Alguém ainda duvida do Minas?



Nesta semana, resolvi elogiar o Camponesa/Minas após a vitória sobre o Pinheiros (o post está aqui: http://blogs.lancenet.com.br/volei/2015/01/21/com-jaqueline-e-mari-paraiba-em-alta-minas-comeca-a-incomodar/). Como prêmio, recebi alguns elogios impublicáveis (foram parar na lixeira). Será que eles voltarão a ser postados após o 3 a 1 das mineiras sobre o Molico/Osasco?

Minas em alta (Divulgação Alexandre Arruda)

Minas em alta (Divulgação Alexandre Arruda)

O Minas vive momento iluminado na competição, queiram alguns admitir ou não. E não é preciso ir longe para fazer a análise. Vejam a tabela: no returno, o time de Marco Queiroga fez três jogos, vencendo Dentil/Praia Clube, Pinheiros e Molico, quinto, quarto e terceiro colocados na Superliga, respectivamente. Na sequência, vai duelar somente com Sesi e Rexona-Ades, os líderes. Já sairá no lucro antes de ter uma série, em tese, bem mais fácil. Se beliscar mais um triunfo contra os dois favoritos vai ficar em posição mais confortável para roubar o lugar de alguns dos rivais já batidos anteriormente (atualmente Minas é o sexto, com 27 pontos, três a menos do que o Praia, cinco atrás do Pinheiros e, quem diria, sete do instável Molico).

Esta série positiva foi possível com a arrumação do time feita por Queiroga, já citada no post anterior. Vale lembrar que no primeiro turno, nesta mesma sequência de jogos, o Minas levou cinco 3 a 0 e era lanterna da Superliga. Chegou Jaqueline, o técnico fixou Naiane no levantamento, apostou numa formação com três pontas e a história começou a ser escrita.

Contra o Molico, o Minas foi inteligente no saque, minando (sem trocadilho) set após set a linha de passe paulista. Chegou a um ponto do jogo que Luizomar, depois de usar todas as opções mais lógicas com Samara e Gabi, deixou a oposto Ivna passando, ao lado de Mari e Carcaces. E nenhuma das formações, diga-se de passagem, deu segurança para Diana armar as jogadas (Dani Lins, se recuperando de lesão, fez apenas uma passagem no primeiro set).

Diferentemente do jogo anterior, Mari Paraíba e Jaqueline não lideraram o time na pontuação. Carla, jogando como oposto apesar da baixa estatura, foi a maior anotadora, com 22 pontos, todos no ataque. Se não se destacaram tanto assim na pontuação, a dupla de musas deu muito volume de jogo ao Minas, além de segurança de sobra ao passe.

Vale destacar ainda a maturidade mostraram pelas jovens Naiane (já citada aqui e no outro post) e Laís, líbero eleita a melhor em quadra. Apenas 20 e 18 anos, respectivamente, e candidatas a revelações da competição.

Por fim, um comentário sobre o Molico. Já são sete pontos atrás de Sesi e Rexona-Ades, os líderes. Pensar na primeira posição já parece utopia. Luizomar precisa achar uma formação titular consistente para este returno, para chegar aos playoffs no nível que se espera de um time cheio de estrelas.



  • Renan

    Quem disse que a Jaque não resolve o problema. Ela consegue estabilizar a seleção o que dirá do Minas. A Jaque é sem dúvidas a jogadora mais completa e uma das melhores do mundo.

