A situação de Mão



O ponta Mão não foi dispensado pelo Sesi para a chegada de Maurício Borges, como algumas pessoas escreveram nos comentários aqui no blog ou me perguntaram no Twitter.

O fato é que o jogador não foi relacionado para o duelo com o Funvic/Taubaté, situação que permite que ele ainda possa se transferir para outro clube.

Neste caso, segundo o blog apurou, Mão tem  opção de se desligar do Sesi sem pagamento de multa rescisória.

Uma situação bem honesta de ambos os lados. Caso a dispensa tivesse ocorrido, como respondi para um leitor no post anterior, seria uma decisão do clube. E eu não acho que seria certa, caso não houvesse uma justa causa. Simplesmente aconteceria pelo julgamento técnico de que Mão não iria substituir Murilo como o Sesi esperava, algo que os dirigentes e comissão técnica acreditam que Maurício fará.

E segue o jogo!

PS: Atualizando as informações na manhã desta quinta. Mão entrou em quadra na derrota de ontem para o Funvic/Taubaté.

 



MaisRecentes

Reflexão sobre o momento da Seleção é necessária



Continue Lendo

O novo capítulo de uma relação conturbada entre Brait e Zé Roberto



Continue Lendo

Coluna: A empolgante decisão da Superliga feminina



Continue Lendo