Agora quarentão, Ricardinho muda hábitos e não quer saber de parar



O levantador Ricardinho faz hoje 40 anos. E se engana quem pensa que o novo quarentão do vôlei brasileiro faz planos para se aposentar.

Em entrevista ao blog, o capitão, presidente e gestor do Copel Telecom/Maringá revela que amigos e adversários até fazem apostas sobre a data da aposentadoria. Mas ninguém se arrisca a cravar uma data antes de 2020.

– O Paulo Roese (técnico do Voleisul/Paquetá Esportes) disse que vou até os 45 anos. O Chico (dos Santos, treinador do Concilig/Bauru) diz que tenho mais sete anos de vôlei pela frente. Ele me conhece de vários anos na Seleção, é um apaixonado pelo meu jogo, não quer que eu fique fora. E isso me motiva. Tenho uma briga constante com os meus 40 anos. É o lado positivo de tantas perguntas e das brincadeiras que ouço dos jogadores. Elas me motivam. Enquanto eu mantiver o nível de excelência atual para poder jogar a Superliga vou ficando. Sinceramente não penso em parar ainda. Gosto de jogar, me sinto bem, tenho prazer. Para sair precisa acontecer algo do além. Não tenho a mínima vontade de me aposentar. Só vou parar quando perceber que não estou no nível dos levantadores mais jovens, que não estou mais aguentando competir com eles.

Ricardinho na fase "light" e "fitness (Fernando Tanaka/Divulgação)

Ricardinho na fase “light” e “fitness (Fernando Tanaka/Divulgação)

Campeão mundial e olímpico na década passada, Ricardinho admite que possui, aos 40 anos, uma condição física melhor do que em alguns momentos do auge da carreira. A explicação foi uma mudança na alimentação e na preparação. Hoje é comum ver o levantador postando no Instagram sobre corridas pelas ruas e parques de Maringá (PR), pratos com alimentos saudáveis, além da utilização de suplementação. Segundo as informações oficiais da competição na temporada 2015/2016, o jogador de 1,93m está com 85kg. Já o mesmo guia da Superliga em 2012/2013 apontava 98kg para Ricardinho.

– Tenho dois profissionais que me acompanham neste processo. O período em que mais fiquei fora de forma foi meu último ano no Vôlei Futuro (há três temporadas). Era muito stress, equipe para acabar… Ali realmente eu me descuidei um pouco. Sempre tive tendência a engordar um pouco, fui um pouco mais cheinho do que os outros, mas nada que me tirasse da quadra. Mas decidi mudar, sinceramente, pela minha saúde e não pela sequência da carreira. Comecei  a seguir algumas pessoas no Instagram que minha esposa já seguia. Passei a acompanhar, me empolgar… Uma vez, numa ida para SP, meus pais me viram mais cheinho e brincaram. Aquilo me incomodou um pouco e decidi ter esse lado mais saudável. Estou acompanhado por nutricionista e nutrólogo. Estou correndo muito. É um prazer. Achei algo que me faz bem no fim de semana, no meu dia de folga, libera endorfina, me dá uma sensação prazerosa. Não gosto e não sou fã de academia. Passei a vida inteira ali dentro e não gosto. Prefiro parque, uma boa pedalada, corrida. Sem dúvida alguma isso pode ajudar a prolongar minha carreira – explica o jogador.

Ricardinho na época do Vôlei Futuro (Diário da (Região

Ricardinho na época do Vôlei Futuro (Diário da (Região

A mudança nos hábitos faz Ricardinho até tirar onda dos companheiros de equipe que têm idade até para serem filhos dele.

– Brinco com eles que termino o treino e não estou cansado, enquanto os meninos estão mortos. Hoje treino naturalmente, igual a equipe, 100% do que eles fazem eu também faço. E me sentindo muito bem, o que é a melhor parte de tudo.

O levantador deve fazer a estreia na Superliga nesta noite, contra o Sesi. Ele está recuperado de uma lesão no ligamento do dedo da mão direita e à disposição do técnico argentino Horacio Dileo. O período sem atuar ajuda a refletir também sobre a função de dirigente que exerce em Maringá.

– No primeiro ano, problemas tiravam muito meu sono. Tinha um pouco de desconfiança se iria dar certo ou não. Agora tenho muito mais confiança. Parece que você vai se adaptando, como faz dentro de quadra, jogando, você sempre acredita na vitória. Esse lance eu não tinha na primeira temporada. Até o meio da segunda tinha um pouco de dúvida. A gente teve um patrocinador que saiu e eu senti um pouco de falta de tesão, mas controlável. Consegui sustentar muito bem, tendo calma, os pés no chão – revela o também cartola.