  • Mari

    Que jogo do Minas!!
    Foi consistente o tempo todo!! No terceiro set achei q elas dariam mole e o Molico viria matando no 4 set, mas eis q elas voltam a jogar redondinho e minaram mais uma vez o time do Molico.
    O time do Molico parece q foi montado na filosofia do Rexona, barato e com poucas jogadoras boas mesmo, mas o Luizomar não é o Bernardinho e acho difícil ele conseguir mt coisa com esse time….mas vamos ver…
    Visivelmente o time peca pq a Diana não sabe jogar com as centrais….e a Camila Brait não assume a linha de passe…vai ser difícil pq o time só tem ponteiras instáveis, nem a Samara q não pontua e a Gabi são confiáveis tb. Pra mim a formação ideal seria a Carcaces de oposta, a Mari e a Gabi de ponteiras com a Ivna entrando nas inversões, seja com quem for. Do jeito q o Molico tá jogando não entendi ate agora como ganharam o Torneio de Montreux.
    O Minas acabou se dando bem com a Naiane, quando vi um jogo do time com a Camila Torquete logo pensei….não vai a lugar nenhum…mas essa menina é abusada e tem um toque mt bom, pra mim ela e a Macris são as melhores levantadoras dessa SL. Se elas vão levar o time delas longe aí são outros 500.

    • klaus

      Camila Torquete é uma enganação como levantadora.É horrível.Comete dois toques a todo momento e é muito imprecisa.Aliás,Camila, Karine, Ana Maria são todas levantadoras muito ruins.

      • Manuel Nóia

        Até por isso nunca mais foi relacionada pelo Queiroga, que prefere Naiane e Jordane do que ela.

    • Paulo

      Camila Brait anda fazendo milagre no Molico. Ela sozinha não tem condições de assumir o passe, tinha que ter uma ponteira mais estável pra ajudá-la. Não diria uma exímia passadora como a Jaque, mas um mediana já ajudaria bastante. O erro do Molico e desde o início muita gente vem falando nisso foi a formação do elenco. Mesmo com Dani Lins o time nunca jogou o fino da bola. Dani é uma levantadora que depende muitíssimo do passe A, assim a linha de passe tinha que ter pelo menos duas excelentes passadoras e, nessa categoria o elenco inteiro só tem a Brait.
      Quanto ao Minas, fico extremamente feliz em ver um clube com tanta tradição no esporte recuperar o bom voleibol que já havia apresentado. Jaque prova que é uma jogadora diferenciada: atingiu a maturidade e ainda tem muita lenha pra queimar. Com certeza é a jogadora mais completa da atualidade e pode entrar pra história como uma das mais completas da história do volei nacional. Não sei se seria devaneio da minha parte, mas como agora aprendeu a atacar também, podemos colocá-la no mesmo patamar de Ana Moser?

  • Acho que o MTC voltou ser um time competitivo,um time que já teve em seu plantel uma seleção na época do MRV não poderia deixar sua tradição de revelar e ter no elenco grandes atletas.Gostei muito da levantadora Naiane tem muito talento e visão de jogo.O que faltava pro minas era confiança,era motivação e com a chegada da Jaqueline isto aconteceu.Acho que foi a grande tacada do clube.

  • Lilika

    Osasco deve estar sentindo falta de Sanja e Caterina….Dani Lins está fazendo falta e vou repetir novamente que não confio na Ivna…mas parabéns ao Minas pois diferente do Osasco as peças estão dando liga rs.

    • Bernardo

      Nunca que um time sentirá falta de Sanja e Caterina, elas eram péssimas. A Ivna é muito inconstante mesmo, acho até valida a tentativa de utilizá-la como ponteira, na atual fase do Osasco.

