Ah, Itália!



Se a Itália tinha alguma ambição no Mundial,  após passar raspando para a segunda fase, pode esquecer.

http://www.lancenet.com.br/minuto/Destaque-Italia-Zaytsev-Campeonato-Mundial_0_1208879198.html

Para os adversários da Azzurra, um recado: quem perder ponto neste confronto pode se complicar na briga por um dos três lugares na terceira fase.



  • Juliano

    1) Boatos de que o clima interno estava nada bem com a estrela Zaytsev.

    2) Boatos de que ele não aceitou ficar como ponteiro, para o Vettori entrar na posição de oposto, e assim aumentar a força de ataque da Azzura.

    3) Boatos de que Berruto não tem presença e postura para pôr limite no Zaytsev, fazendo com que o clima interno esquente.

    4) Boatos de que Travica brigou com Zaytsev.

    Boatos é que não faltam. Apesar de não se saber o que é verdade ou não, o fato é que há verdadeiramente um problema interno. É visível a caída de rendimento drástica do time titular, tanto que boa parte do time reserva que estava resolvendo, embora a estrela permanecesse intocável.

  • perseverant

    Prezado Daniel, sei que a postagem é sobre outro assunto, mas percebo que no Portal UOL, quando se quer atingir muitos comentários dos participantes, para poder mostrar que a coluna é muito visitada, alguns blogueiros encontraram a fórmula mágica para tanto, com os seguintes assuntos:

    1) Falar mal do Bernardinho;
    2) Demonstrar que as conquistas do Bernardinho são irrelevantes;
    3) Colocar o Bernardinho contra o Zé Roberto Guimarães, demonstrando que este último é melhor;
    4) Mostrar que o Bernardinho é grosso e o ZRG é bom moço;
    5) Falar mal do Bruninho;
    6) Lembrar o corte do Ricardinho, considerando injusto, como se o Ricardinho fosse santo;
    7) Falar que o Brasil entregou o jogo no mundial de 2010 e esquecer que os EUA foram os primeiros, naquele mundial, que começaram a entregar os jogos, percebendo que o regulamento tinha sido feito para favorecer à Itália.

    Aproveita Daniel, faz qualquer uma dessas abordagens: Você vai ver como o blog vai bombar, pois é assim que alguns blogueiros do UOL fazem.

    Aliás, hoje saiu uma nova de um tal de Menon, o cara sabe tudo de volei, é um expert no assunto, depois que li a coluna dele de hoje cheguei à conclusão que os meus mais de 30 anos de volei (jogando e assistindo) não me serviram para nada, pois o cara prolixo-pedante me deu uma aula de voleibol. A partir de hoje

    Como se não bastasse um blogueiro ressentindo por questões de família (tão bem explicadas pelo Sérgio Negrão), agora teremos um outro querendo pegar carona nesses assuntos prediletos do primeiro. E se você faz um comentário contrário a essas criaturas, resultado: SEU COMENTÁRIO É CENSURADO. Ou seja, o blogueiro fala o que quiser, leva uma boiada atrás das bobagens que escreve e censura os comentários contrários. Assim é fácil ter uma imprensa livre nesse país.

    • klaus

      Perseverant, parabéns por tudo o que escreveu.Ontem , na página do Uol Esporte lendo os posts ,de repente me deparei com esse Menon falando de basquete e vôlei.Fiquei indignado, pois esse jornalista nunca fala de outro esporte que não seja futebol e como agora o futebol está em baixa aparecem esses abutres pra falar do basquete e do vôlei.É o mesmo caso do Juca Kfouri, que só falou do vôlei esse ano quando fomos campeões do Grand Prix.Fora isso, só existe futebol pra eles.Esse Menon não tem moral pra falar do Bernardo,por acaso ele tem provas que o Brasil entregou o jogo?E mais, como ele pode afirmar que o Magnano e outras seleções nunca fizeram isso?É um oportunista que quer chamar a atenção .Falar que o Bernardo tem que aprender com o Magnano é uma idiotice sem tamanho, até porque são esportes diferentes.Bernardo é uma referência no Brasil e por isso falar mal dele chama a atenção.Na Polônia, o vôlei está em todos as mídias e o Bernardo foi o único técnico a ocupar duas páginas de uma revista que traçava o perfil dos técnicos.Sinal do respeito e admiração que os poloneses tem por ele.Pena que aqui não é assim.Quanto aquele blogueiro fofoqueiro, eu nem perco tempo acessando aquilo.