  • Edu

    Por falar em levantadores, caro Daniel, saiu a noticia que a Fabíola esta grávida.Primeiro, que o rigoroso frio russo provavelmente favoreceu o clima mais intimista e romântico entre a atleta e o marido.Segundo, a despeito disso, foi que o Vollero nessas três semanas de convivência com a atleta e por solicitação do treinador Avital Selinger, ex levantador e medalhista olimpico, estendeu por dois anos seu novo contrato.Fabíola foi muito bem na sua estreia de CL.Teve a humildade natural de pegar o colete de reserva, regra da CL, para jogadores relacionados a entrar na partida e preservar a então titularidade da levantadora que serve a seleção sérvia.Entrou no finalzinho do primeiro set e jogou dois pontos.Depois entrou na metade do segundo e deu mais ritmo e dinâmica em quadra.Não sendo substituída até o final da partida.Hoje, na atual fase do voleibol brasileiro, Fabíola é a melhor levantadora do pais em atividade pelo retrospecto dos ultimo ano e meio e pelo respeito que adquiriu, com premiações individuais internacionais, na comunidade do voleibol europeu.A gravidez,certamente uma benção para ela e seu marido, talvez seja oportuna para que o ZRG, que tem restrições ocultas com a atleta e não revela nem sobre poligrafo, a desligue oficialmente do ciclo olimpico.Se não estava na história da Fabíola disputar uma olimpiada que assim seja.

    • A lI

      Sou amiga da Fabíola e posso afirmar: “FABÍOLA NÃO SONHA EM DISPUTAR AS OLIMPÍADAS RIO-2016!”. As prioridades da Fabíola,atualmente,são outras e não Olimpíadas ou Seleção Brasileira.O desejo da FABÍOLA era disputar as olimpíadas de LONDRES,naquele ciclo olímpico,Fabíola se DOOU AO MÁXIMO à seleção,sacrificou o convívio com marido,filha,família e amigos para se dedicar INTEGRALMENTE à SELEÇÃO e o reconhecimento que ela teve de sua grande dedicação foi um CORTE SECO num SAGUÃO DE AEROPORTO às vésperas da Olimpíada.A MELHOR LEVANTADORA DA SUPERLIGA-2012 ficou EXTREMAMENTE CHOCADA c/o corte!Escaldada pelo corte e com o sentimento de TEMPO PERDIDO ao se dedicar tanto à seleção e ser cortada de forma seca,SEM QUALQUER EXPLICAÇÃO DO MOTIVO POR PARTE DO ZÉ ROBERTO,hoje Fabíola tem outras prioridades e não se arrisca a perder mais tempo de convívio com seus familiares e amigos p/se dedicar novamente a um projeto olímpico no qual pode ser cortada novamente:”O SONHO OLÍMPICO DE FABÍOLA ACABOU NO SAGUÃO DO AEROPORTO EM 2012,NA VERDADE O QUE PARECIA SONHO SE TORNOU UM PESADELO!”.Em 2012,Fabíola foi a MELHOR LEVANTDORA e a MELHOR JOGADORA DA FINAL DA SUPERLIGA e ZÉ NUNCA EXPLICOU O CORTE!Além disso,MACRIS fez uma excelente estreia em 2015,comandando a seleção brasileira como levantadora titular no PAN de TORONTO,no qual conquistou a PRATA.MACRIS escolheu jogar em BRASÍLIA junto da MVP OLÍMPICA PAULA,a quem MACRIS admira e espera trocar experiências sobre o TORNEIO OLÍMPICO.A parceria MACRIS-PAULA deu super-certo,após 3 jogos pelo TERRACAP/BRASÍLIA,MACRIS é a melhor levantadora e PAULA a melhor atacante e maior pontuadora da Superliga!Se Paula mantiver esse ritmo frenético,não duvido de sua presença na RIO-2016…Paula estava precisando jogar com uma BOA LEVANTADORA como Macris,que saiba aproveitar seu grande talento!