  • LUCAS

    Galera, na moral, na moral mesmo…Como o luizomar qer ganhar uma superliga com esse time? O molico, indiscutívelmente, tem talentos individuais incontestáveis, como a thaisa, a Dani lins e a Brait, porém, é muito difícil uma equipe ganhar uma competição contando c o brilho de uma jogadora ou outra. N dá. O luizomar n será um Bernardinho, o qual tira leite de pedra, ou seja, ganha superliga com times “medianos”. ISSO É FATO. Mas essa queda do Molico era previsível. O time tinha Sheila, Jaqueline e garay e tais estrelas foram substituidas por Ivna, Samara e carcaces. Ivna substituir uma das melhorea opostas do mundo….É COMPLICADO.E o técnico ainda querer colocar a samara no lugar da Jaque….É COMPLICADO. N VAI SAIR DO CANTO.O osasco só foi bem no inicio da competição pq pegou times “fracos”.Mas repito, a culpa é do tecnico e da comissão. Estão pagando pelas contratações q fizeram. N via necessidade em trazer a Dani lins.Poderiam continuar com a Fabíola.Para q a Jaqueline voltasse ao time. Essa, SIM, DEVERIA SER A CONTRATAÇAO PRIORIDADE DO TIME.Mas…
    E O MINAS TA DETONANDO. SERÁ SORTE? FASE MOMENTÂNEA? CLARO Q N! O TIME TEM PASSA, TEM DEFESA E ATAQUE REGULARES.Só acho q às vezes as centrais ficam um pouco apagadas, porém, aparecem em momentos decisivos. Hj ,vejo que o time pode , sim, brigar pelas 3 primeiras posições do torneio. Jaqueline e Mari Paraíba ,certamente ,figuram entre as melhores duplas de ponteiras da superliga, até agora.Carla vem surpreendendo e Naiane é a revelação da temporada. O Minas vem mostrando-se consistente, confiante e entrosado a cada partida. QUEIRAM OU NÃO, MAS ESSE TIME VAI CONTINUAR DETONANDO!

    • Bernardo

      A Naiane é a melhor levantadora da superliga no momento, vem se mostrando muito segura e corajosa, joga com velocidade e sabe bloquear e sacar coisa que falta as vezes para outras levantadoras. Certamente deverá ser convocada para a seleção sub-23 e no futuro para a principal.

      • LUCAS

        Exatamente. A Naiane bloqueia, ataca e saca mto bem. Faz pontos em todos esses fundamentos. Isso é um diferencial! Elogiam muito a macris e tal, mas, particularmente, acho a Naiane melhor. No final do set ele fez 2 pontos d bolas de segnda. Isso se chama coragem , visão de jogo e talento.

    • Romeu

      Concordo. A contratação da Ivna foi uma invenção de mau do técnico do Osasco, que já deveria ter sido dispensado há tempos (cinco vices na SL para o time do Rio! Pior, perdeu um campeonato, 2012/2013, quando tinha 4 jogadoras titulares da seleção brasileira, além das reservas imediatas das outras 3 titulares). Quando ela entrava na época que era reserva da Sheila já era fraquinha/irregular/não decisiva. Poderia ter trazido a Hooker ou a oposta da seleção alemã, ambas queriam vir jogar no Osasco. Poderia ter trazido a Rosamaria, pois todos, menos o técnico do Osasco, percebiam que ela tinha alto potencial. Também poderia ter contratado a Claudinha, no lugar da também fraquinha diana. A Mari é uma ex-atleta em atividade. A Samara é outra piada de mal gosto: não recepciona/defende/ataca. Se a Fabíola tivesse ficado, a Jaque poderia ter sido contratada. A Carcaces é péssima na recepção/defesa e mediana no ataque. Ou seja, o time do Osasco somente irá ficar com os títulos do paulista (só ganhou porque o São Caetano tirou o Sesi da final, se não, teríamos acumulado outra derrota para eles!) e Top Volley. Bye-bye SL 2014/2015!

      • klaus

        Concordo com vc Romeu, principalmente com relação à Carcases.Sempre achei ela mediana, não sei por que tem todo esse status a nível internacional.Hoje não dá mais pra uma ponteira ser boa somente em um ou dois fundamentos e no caso dela é boa de ataque e só, nada mais, pois não passa, não defende, bloqueia pouco e o saque que era um diferencial está horrível.

