A grandeza que o Pinheiros tem!



No dia do aniversário de 459 anos de São Paulo, o Pinheiros, clube social da cidade que mais investe no esporte olímpico, deu um presente improvável para seu torcedor.

O time dirigido por Wagão fez 3 sets a 1 no poderoso Sollys/Nestlé, em pleno Ginásio José Liberatti, parciais de 25-16, 28-26, 20-25 e 25-19, protagonizando uma das maiores zebras da Superliga 2012/2013.

Apoiado em um saque forçado e inteligente, o Pinheiros mandou em quase todas as parciais. O fundamento foi responsável por 11 pontos diretos, um número fantástico. Como comparação, o Sollys fez apenas um, com Thaisa, no fim do segundo set. Com o passe quebrado, Fabíola precisou jogar com as bolas de segurança. Mas Sheilla esteve em um dia irreconhecível, terminando o duelo com míseros três pontos. Fernanda Garay se destacou com 17 acertos, um a mais do que Thaisa.

Pelo lado do Pinheiros, a levantadora Macris distribuiu bem as ações, priorizando Ellen e Andreia. Ambas receberam 21 bolas, virando 17 e 15, respectivamente. Ellen terminou o jogo com 24 acertos, enquanto Andreia e Glauciele fizeram 15 cada. Quem merece uma menção mais do que especial é a líbero Léia, eleita a melhor em quadra. Ela fez algumas defesas fantásticas,  sendo responsável por boa parte do volume de jogo que a equipe da capital demonstrou.

Tenho um certo sentimento tradicionalista em certos assuntos. E fico feliz, por exemplo, quando vejo um clube como o Pinheiros, rico em história esportiva, voltar a triunfar. Lá se respira esporte. Natação, basquete, vôlei, atletismo, boxe, badminton, esgrima, ginástica, handebol, pólo aquático, saltos ornamentais… E não apenas para profissionais, mas com escolinhas de base em vários deles. Além de possuir uma estrutura física de Primeiro Mundo, algo que se vê também no Minas Tênis Clube, em Belo Horizonte. Mesmo quando os patrocínios minguam, times de vôlei desta dupla não são descontinuados. Aposta-se no barato, na base. Faz parte do DNA dos clubes.

Já ouvi algumas conversas de bastidores de uma possível mudança de patamar do Pinheiros na próxima temporada. A Porto Seguro Auto Mulher entreou recentemente seu investimento no esporte no time de vôlei de clube. Um resultado como o de hoje deve dar total confiança para o patrocinador continuar nos próximos anos, com um aporte bem maior. Seria bem interessante para a próxima Superliga.

Espero que o Pinheiros tenha aprendido também com fracassos anteriores. Ou alguém já se esqueceu do time estelar de Giba & Cia. montado com dinheiro da Sky e que ficou devendo bons resultados?

A vitória do Pinheiros, no dia do aniversário de SP, me faz refletir sobre um outro assunto. A maior cidade do país, centro financeiro da América Latina, sede das maiores empresas, não deveria ter maior representatividade no vôlei? Vou abordar esse assunto na minha coluna Saque, deste domingo, no LANCE!.

Agoram fiquem à vontade para comentar sobre o jogo.



  • robert rj cidade de deus

    Show,não pelo Sollys que não fez uma boa partida mas sim pela super liga que daqui a algum tempo torço para chegar ao nível do masculino,equilíbrio total!!!

  • Euri

    Se não torcesse pelo Osasco nesta superliga, teria adorado o jogo das meninas do Pinheiros. Fiquei triste com a derrota, mas não me surpreendeu. O time já vinha sofrendo faz tempo não só com a dificuldade da Sheila de virar as bolas difíceis que uma oposta deve ser capaz de virar, mas também com as dificuldades de recepção, e nesse jogo o bloqueio não ajudou em quase nada. Foi só o Pinheiros forçar o saque que o jogo do Osasco foi para o espaço. E eu não vou nem falar da líbero do Pinheiros, que deu aula de posicionamento na defesa.

  • Thyago

    Daniel é impressão minha ou em vários momento o jogo da Sheilla e da Fabiola não se encaixam? eu admiro ambas, mas ao ver a Sheilla jogando com a Fofão ou até mesmo a Dani a diferença é gritante… A Sheilla está pontuando muito abaixo do que é aguardado dela, raramente é decisiva… as bolas de confiança estão ficando com a Jaque e Fernanda Garay…

    Você concorda comigo ou acha que o problema está na Sheilla?

    • Paulo

      No campeonato mundial de clubes não houve essa dificuldade, tanto que a Sheila foi a MVP e a Fabíola a melhor levantadora, segundo as estatísticas. Acredito que a equipe do Sollys está sentindo o desgaste de jogar durante muito tempo no máximo e agora vem numa curva descendente. Acredito que com um trabalho de recuperação, coisa que a excelente equipe técnica do Osasco é capaz de fazer, o time volta a jogar bem.

