Ah, Itália!!!



Eu cheguei a duvidar da reação na Itália. Mas ela aconteceu, para azar dos Estados Unidos, que levou a virada e viu os donos da casa ficarem perto da semifinal.

O PalaLottomatica, em Roma, ajudou a empurrar um time sem tanto brilho, mas que tira força da experiência do trio Fei/Mastrangelo/Vermiglio.  A torcida, que não lotou o belo ginásio, fez a parte dela. Os comandados por Andrea Anastasi também.

O regulamento permitia um caminho tranquilo até a semifinal, mas a Azzurra não imaginava cruzar com os campeões olímpicos. Encarou e passou. Agora, vai para cima da desfalcada França para, possivelmente, fazer o tão aguardado duelo com o Brasil por vaga na final.

Aí eu quero ver se a atual Itália pode sonhar ainda mais alto.



  • Daniel
    Parabéns pela ótima cobertura e pela tenacidade e dedicação, sua marca, na busca da notícia.

    Agora diz ai para os leitores, como voce mudou o DJ do jogo USA x ITA….. ahahaah
    boa sorte amigo
    Jorge Assef
    te vejo no “pallazeto” a tarde

    • Daniel Bortoletto

      Audiência qualificada no blog
      grande abraço

  • Fernando RJ

    Eu torci muito para a Itália ganhar dos EUA. Acho q o jogo do Brasil casa melhor com o da Itália. Os EUA defendem muito ,tem muito volume de jogo e isso acaba irritando os brasileiros. E também pq eu queria ver um confronto do Brasil com o time italiano. Pra calar a boca deles. Por tudo que eles estão falando mal do Brasil neste mundial. Mas esse time dos EUA vai dar trabalho. Eles só perderam esse jogo por causa da inconstância dos seus dois levantadores.

MaisRecentes

Vaivém: Weber seguirá no Bolívar



Continue Lendo

Russas fecham lista para o Mundial



Continue Lendo

Zé Roberto chama nove para a Seleção



Continue Lendo