  • Osmar Cordeiro

    Grande vitória do Minas , o time se encaixou e vai incomodar cada vez mais as grandes equipes . Imagine se a equipe tivesse desta maneira desde o início poderia tá numa colocação melhor , o técnico tbem teve trabalho já que as levantadoras não estavam rendendo e a Naiane foi uma grata surpresa e cada jogo sendo mais elogiada , as opostos tbem e a líbero com Tika e Laís , tanto é que a Laís recebeu o troféu Viva Vôlei . Essa formação da Mari , Carla e Jaque acabou se encaixando , a Naiane poderia trabalhar mais bolas de meio com Wal e Gattaz , as duas jogadoras tem a china muito forte e as vezes aquela bola centralizada poderia ser usada mais . Sobre a Jaque , acho q tanto Osasco e Sesi perderam grande oportunidade de contrata-la e fico imaginando se ela tivesse acertado com o Pinheiros a máquina q o time ficaria . Sobre o Osasco , entendo que as contusões da Dani e Thaísa prejudicaram o rendimento da equipe , mas vejo muito troca troca , vai muito no improviso , a formação que o técnico insiste em Mari e Ivna juntas não dá certo , a Carcases bloqueia e ataca muito bem , as vezes é substituída pela Gabi pra arrumar o passe . Mesmo assim aos trancos e barrancos a equipe foi campeão paulista e do Top Volley , vamos ver com a equipe completa o time possa render como estava até a derrota do Sesi , mas a equipe ficou inferior em relação aos últimos anos , se não se cuidar perde a 3ª colocação pro Pinheiros ou Minas .

    • LUCAS

      Esse troca troca mostra , simplesmente, a situação de “desmantelo” q o time se encontra. A superliga já vai para a metade do returno e o Osasco ainda n encontrou a formação titular ideal.Falo das atacantes de ponta e saída. O time está instável. Só começou a superliga bem pq pegou times” fracos”. Aí eu pergunto: nessa temporada , qual é o DESTAQUE DO OSASCO, O DIFERENCIAL? Resposta: NAO TEM! SIM, N TEM. A cubana é muito boa, assim como a Thaisa, mas, sozinhas, vao carregar o time nas costas? É complicado. O fato é que o time n tem uma ponteira completa. Quando uma ataca bem, n recepciona; já quando outra faz boa recepção, nao vira bola.E d quem é a culpa? Luizomar e comissão técnica. Agora essa MER@%》…só prejudica o vôlei brasileiro.Pois se o patrocinador perceber q é o q mais investe em um time q “só erra” ..q n anda…há grandes chances de o patrocínio ser perdido ou verbas serem diminuídas para as próxima temporada. Pois ,no brasil,nenhuma patrocínio é garantido. É só lembrar o projeto de campinas o ze roberto.

  • Guga

    Ivna com sua Irregularidade de sempre, Samara instavel no Passe e no Ataque nao é precisa, só se salva a Carcaces mesmo, a Brait cobre uma area muito pequena da quadra,..

    • Bernardo

      Isso se chama erro de montagem do elenco.

    • Sidnei Gama

      E lamentável saber que o Molico podia ter recuperado a Hooker e não o fez!!!

  • Bernardo

    A esperança pro Osasco é a volta da Dani pq as centrais não conseguem jogar com a Diana, até pq o levantamento dela para a Thaisa fica sempre baixo. Agora a questão de diferença da pontuação não quer dizer nada, o próprio Molico na temporada passada terminou invicto na fase de classificação e foi eliminado nos play offs. Assim como o Sesi cresceu no segundo turno da superliga passada o Osasco pode com a volta da Dani crescer de produção e ser candidato ao título, até pq não existe um super time no Brasil. Quanto ao Minas quero ver a atuação contra o Sesi que é o time mais completo no passe, ai podemos ter real certeza até onde vai este time, eu aposto que chega nas semis.

  • Bernardo

    Pensando num jogo das estrelas, que não existe, pra mim as melhores do primeiro turno foram:

    Opostas: Rosamaria; Bárbara; Tandara; Ana Paula
    Levantadoras: Fofão; Carol Albuquerque; Macris e Naiane
    Líberos: Brait; Léia; Fabi; Verê
    Centrais: Thaisa; Fabiana; Roberta; Mara; Bia; Carol
    Ponteiras: Jaque; Ellen; Natália; Gabi; Suelle; Mari Helen

    • Daniel Bortoletto

      bom exercício para fazer, Bernardo

  • LUCAS

    Hj o sesi é time completo. Entrosado.regular.Mas, as ponteiras e iposto nao são extraordinárias. A única q pode desequilibrar é a fabiana e a bia. Portando , acho q esse jogo será bem diferente do q foi visto na Copa Brasil. Espero q seja. Até pq a dupla de ponteiras do minas é melhor q a do Sesi. A oposto do minas tbm é melhor. É ter cuidado no bloqueio do sesi. E é o minas bloquear mais,tbm.