      • Thyago

        Tomare :/

  • Thyago

    Daniel é impressão minha ou em vários momento o jogo da Sheilla e da Fabiola não se encaixam? eu admiro ambas, mas ao ver a Sheilla jogando com a Fofão ou até mesmo a Dani a diferença é gritante… A Sheilla está pontuando muito abaixo do que é aguardado dela, raramente é decisiva… as bolas de confiança estão ficando com a Jaque e Fernanda Garay…

    Você concorda comigo ou acha que o problema está na Sheilla?
    O fato é que a Ivina estava sendo muito mais decisiva do que a oposto titular…

  • Daniel Bortoletto, superliga passada Fabíola foi a melhor levantadora, indiscutivel, mas o passe do osasco era algo de outro mundo, ela jogava com a bola o tempo todo na mão, esse ano o passe do osasco está muito abaixo do apresentado em outras superligas, eu te pergunto: será q o Zé tinha razão quando disse, q sem o passe na mão a Dani Lins é superior?, e a mudança de bola pesou na linha de recepção do osasco, já q ano passado tinha Tandara e mudou para melhor esse ano com a Garay?

    • Paulo

      Se me permitir gostaria de comentar. Acho que Fabíola e Dani Lins são exatamente iguais no sentido de jogar com o passe na mão ou não, ou seja, ambas são espetaculares jogando com passe A, apenas regulares com passe B e quando não tem passe de jeito nenhum elas não conseguem render. A diferença entre elas é que, com passe na mão, a Dani acelera mais o jogo e a Fabíola consegue distribuir melhor as jogadas entre as atacantes. Concordo que a linha de passe com Garay é melhor, a Tandara rende mais jogando de oposto, entretanto nem Garay nem Jaque estão bem no passe nessa temporada.

  • Afonso RJ

    1 – Pela primeira vez o site da CBV deixou a gente na mão. Anunciou a transmissão via web dos jogos Praia Clube x S. Caetano e Rio do Sul x S.Bernardo, mas não transmitiu. A bem da verdade, parece que transmitiram um pedaço do jogo do Praia, mas mesmo assim deixaram furo.

    2 – Assisti na íntegra Unilever x Minas. Foi um massacre, sem muita emoção. O time carioca entrou mordido pela derrota no primeiro turno e começou a partida concentrado, não dando chances para as mineiras. Fechou o primeiro set em 25×14. No segundo set, venceu um abalado time mineiro por impressionantes 25×9. No terceiro set, o Bernardinho, como vem fazendo, botou as reservas para jogar. Começaram o set Gabi e Regis no lugar de Logan Tom e Natália, e entraram Roberta e Bruna no lugar da Fofão e Sarah Pavan, respectivamente. Mesmo jogando apenas dois sets, Logan Tom essa noite estava com a macaca. Sacou, bloqueou, atacou, defendeu. Se não me engano pontuou em todos os fundamentos. Merecidamente levou o viva volei. Por outro lado, a atuação da Sarah Pavan foi apenas discreta. O jogo da Natália vem crescendo, mas ainda está longe do de jornadas anteriores.

    3 – Eu comentei aqui os jogos do Sollys contra os moscas mortas (com todo o respeito) S. Bernardo e S. Caetano. Nos dois jogos as meninas do Sollys entraram desconcentradas, jogando à meia bomba, certas que venceriam os sets e os jogos quando quisessem. E estiveram certas nas duas oportunidades. Me pareceu que contra o Pinheiros, um time também não tão bem colocado na classificação geral, acharam que repetiriam a dose. Só que encontraram do outro lado um time melhor tecnicamente que os adversários anteriores, jogando solto porém aguerrido e numa noite inspirada. No primeiro set, quando tentaram acordar já era tarde. O Pinheiros já tinha aberto uma diferença grande demais. No segundo set, o Sollys apertou um pouco a concentração, mas me pareceu que ainda achava que venceria com facilidade. Endureceu mais o jogo, mas não o suficiente. O set foi decidido no “vai a dois”, pelo time do Pinheiros após salvar uns dois set points. No terceiro set o Pinheiros relaxou um pouco e prevaleceu a maior qualidade técnica do time de Osasco. Eu cheguei a pensar que o Pinheiros ia se dar por satisfeito com o pontinho conquistado, e que o Sollys iria virar o jogo, mas no quarto set as meninas do Pinheiros fizeram a partida da vida delas. Jogaram com garra e determinação, surpreendendo as osasquenses que jogavam o tempo todo pressionadas a partir do segundo set. E deu no que deu. Diga-se de passagem, que algumas jogadoras do Sollys renderam bem abaixo do usual (principalmente a Sheilla), enquanto que o Pinheiros fez uma partida quase irrepreensível. Parabéns para as meninas pinheirenses. Destaques a levantadora Macris na distribuição ds jogadas e a líbero Léia (que levou o Viva-Vôlei).

