Alison/Emanuel vencem em palco olímpico na prévia do Mundial



Boa notícia da praia. Enquanto no feminino nenhuma dupla do Brasil avançou à semifinal do Grand Slam da China, válido pelo Circuito Mundial de vôlei de praia, no masculino a história foi bem diferente.

Vitória brasileira na arena olímpica de Pequim. Com excelente atuação no tie-break, Alison/Emanuel venceu Brink/Reckermann (Alemanha) por 2 a 1 (parciais de 15-21, 21-19 e 15-8), de virada, na arena de Chaoyang Park Beach, e conquistou o título invicto da etapa. Ao citar esses nomes lembro das idas ao local em 2008, durante a Olimpíada. Infelizmente, sem ouro para as duplas verde-amarelas.

Esta foi a terceira final em quatro etapas da temporada internacional (Pequim/China, Praga/República Tcheca e Brasília/Brasil) e o segundo título consecutivo (venceram em Praga), resultado levou Alison e Emanuel aos 2.180 pontos, ‘colando’ nos líderes do ranking, Rogers e Dalhausser (EUA), que somam 2.220 pontos.
 
– Estou muito feliz, não só pelo título, mas pela intensidade com que estamos jogando. O Alison foi muito bem hoje, me colocou no jogo e nos recuperamos diante de uma dupla forte, de qualidade, forçando eles ao erro e fazendo um tie-break muito bom. É muito bom voltar a Pequim e subir ao pódio novamente, esta arena já era especial para mim por causa da medalha olímpica, agora ficou ainda mais especial com essa medalha de ouro – comentou Emanuel, dono de duas medalhas olímpicas (ouro em Atenas-2004 e bronze em Pequim-2008).

A etapa foi uma prévia para o Campeonato Mundial, que tem início nesta segunda-feira. Os brasileiros são cabeças-de-chave número 2, estão no Grupo B e só entram em quadra na próxima terça-feira, dia 14, para enfrentar Lochhead/Pitman (Nova Zelândia). Na mesma chave estão ainda Soderberg/Hoyer (Dinamarca) e Babich/Ioisher (Ucrânia). A final será no dia 19.



  • tigrao

    EMANUEL e’ um dos jogadores mais completos que ja’ vi jogar, se destaca em todos os fundmentos, mas o que mais impressiona e’ sua versatilidade, principalmente no ataque, o GIGANTE ALISON complementa o time fazendo um paredao na rede, e p/ o tamanho dele, apresenta agilidade de sobra.
    A dupla dos PEDROS(cunha e salgado) e’ outra que da’ gosto ver jogar, sao muito tecnicos e apresentam sempre um voleibol muito bonito. O volei de praia masculino esta’ muito forte e as duplas europeias evoluiram muito, nesse campeonato mundial que sera’ disputado em ROMA, vale a pena prestar atencao nas seguintes duplas que junto aos BRASILEIROS podem estar no podium: os irmaos ITALIANOS que jogam em casa INGROSSO/INGROSSO, so SUICOS BELLAGUARDA/HEUSCHER, os espanhois COLADO/HERRERA, os irmaos franceses CES/CES e os holandeses NUMERDOR/SCHUIL dentre outros.

MaisRecentes

Minas espera Hooker ainda em outubro



Continue Lendo

Vaivém: Vôlei Nestlé confirma apresentação de peruana



Continue Lendo

Vaivém: Polonesa é esperada em Barueri



Continue Lendo