      • perseverant

        Prezado Klaus,
        Você viu como o castigo do sr. Menon veio a galope?
        Hoje, o Brasil perdeu para a Sérvia de forma vergonhosa na Copa do Mundo de Basquete. Tomou 28 pontos dos sérvios, uma surra, pois foi a maior derrota do Brasil em todos os mundiais. O Sr. Menon talvez não saiba que, no Basquete, se os USA resolvem levar o que tem de melhor na NBA para os mundiais ou olimpíadas, não tem como os adversários ganhar algum título. O Magnano é um bom técnico, mas nada de fenomenal, foi campeão olímpico pelo fato de os EUA não terem levado o que tinha de melhor naqueles jogos olímpicos. Sinceramente, fica difícil torcer para um esporte em que os times lutam para ser 2º colocado, dada a supremacia dos USA em quadra. Isso já afasta a graça do esporte. No volei não, quem ganha, ganha mesmo, não há uma NBA no volei, que é outra conversa. O Sr. Menon foi traído pelo oportunismo, acreditou que esse time de Basquete do Brasil, que é formado por alguns jogadores também oportunistas, iria chegar as semifinais. Aliás, já estavam contando com isso: jogadores, torcedores, imprensa. KKKKKKKKK Resultado: castigo, castigo, castigo. 1) O Brasil pagou para participar do mundial; 2) Certos jogadores que jogam na NBA, e que nem são tão fantásticos assim, resolvem pedir dispensa do time em pré-mundiais e pré-olímpicos, pois só querem jogar o filé mignon, fazendo com que jogadores, MENOS EXPRESSIVOS, que vestem a camisa do Brasil com orgulho, não tenham vez em competições mais importantes; 3) Saem catando um jogador aqui outro ali e no final não existe um time e sim um bando de oportunistas querendo participar dor torneios mais importantes. 4) O que mesmo foram fazer naquele time: Marcelinho Machado, Giovanonni, Leandrinho, dentre outros? 5) O Sr. Menon queimou a língua, tem muito o que aprender. 6) Bernardinho trabalha que nem um louco para conseguir resultados e aí vem o Sr. Menon achando que é alguma coisa. A gente precisa estar vivo para presenciar certos absurdos e ouvir certas asneiras.

        • klaus

          Verdade Perseverant.Só mesmo estando vivo para ler as idiotices de certos jornalistas desinformados.Ainda esqueci de comentar o que foi o cúmulo do inaceitável ele escrever que no vôlei é mais fácil ganhar pois tem menos concorrência.Confesso que ao ler isso , fiquei vermelho de raiva.Foi como tomar um soco na cara.Quer dizer que os títulos que o Brasil ganhou são menos importantes pois a concorrência é menor?Infelizmente alguns da imprensa ainda precisam enxergar outros esportes que não seja futebol, pois falam tanto somente de futebol, que quando se metem a falar de outro só sai bizarrices.

  • perseverant

    Ok Daniel, obrigado por publicar a minha postagem. Vamos combinar assim, eles censuram por lá e você divulga as nossas participações por aqui.

  • Mari

    Ahh Itália….
    Tá sendo um fiasco desde a fase final da Liga Mundial, perdeu tanto tempo junto ao Irã pra tirar a seleção brasileira da fase final que esqueceram de treinar, treinar duro pra serem campeões.
    Acho uma pena não ter mais o Zaytsev, infelizmente a Itália não tem time sem ele e não deverá passar dessa 2 fase.
    Os ponteiros da Itália são muito fracos não passam, atacam pifiamente…
    Quanto mais eu vejo a Itália desse jeito, me pergunto , o que se passava na cabeça da seleção brasileira na primeira semana da Liga Mundial, a Itália já demonstrava ser Zaytsevdependente e que não tinha mais nada interessante pra mostrar.

MaisRecentes

Joelho afastará Gabi das quadras



Continue Lendo

As primeiras transmissões da Superliga na TV



Continue Lendo

Vaivém: Thaisa jogará a Superliga



Continue Lendo