A polêmica dos 21 pontos está só começando



Admito que foi mais interessante acompanhar a reação das pessoas no Twitter do que ver o Sada/Cruzeiro fazer 3 a 0 no São Bernardo, na noite de sábado, na abertura da Superliga dos 21 pontos.

É chover no molhado dizer que a mudança tem muito mais críticos do que apoiadores. E isso vale para atletas, treinadores, torcedores…

Não gosto de usar este blog para acusar A, B ou C, colocar toda a desgraça do mundo no colo de dirigentes ou emissoras. Prefiro usar argumentos para tentar provar teses. E vejam bem este “tuíte” do técnico argentino Marcelo Mendez, do Sada.

“3-0, 41min de jogo e 45min de aquecimento! Contradição!! Querer encurtar o jogo e aumentar o intervalo entre o 2 e 3 set!”.

Alguém vai me dizer que ele não tem razão?

Os sets caíram de 25 para 21 pontos e tivemos CINCO MINUTOS de intervalo entre a segunda e terceira parciais. É muito contraditório atender a TV para diminuir o tempo de jogo e dar mais tempo para ela nos intervalos.

Ainda continuo achando que tinha muita coisa para ser corrigida na regra antes de um corte brutal na pontuação.



  • Melina

    Eu não tenho palavras para demonstrar o quão nojenta esta regra é. E o pior de tudo é a tentativa de lavagem cerebral a qual fui submetida ontem.
    O jogo de ontem só mostrou o óbvio: algumas partidas serão ridiculamente curtas. E o melhor disso é que, dependendo do dia e horário do jogo, gastarei mais tempo para chegar à Arena Vivo Minas do que assistindo a partida em si.
    Nem tenho vontade de comentar a partida. O resumo da obra foi: quando eu pisquei os olhos, o Sada mostrou sua superioridade e acabou.

  • Cleverton

    Geralmente as mudanças visam acrescentar algo de valor ao objeto mas essa regra infelizmente tirou o que de melhor tinha no vôlei: o poder de reação de uma equipe. Quando trocaram para 25 pontos o jogo ganhou em rali e emoção e o que se viu no 1º jogo não foi bem isso. Talvez possam dizer que a regra foi prejudicada por que jogou um time A contra B. Parabéns ao tênis que resiste até hoje e partem do princípio de que se você quiser transmitir tem aceitar as condições e não impor condições. Tvs não faltam para transmissão do tênis.

  • romano

    foi a primeira vez que assisti um jogo com 21 pontos, como expectador a experiência não foi boa, ou se quer deixou o jogo mais interessante e dinâmico… no masculino onde há erros sucessivos de saque se perde muito do tempo de bola jogada, que é o que interessa, o jogo fica curto demais, previsível e acho que o bloqueio sai perdendo. com 25 pontos dava mais tempo pros jogadores de meio se ajustarem ao sistema de ataque do time adversário, e com tanta pancada no ataque o bloqueio tem que ajudar tocando e amortecendo, senão o jogo ficará muito chato, como já foi um pouco ontem. parece que não dá tempo pra gostar do jogo, não há suspense, por que é tudo muito rápido… se pela tv ficou sem graça ao vivo deve ser pior.

    • João Paulo

      É romano, esteja certo de que ao vivo ficou muito, muito ruim. Saí do ginásio com a sensação de que não recebi o que paguei. Faltou emoção. E, cabe uma observação: diminuíram o tempo de jogo, mas o preço do ingresso continua o mesmo.

  • Marcelo

    Tudo isso por interesse da Rede Globo… temos que acabar com esse monopólio da globo, e começar com o futebol para ela sentir no bolso… aí quem sabe ela começa a ver os interesses do esporte ao invés dela própria.

  • Afonso RJ

    Pois bem: continuemos com o – segundo alguns – “blablabla, tititi e chororô”:
    Tomemos o jogo de ontem: três a zero, parciais de 21×15, 21×16 e 21×15. Duração total do jogo corrido (segundo site da CBV); 21+20+23=64 min. ou seja: pouco mais de uma hora.
    Sou só eu, ou tem mais alguém que se sente como fosse no supermercado e comprasse pacote de leite com 750 ml ao invés de 1 litro, ou 750g ao invés de 1kg de feijão, e pagasse o mesmo preço pelos dois?
    Estamos sendo enganados e roubados. Na verdade, o que a TV quer é defender seus interesses e nos empurrara goela abaixo uma enxurrada de comerciais. Seu ideal é que chegue o dia em que toda a programação se resuma a anúncios e mais anúncios, com um bando de descerebrados assistindo a tudo passivamente com olhar perdido de peixe morto e um filete de baba escorrendo pelo canto do lábio, para no dia seguinte correr para as lojas para comprar um monte de inutilidades (tipo 4×4 de 3 toneladas para buscar criança na escola). E se bobear, pelo andar da carruagem estamos caminhando para algo próximo a isso.
    Quanto a mim, já não assisto a RIGOROSAMENTE NADA na TV, com a honrosa excessão das partidas de vôlei. Nem o Globo News Painel vejo mais (assisto no computador). Baixo os filmes e documentários que me interessam do Pirate Bay e assisto na TV LCD via pen drive em alta definição e sem intervalos comerciais. Pelo visto em breve nem vôlei vou assistir mais.

