Adenízia tem casa invadida e medalhas roubadas em São Paulo



A campeã olímpica Adenízia é mais uma vítima da criminalidade no Brasil.

A jogadora teve a casa na região da Vila Madalena, em São Paulo, invadida e alguns pertences roubados. Entre eles estão medalhas conquistadas por ela na carreira, como a da conquista das últimas edições do Grand Prix. Adenízia confirmou que a medalha olímpica de ouro conquistada em Londres-2012 estava em um cofre e não foi levada.

Com uma mensagem no Instagram, ela desabafou sobre a situação.

Um dos cômodos revirados da casa de Adenízia (Reprodução)

“Gente ontem eu me senti uma pessoa desprotegida na minha própria casa. Essa pessoa entrou na minha casa, na região da Vila Madalena, levou meu computador, um PlayStation, joias, relógios e o pior de tudo algumas medalhas que trabalhei tanto para conseguir. Graças a Deus estamos bem, somente o sentimento de impotência. Até onde iremos parar com essa violência?”, escreveu a jogadora, que defende o Scandicci, da Itália, e acaba de renovar o contrato por mais uma temporada.

Ela ainda divulgou fotos no Instagram do suposto criminoso que teria sido o responsável pelo assalto.

Durante a semana, Adenízia esteve em Saquarema, litoral do Rio de Janeiro, treinando com a Seleção Brasileira para a Liga das Nações, competição que será disputada a partir de maio.

LEIA TAMBÉM

+ Mais três renovações de contrato no Dentil/Praia Clube



MaisRecentes

Dentil/Praia Clube conquista a Supercopa. Mas tem muito a evoluir



Continue Lendo

Dirigente morre ao jogar torneio master em Saquarema



Continue Lendo

Coluna: Uma Superliga 100% transmitida



Continue Lendo