  • Daniel, beleza essa sua análise. Apenas uma correção: o time que você chamou de Unilever voltou a se chamar Rexona-AdeS nesta Superliga.

    • Daniel Bortoletto

      lapso corrigido

  • Sobre o que tu disseste de “elogios” depois da análise de ECP(2)x(3)CMT, relaxa; são torcedores osasquenses recalcados que não enxergam a decadência do time e a ascensão de outros, como Sesi-SP, Pinheiros e Minas. Eles ainda não aprenderam a lição depois do tombo que o time deles levou na semifinal diante do Sesi-SP. Isso já está ficando chato, tá parecendo briga de torcidas de futebol.
    Decepção tá sendo o Praia Clube; com o time que tem, deveria ao menos estar brigando pela 2ª posição da Superliga.

  • Michel Pereira de Oliveira

    Definitivamente o Minas engrenou. A formação da equipe com 3 ponteiras tem surtido um efeito muito positivo. Além da competência do técnico, considero que Jaqueline e Naiane merecem o crédito. A primeira pelas diversas qualidades citadas (passe, defesa e inconteste crescimento no ataque). A segunda, pela ousadia e dinâmica nos levantamentos; junto a Macris figura como ótima promessa pra seleção.
    Quanto ao Osasco, infelizmente tá dando dó ver meu time [não jogar]. Diante das contusões e inúmeras formações que se seguiram, acho que poderiam apostar em Ivna ou Gabi + Mari (a consertadora das jacas) como ponteiras e Carcaces como oposta. Camila precisa assumir mais o passe, não sei se é só impressão minha, mas, a titularidade na seleção veio acompanhada de um certo declínio jogando pelo clube. Enquanto os levantamentos de Diana (uó) continuarem mais baixos que a altura da rede é impensável contar com a efetividade de Thaísa e Adenízia no ataque. Quanto à comissão técnica e ao intocável pseudo técnico, já perdi as esperanças de qualquer substituição; não será surpresa se na próxima temporada a Nestlé desistir de patrocinar a equipe (tal qual o Finasa o fez após os inacreditáveis insucessos com esse técnico fajuto) e novamente vermos o Osasco em busca de patrocinador, mas, mantendo Ruinzomar no comando.

    • klaus

      Michel , já disse isso em inúmeros comentários.O problema é o técnico que é muito incompetente.Ele pode ser boa gente, ser querido pelas jogadoras, mas acho que só isso não basta pra segurar um patrocínio tão grande como o da Nestlê.Quanto aos levantamentos da Diana, eu concordo que estão baixos mesmo, mas no caso da Adenízia não é só isso, ela está muito mal no ataque, sem potência e isso já vem de um bom tempo.Ela só se salva no bloqueio e olhe lá.

  • Arlindo

    Daniel, você sabe como está o andamento da recuperação da Monique?

    O Sesi tá dando liga com a Bárbara de oposto, mas a Monique sem dúvidas faz falta pra equipe também.