  • emanuella

    alguém mata o Nabert por favor. o que é esse palhaço defendendo a regra da Globo com unhas e dentes?? Idiota completo.

    • Afonso RJ

      Eu não esperava menos. Os paus mandados da TV vão ficar a superliga inteira repetindo que a melhor coisa que aconteceu na história da humanidade até aqui não foi a descoberta do fogo, da roda ou da agricultura. Foi o set de 21 pontos!!! E garanto que vai ter um monte de descerebrados concordando.

    • mateus

      O pior de tudo é ter que escutar nalbert, marco freitas, tande, luis carlos jr, sergio mauricio…falando que essa nova regra veio pra melhorar o volei e tentando empurrar guela baixo que isso é bom pro esporte e que temos a melhor superliga de todas,sendo que pelo que tenho visto nos sites europeus,nenhum campeonato nacional aderiu a nova pontuação.

      • Mister Vôlei

        O Brasil como sempre é usado de cobaia para tudo que não presta. Essa regra veio simplesmente para acabar com o vôlei, falam que é para tornar “viável” para a TV aberta transmitir. Porém o que adianta tornar “viável” para a TV aberta se ninguém vai assistir? Eu pelo menos não estou vendo nenhum telespectador feliz com essa nova regra que veio para afundar o vôlei tornando-o chato e sem graça.

  • Bruno

    Vamos assinar a petição que ta rolando galera!!!http://t.co/evLPNgy7mM

    • Afonso RJ

      Já assinei. Fiz a minha parte. E obrigado pela dica.

  • Quando fiquei sabendo que o set ia diminuir para 21 pontos fui contra desde o início e ontem assistindo o jogo do Cruzeiro e São Bernardo vi que eu estava cerca,não gostei do que vi,achei o jogo chato sem atrativo e muito rápido.Eu realmente espero que essa regra não se torne oficial !

  • Léo

    Não animei sair de BH pra Contagem pra ver um jogo que seria um massacre, e duraria 1h.

    • João Paulo

      Léo, eu animei fazer isto pela saudade que estava de Volei e por que gosto muito de ver o jogo no ginásio. Mas confesso que me frustrei bastante…

  • Mister Volei

    Não teve a menor graça assistir a um jogo que logo no início acaba.Tomara que a audiência despenque para perceberem o erro que cometeram.

  • João Lucas

    Me senti um idiota. Querem diminuir o tempo da partida e aumentaram o tempo do intervalo entre sets. Isso é um absurdo. Estão destruindo o voleibol e tem pessoas do gabarito do craque e ex-capitão da seleção Nalbert dando apoio a essa regra horrorosa.

    Moro na região metropolitana de BH e não vou mais a Rena VIVO vai ser desperdício de tempo e dinheiro. Fico imaginando também as atletas como por exemplo as jogadoras do Molico/Osasco que sairão de São Paulo chegarão ao Maranhão, ou vice-versa, para uma partida que pode não chegar sequer a 1 hora de jogo. Volto a dizer isso é o cúmulo do ABSURDO.

  • sara

    eu ate aceitaria melhor a mudanca se os jogos fossem transmitidos em tv aberta. acho q nesse caso a exposicao de patrocinadores para mais gente valeria a cagada da mudanca. mais empresas teriam interesse em bancar equipes, que teriam mais dinheiro e por consequencia mais investimentos em jogadores e infraestrutura. mudar a regra pra continuar transmitindo jogos so no sportv ou no esporte interativo, q apesar de ser aberto tem menor alcance, eh uma afronta a nossa inteligencia.

  • Bernardo

    A culpa disso tudo é do Ary Desgraça, que ao invés de melhorar o volei só prejudica. Esse cara nunca fez nada a favor dos clubes, só pensa nos próprios interesses e assim vai colocando dinheiro no bolso que deveria ir para os clubes. Para algumas coisas melhorarem só se algumas pessoas deixarem de existir.

