A primeira rodada olímpica



O Brasil terminou com 100% de aproveitamento na primeira rodada nas quadras e praias.

No vôlei, um óbvio e esperado 3 a 0 do time masculino no duelo com a Tunísia, time mais fraco do grupo. O time titular foi o que terminou mal a Liga Mundial, com Vissotto no lugar de Wallace.

Bernardinho aproveitou a fragilidade do rival para rodar seus 12 jogadores. Agora é aguardar um teste de verdade nas próximas rodadas.

No restante dos jogos, a Polônia pareceu sentir um pouco o peso de ser apontada como favorita, mas se recuperou e fez 3 a  1 na Itália.  Nos demais jogos, 3 a 0 do início ao fim: ARG 3 x 0 AUS, BUL 3 x 0 GBR, RUS 3 x 0 ALE, EUA 3 x 0 SER.

Entre as mulheres, o Brasil suou para vencer a Turquia no tie-break. O time mostrou alguns erros vistos no Grand Prix, tendo muita dificuldade para virar as bolas em algumas redes, algo que já escrevi no sábado.  Hoje, o jogão com os Estados Unidos será um teste de fogo. Vitória brasileira pode marcar uma arrancada rumo ao bi. Mas, pelos comentários que leio aqui e no Twitter, pouca gente acredita.

Já na praia, os favoritos Emanuel e Alison tiveram dificuldades e venceram de virada a dupla austríaca Horst/Doppler. Nos demais jogos, Juliana/Larissa, Ricardo/Pedro Cunha e Talita/Maria Elisa ganharam por 2 a 0. Nesta primeira fase, acredito que as quatro parcerias terminem invictas.



MaisRecentes

Entrevista Skowronska: “Estou apaixonada pelo Brasil”



Continue Lendo

Duelo entre pai e filho pelo Campeonato Paulista



Continue Lendo

Brasil perde segunda para os Estados Unidos



Continue Lendo