  • Carlos

    Alguém aí falou o que eu também penso: pra quê o Osasco trouxe a Dani Lins e desperdiçou a chance de fechar com a Jaque ou a Garay? Se na temporada passada as pontas já foram o grande drama do time, então era óbvio que a segunda jogadora de 7 pontos do time tinha que ser uma ponteira!
    Outra coisa: só o Luizomar não enxerga que a Mari e a Gabi são as melhores ponteiras do time? Claro que o Osasco não tem mais ambição nenhuma nessa temporada, mas a formação menos ruim que pode ser escalada é com Carcases de oposta e Mari e Gabi nas pontas.
    Carcases não pode ser ponteira: deve ser a pior passadora da Superliga! Até a Régis passa melhor!
    Samara: não está ajudando no passe e não consegue botar uma bola no chão no ataque.
    Ivna: só toco ou balão. Devia ter tentado a carreira como central, pois seu melhor fundamento é o bloqueio. É alta, forte e salta bastante, mas não sabe atacar nas pontas.

    Para a próxima temporada é preciso dispensar quase todo mundo e remontar o time do zero.

    Por que essa mania de ter jogadoras no elenco que nunca jogam? Por que o Luizomar levou pro jogo com o Minas três levantadoras se só usou uma? A terceira levantadora serve pra quê? Olha o exemplo do Minas, que descobriu na terceira levantadora a sua melhor opção! Por que não arriscar? A Diana parece o tempo todo que está cansada.

    Sobre o Minas: as provas de fogo serão os jogos com Sesi e Rexona. O Praia está uma decadência com aquele técnico que também não sabe escalar o time, o Pinheiros foi pro jogo contra o Minas cansado dos dois jogos duríssimos na Copa Brasil (jogou sexta e sábado em Cuiabá, em um calor infernal, e na terça já teve que jogar com o Minas; provavelmente, quem bolou as tabelas não achava que o Pinheiros fosse longe na Copa Brasil) e o Osasco é um time completamente perdido, então ainda temos que ver os dois próximos jogos pra medir a força desse time.

  • LUCAS

    HOOKER! ELA Q DEVERIA TER VINDO PARA O OSASCO! Ela se ofereceu para voltar, todo mundo sabe. E como é que um técnico abriu mão disso? Na moral…tudo bem q ela poderia até está sem ritmo de jogo, e, justamente, por isso eles poderiam a ter contratado.Pois, como ela n estava tão em alta, provavelmente, cobraria uma valor menor para jogar em Sao paulo. E o Luizomar, mesmo q n a usasse como titular, mas a deixaria na “reserva”, e a colocava no time aos poucos. Com certexa, se isso tivesse acontecido, hj, o molico seria outro time. N podemos esquecer o q a hooker fez naquela final, em 2012. Virou todas as bolas. O q podera acontecer é o seguinte, sem ser pessimista: Osasco ficará fora da final (n tem ELENCO/EQUIPE p ser campeão, na moral, essa é a real); Lara, voltará retorna pa o Pinheiros, pq lá ela jogava, diferentemente do q acontece em Osasco; Thaísa, adenizia , camila brait e gabi continuam; diana e carcaces , acho q são dispensadas; samara, acho q n fica, a na ser p ser banco . Dani lins, acho q luizomar abre mao, p trazer outra jogadora de nível 7.Ivna, se ficar, é p ser banco, pq oposta titular…COMPLICADO. E MARI, acredito q se ela seguir nesse mermo nnível, sem comprometer o time, deve ser requisitada para ficar,n sei se como titular, pq até agora n mostrou potencial p isso. Se o Molico caminhar do jeito q vai…tal “previsão” faz sentido, diante de uma temporada instável e ruim.E , d boa, se bobear, o Rio leva de novo essa temporada.

    • Lucas Costa

      Concordo xará. abçs assino embaixo beijos.

    • Michely Parreira de Aliviera

      O meu time (o Minas lógico) será o campeão dessa SL, e acabará com essa panelinha sem graça do Molico (esse já está a 7 palmos pra baixo da terra) e do Rio (esse logo capenga).

  • “Doidinha por vôlei”

    Lembram-se do que escrevi aqui neste blog lá atrás quando a Superliga estava ainda em seu começo. Pois é isto foi ainda sem a Jaqueline e eu já acreditava no time do Marco Queiroga, excelente técnico que com as experientes Mari Paraíba, Walewska, Carol Gataz e as jovens e promissoras Naiane e Laís, iria dar caldo e depois com a vinda da Jaque o time ficou completo e está certinho jogando um bom voleibol, sem esquecer também da Carla maior pontuadora deste jogo. Claro que a Dani Lims faz muita falta ao Osasco, mas isto não desmerece em nada a brilhante vitória do Minas.