      • Edu

        Respeito sua opinião e tudo que se precisa saber a respeito do corte em 2012, noticia passada e repassada, foi dito pela própria Fabíola e a Jaqueline naquela celebre entrevista ao Elia Jr ,no Band Sports, e que teve por consequência, segundo o próprio Elia disse num de seus programas, a medida do ZRG deixar de conceder entrevistas exclusivas a emissora e a ele por dois anos.Segundo, apenas considerei a fase mais recente da Fabíola com dois prêmios individuais seguidos de melhor levantadora do mundial de clubes e o premio de MVP da Copa Russa.Recentemente sua estreia no Volero time fortíssimo nessa temporada e quinto na ultima CL conseguindo já assumir naturalmente um lugar no elenco e renovando seu contrato por dois anos mesmo com sua situação de recente gravidez.O melhor elogio direcionado a Fabíola neste ano foi cometido pela Carol Albuquerque no programa Roda de Vôlei ,do Band Sports, textualmente ” no Brasil, só temos duas levantadoras de primeira linha : a Dani e a Fabíola.O resto,infelizmente, esta muito atrás”.Sendo assim e respeitando a decisão pessoal da Fabíola e eu havia antecipado que seu pedido de dispensa dessa temporada inteira era um prenuncio anunciado que seleção para ela já tinha dado.A gravidez sacramenta essa decisão.Se Fabíola não foi a Londres em 2012 no final daquele ano ela vence o Mundial de Clubes com o Osasco, título que nenhuma outra equipe brasileira conseguiu vencer.Ainda mais da forma que foi promovida a campanha esmagando fortes equipes europeias.Sendo que o campeão europeu daquela temporada por duas vezes consecutivas e com a jogadora MVP da CL daquele ano no elenco.Talvez na partida final daquele campeonato,a mais inspirada de sua carreira e prenuncio de que novas e melhores coisas viriam a acontecer.Como essa nova gravidez .Macris hoje esta muito verde para a seleção.Tem defeitos de fundamentos visíveis como bloquear mal e ter um saque burocrático.E uma garota promissora,de personalidade, que vai buscar seu lugar.Segundo as irmãs Mello temos que monitorar uma garota recifense(berço de grandes jogadoras)chamada Cecilia Aragão que jogou a liga universitária americana e conseguiu sua bolsa de estudos em razão do voleibol.Depois de formada ela esta jogando na Eslovenia e disputando sua primeira CL.Quanto a PP nada retira o fato de ser MVP medalhista da Olimpiada de 2008.Convive atualmente com limitações recorrentes das sequencia de lesões na carreira e desenvolve um trabalho interessante nas escolinhas de voleibol que tem aberto.Principalmente na região central do pais.E uma lutadora em todos os sentidos como buscando recursos de patrocinadores para continuar jogando.

      • Edu

        Respeito sua opinião e tudo que se precisa saber a respeito do corte em 2012, noticia passada e repassada, foi dito pela própria Fabíola e a Jaqueline naquela celebre entrevista ao Elia Jr ,no Band Sports, e que teve por consequência, segundo o próprio Elia disse num de seus programas, a medida do ZRG deixar de conceder entrevistas exclusivas a emissora e a ele por dois anos.Segundo, apenas considerei a fase mais recente da Fabíola com dois prêmios individuais seguidos de melhor levantadora do mundial de clubes e o premio de MVP da Copa Russa.Recentemente sua estreia no Volero time fortíssimo nessa temporada e quinto na ultima CL conseguindo já assumir naturalmente um lugar no elenco e renovando seu contrato por dois anos mesmo com sua situação de recente gravidez.O melhor elogio direcionado a Fabíola neste ano foi cometido pela Carol Albuquerque no programa Roda de Vôlei ,do Band Sports, textualmente ” no Brasil, só temos duas levantadoras de primeira linha : a Dani e a Fabíola.O resto,infelizmente, esta muito atrás”.Sendo assim e respeitando a decisão pessoal da Fabíola e eu havia antecipado que seu pedido de dispensa dessa temporada inteira era um prenuncio anunciado que seleção para ela já tinha dado.A gravidez sacramenta essa decisão.Se Fabíola não foi a Londres em 2012 no final daquele ano ela vence o Mundial de Clubes com o Osasco, título que nenhuma outra equipe brasileira conseguiu vencer.Ainda mais da forma que foi promovida a campanha esmagando fortes equipes europeias.Sendo que o campeão europeu daquela temporada por duas vezes consecutivas e com a jogadora MVP da CL daquele ano no elenco.Talvez na partida final daquele campeonato,a mais inspirada de sua carreira e prenuncio de que novas e melhores coisas viriam a acontecer.Como essa nova gravidez .Macris hoje esta muito verde para a seleção.Tem defeitos de fundamentos visíveis como bloquear mal e ter um saque burocrático.E uma garota promissora,de personalidade, que vai buscar seu lugar.Segundo as irmãs Mello temos que monitorar uma garota recifense(berço de grandes jogadoras)chamada Cecilia Aragão que jogou a liga universitária americana e conseguiu sua bolsa de estudos em razão do voleibol.Depois de formada ela esta jogando na Eslovenia e disputando sua primeira CL.Quanto a PP nada retira o fato de ser MVP medalhista da Olimpiada de 2008.Convive atualmente com limitações recorrentes das sequencia de lesões na carreira e desenvolve um trabalho interessante nas escolinhas de voleibol que tem aberto.Principalmente na região central do pais.E uma lutadora em todos os sentidos como buscando recursos de patrocinadores para continuar jogando.

        • Billy

          Fabiola é excelente levantadora.

      • Billy

        será!??

    • Billy

      Torço sempre pela Fabiola.

MaisRecentes

Definidos os grupos do Mundial masculino de clubes



Continue Lendo

As quartas de final do Paulista masculino



Continue Lendo

Bruninho e Renan analisam conquista



Continue Lendo