte, coitada da Paula.
    Já fui assaltada a mão armada, com um revolver apontado p/ minha cabeça aqui em Araçatuba, cidade de 180 mil Habitantes, imagina no Rio de Janeiro, centro de compras com pessoas da alta sociedade circulando.
    Não é fácil não minha gente. Ainda bem que ela não sofreu ameaça.

MaisRecentes

Minas espera Hooker ainda em outubro



Continue Lendo

Vaivém: Vôlei Nestlé confirma apresentação de peruana



Continue Lendo

Vaivém: Polonesa é esperada em Barueri



Continue Lendo