  • Renan

    É óbvio que o problema é o Luizomar! Ele está totalmente perdido com o time.
    Falavam que o talmo não escolhia suas ponteiras, agora é o luiz que fica nesse rodizio e escolheu mal em trazer ivna e diana, péssimas na minha opinião.
    A Hooker se ofereceu pra jogar em osasco e ele traz ivna… A para!
    Os levantamentos da diana são lentos e muito altos nas pontas e não consegue fazer as centrais jogar, o correto seria dar uma chance a jovem Mari nardi.
    Zé Roberto seria uma boa não sei se ele aceitaria, mas Wagão ou Spencer na proxima temporada não seria ruim.

  • cesinha

    ola !concordo com algumas coisas luizomar e pessimo mas o time tambem nao ajuda ivna ,samara ,carcaces ,gabi ,diana ,pani lins af mari ex atleta !so tem thaisa e brait adenizia parou de gritaria tambem paraou de jogar , quanto ao minas e time de uma jogadora so jaqueline e nao vai muito longe tambem ganhou do osasco porque qualquer galinha morta hoje ganha delas o praia desmontou o time que tinha com exceçao de tandara nao se reforçou sassa ,natasha ,ju costa , natalia martins , o tecnico ! isses nao sao reforços sao atrasos o sesi vai ganhar alguma coisa quando tiver sangue frio nas decisoes porque na hora so fabizona joga o resto amarela ate o tecnico cego que nao ve que pri daroit com um braço so e melhor que mari casemiro e barbara pra min os pontos fortes do sesi sao fabiana e suelle e a pri quando joga o rexona se melhorar o passe nao perde pra ninguem nao tem estrelas mas tem conjunto e um tecnico que enxerga e nao depende de uma ou outra jogadora a ponteiras ,as centrais e ate a oposto que e meio afobada resolve ,o pinheiros tem um excelente tecnico um bom time so falta umas duas jogadoras com mais bagagem pra segurar as ondas o brasilia depende da grata surpresa roberta que carrega o time mau escalado nas costas ,porque paula pequeno nao tem passe e nao poem bola no chao e edna e cem vezes melhor que angelica mas tambem o tecnico e fraco . ja disse e vou repetir na sl so tem 3 tecnicos fores 1 correndo por fora sao bernardo wagao e airton cabral e spencer lee o resto tem que aprender muito e minha opiniao nao a verdade absoluta !

    • Rafael cruzeiro

      Thaisa está jogando nada, parece-me com vontade de respirar outros ares. Camila Brait é muito fraquinha, se esconde do jogo e cobre uma área muito pequena (até a Léia se arrisca mais), será sempre rainha das estatísticas, pois não sai da zona de conforto. A Carcaces ainda é o melhor ataque do Molico/osasco, mas o saque e o passe são péssimos. Quanto ao Minas/Camponesa e Pinheiros, tão se mostrando times equilibrado, precisam usar mais as centrais. O Uni/Rio depende muito da reçepção, pois Fofão não tem mais preparo para correr atrás das bolas “b” e “c”, porém tem Fabi e Bernado, sempre cotado para ser campeão. O Sesi/SP parace não acreditar no seu potencial. já o Praia/dentil, uma decepção.

  • Caco

    O time foi pessimamente montado e dessa vez não é a seleção brasileira em quadra.
    Rejeitar a Jaqueline, capitã da equipe, e Hooker foi um erro grosseiro da comissão.
    Jaqueline facilita muito o trabalho das levantadoras: não seria preciso contratar a Dani Lins.
    Hooker é indiscutivelmente melhor do que qualquer oposto que se encontra jogando no Brasil.
    Ninguém bateria o Osasco.
    As contratações e o trabalho da comissão técnica tem sido decepcionante nos dois últimos anos.