    • Bernardo você falou tudo! só de pensar que eu torci pra ele ganhar ,achei que se ele ganhasse ele ia trazer melhorias para o vôlei,mas ao invés de trazer melhorias está acabando com o vôlei!

  • Aline

    Adorei o novo time do Cruzeiro, elenco reforçadíssimo com o objetivo principal de ser Campeão Mundial!
    Achei o máximo esse ponteiro gigante Luiz Diaz de 2,05m, o cara é craque de bola!
    O Cruzeiro tá muito mais forte do que já era e vai ser osso duro de roer nessa temporada.

    A BANDEIRANTES é muito pior que a GLOBO!!!
    A GLOBO pelo menos transmite um jogo INTEIRO sem mutilações!!!
    A BANDSPORTS da rede BANDEIRANTES esquartejou, estripou, mutilou o jogaço CROÁCIA X RÚSSIA pelo Campeonato Europeu!
    O Jogo estava pegando fogo: Rússia 2 x 1 Croácia, com muita rivalidade, e placares apertados, quando do nada se encerrou a transmissão sem qualquer satisfação ao assinante. Simplesmente pararam de transmitir o jogo e começaram a programação seguinte sem cerimônias, e não falaram mais nada do jogo, nem flashes do andamento, nem placar, nem nada…
    Simplesmente cortaram o jogo pelo meio e o trataram como se nunca tivesse existido.
    É isso que o voleibol merece?
    Eles nunca cortam um jogo de futebol pelo meio, mesmo que seja da terceira divisão, porém voleibol eles fazem isso!
    Simplesmente não respeitam o voleibol!!!
    E tem gente que ainda reclama da Globo…
    A Globo, transmite pouquíssimo voleibol, mas pelo menos não corta o jogo no meio, a Globo sempre transmite até o fim.
    Já a Bandeirantes, não é a primeira vez que faz isso.
    Já tive várias vezes o desprazer de ter um jogo mutilado pela Bandeirantes ridícula!

    • João Paulo

      Um erro + um erro = dois erros.
      Não é por que a Band também não dá importância ao volei que os erros da Globo para com este esporte se apagam.
      Acho que quando nos referimos à Globo nessas discussões, é por que a Globo é quem tem o direito de transmissão da Superliga e é a emissora que está sempre em evidência pelo poder que tem.
      A discussão vai muito além de transmitir o jogo inteiro, pois a nova regra interfere em várias outras questões que que não só a transmissão.

      • Aline

        J.Paulo eu tbem detesto a Rede Blogo, ou melhor, Globo…
        Mas a Bandeirantes eh muito ridicula em relacao ao volei! Por varias vezes ele corta os jogos pelo meio pra transmitir ate bizarrices do tipo bate-papo sobre futebol…
        O fato eh que no Brasil NINGUEM respeita o volei!
        Que emissora tem prazer em transmitir volei? Nenhuma!
        A verdade eh que nenhuma emissorra arrisca a quebrar sua grade de programacao para transmitir volei!
        A solucao da Bandeirantes foi cortar ou mutilar o jogo para adequar a sua grade.
        A Band estipulou 1h30min para Russia x Croacia, se o jogo acabasse antes disso bem, senao AMEN!!! Corta fora o jogo e dane-se quem eata assistindo!
        Infelizmente essa eh a triste realidade do volei na TV brasileira…

  • Marcelo

    Pessoal, vamos protestar , manifestar contra.

    Entre no site abaixo , e protestem de forma inteligente.

    http://www.voleibrasil.org.br/fale-conosco/

    • Afonso RJ

      Fui lá de deixei patente o meu repúdio à decisão de reduzir a contagem dos pontos em cada set.
      Espero que mais gente também demonstre sua insatisfação.
      Quem sabe se a grita for grande eles escutam?

    • Afonso RJ

      Em tempo:
      Reproduzo aqui o texto que enviei à CBV:

      “Só para deixar registrado meu repúdio à redução dos pontos de 25 para 21 em cada set. Não vou me alongar argumentando os motivos (que são muitos) por acreditar já serem de seu conhecimento. Apenas gostaria de frisar que pratiquei o volei nos tempos de colégio e acompanho assiduamente o esporte desde que fui assistir ao Brasil x URSS no Maracanã em um dia de garoa, e pela primeira vez me sinto desestimulado a continuar. Na minha opinião pouca coisa poderia prestar maior desserviço ao esporte”.

MaisRecentes

Uma vaga aberta na semi do Mundial: a do Sada/Cruzeiro?



Continue Lendo

Sada/Cruzeiro sofre com o “próprio veneno” no Mundial



Continue Lendo

Copa Brasil com TV apenas na final



Continue Lendo