    • Michely Parreira de Aliviera

      Concordo com o comentário de todo mundo, esse time foi montado pensando no que? Será que o Luizomar quis dar uma de Bernardinho e extrair o melhor desse time? Sabendo que ele nâo tem competência e nem capacidade técnica para isso.

      Me corta o coração ver a cara de choro e tremelique das jogadoras do Molico, elas jogam chorando e amedrontadas. Me dói muito ver todo esse sofrimento do Molico…

  • Alexandre

    Quanto exagero! Na temporada passada o Rio foi muito irregular na fase de classificação, mas nos play office arrebentou. Acalmem-se a superliga é muito longa, ainda vai dar tempo do Molico se recuperar. A Dani Lins vai voltar e muita coisa vai mudar. Claro que hoje, o Sesi, o Rio, o Pinheiros e o Minas estão acima. Mas a confiança no volei conta muito e quando as vitorias voltarem o time vai se reerguer. Claro que o LUIZOMAR não é um Bernardinho e nem um Jose Roberto, mas já fez grandes Superligas e já foi campeão. Vamos aguardar!

    • Alékcya Claudhileyne dos Santos

      Sei não heim, o time tá muito ruim e mal das pernas, o Molico é ladeira abaixo agora, com a Samara e IVNA de Titular, você ainda acredita nesse time?

      A VINA quando espremida só sai …. e choro. Totalmente desequilibrada e instável, é um banquete na mão dos outros times, que tiram vantagem da fragilidade da IVNA.

      A Samara só cuida do passe meio que a faca no pescoço, no ataque é uma negação.

      • Roberto Luiz

        Sinceramente falando…

        Se o Luizomar conseguiu perder em 2012/2013 com Jaque, Fabiola, Garay, Thaisa, Brait e Adenizia colocando 2 sets de vantagem, com o time desse ano é que não vai chegar mesmo.

        Realmente o Bernardinho tira leite de pedra e esse time montado desse ano do Osasco foi uma tristeza de planejamento. Não precisava da Dani, mantinha-se a Fabiola.

        Agora como explicar a Ivna? Por favor, alguém consegue?

        • Fernando

          Bem a sua pergunta da Ivna é bem díficil de responder, o SESI deu graças a Deus de ter se livrado dela. Vamos ver a IVNA nos playoffs soltando balão e bola no pé a todo vapor rs.

  • CSCVolei

    Acho que essa SL está muito fraca… essa que é verdade… continuo achando que não é bom fazer muitos elogios ao Minas… mas devo confessar que os dois times mais completos são Minas e Pinheiros…
    As duas equipes tem jogadoras que se destacam é fato, mas todas jogam “O QUE NÃO ACONTECE NO OSASCO” por exemplo.
    O Pinheiros tem uma coletividade muito boa, assim como o Minas…
    O fato de parecer que as centrais precisam aparecer mais, isso se da pelo nosso costume criado pela THAISA E FABIANA em serem as maiores pontuadoras da Seleção e de seus clubes.
    O acho que o Osasco pode se recuperar, o Praia pode se recuperar…
    Vamos ver na hora do “pega pra Capar” quem vai ter mais experiencia, quem acertou mais, quem realmente vai mostrar a que veio.

    • Fernando

      Não acho que está fraca, pelo contrário, essa superliga está tomando forma agora na 2ª fase. Com times mais homogêneos e com potencial. Nos anos anteriores só tínhamos Osasco e Rio. Neste exato momento não temos favorito, e temos 5 times que podem se enfrentar de igual pra igual (Rio, Sesi, Pinheiros, Minas e Molico) e o Praia que morreu na Praia, mas pode melhorar.

MaisRecentes

Camponesa/Minas quebra longa invencibilidade em Osasco



Continue Lendo

Placar RedeTV!: Futebol 2 x 0 Vôlei



Continue Lendo

Dentil/Praia Clube e Sesc abrem vantagem



Continue Lendo