    4 – Para mim, o grande jogo da noite: Amil 3×2 Sesi. Não assisti direito ao primeiro e segundo sets, pois estava mais ligado no jogo do Maracanãzinho. Mas como o jogo aqui no Rio foi decidido rapidamente, deu para ver a maior parte da partida entre as equipes paulistas (que foi muito longa). O jogo foi muito equilibrado, disputado ponto a ponto. Grandes atuações da Tandara pelo Sesi e da Suellen pelo Amil. Impressionante o que a gordinha defendeu hoje. Botou para cima cada patada da Tandara que mal pude acreditar. Foi um Viva-Vôlei pra lá de merecido. Sinceramente, me fez pensar que talvez eu e muitas outra pessoas por aqui deveríamos repensar nossos conceitos sobre biotipos de atletas. Por outro lado foi uma das melhores partidas que eu vi a Tandara fazer ultimamente. Não tentou decidir só na força bruta, mas atacou na paralela, explorou a mão de fora, bateu para cima para explorar o bloqueio, deu largadinha de categoria, e até conseguiu melhorar na recepçao e defesa. Espero que continue nessa direção. Vamos precisar na seleção.
    Finalmente, a meu ver o que desequilibrou o jogo para o time de Campinas, além da grande atuação da líbero e atuações seguras da Daimi e Vasileva, foi o banco de reservas e as variações que o Zé fez durante a partida. Pode ser que eu me engane, mas acho que o Amil ganhou definitivamente a quarta colocação do Sesi, e depois da contusão da Herrera, mesmo estando a 4 pontos atrás tem chances de brigar pelo terceiro lugar com o Praia.
    Quanto ao Sesi, vem apresentando melhoras jogo a jogo e tudo indica que deve dar trabalho nos play-offs.

    • Marcelo

      Afonso, os Jogos que você mencionou ( Praia X São Caetano e Rio do Sul X São Bernardo) ambos foram transmitidos, porque eu acompanhei os 2.
      Foi uma pena a derrota do Sesi, o time vinha crescendo, mais ainda acho que está sem personalidade, a Dani Lins se perde nas jogadas, e a única que está fazendo uma superliga excepcional é a Tandara, está carregando o time sozinha, a Elisangela já deu o que tinha que da, uma oposta serve para receber e virar bolas e não ficar em quadra por ficar.Eu senti que o Sesi está sentindo falta da Ingrid e da Suelle( que não sei pq que não está jogando).

      Agora o jogo do Sollys e Pinheiros, foi muito bom, a Léia defendeu tudo e mais um pouco, a Ellen fez 2 primeiros sets incriveis, mais caiu um pouco nos 2 sets seguintes, quando a Andréia e a Glaucielle cresceram, méritos para elas, que jogaram muuiitaaa Bolaa, e essa vitória dá confiança para o time para os próximos jogos. Agora Sollys entrou com o favoritismo, abusou dos erros, e se não mudar de atitude, vai acabar ficando para trás, Sesi e Amil estão chegando perto dos vices lideres…E pode abocanhar um segundo lugar, não é impossivel, e já que vi que nessa superliga, tudo pode acontecer…

      • Afonso RJ

        Grande Marcelo:
        Concordo com você.
        Quanto aos jogos transmitidos pela web, pode ser, sim que tenha sido tilt do meu computador, já que eu estava correndo atrás da transmissão do jogo da Unilever pelo Esporte Interativo. Aliás, fiz uma assinatura oficial paga, instalei um software deles para assistir, e na hora do jogo passaram MMA (que eu ODEIO). Depos fui descobrir que a globo por contrato impede a transmissão via internet. Na mesma hora cancelei a assinatura, e fui assistir em sites piratas. Depois, ficam dizendo que pirataria é algo nefasto. Pelo menos nesse caso, VIVA A PIRATARIA!!!!!

  • Thamyres

    Estive no Liberatti, e foi muito bom ver o Pinheiros não se intimidar na casa do adversário, com a torcida contra, e contra um time montado para levar a superliga com base de seleção brasileira.
    O Sollys teve um apagão (novamente essa temporada), mas o Pinheiros sobrou em quadra. Teve um volume de jogo invejável, defendendo muito. Andreia pode não ter pontuado muito , deixando que Ellen o fizesse, mas Andreia esteve muito bem nas coberturas de ataque e bloqueio.
    Macris fez uma distribuição consistente e sacou muito bem.
    O Saque do Pinheiros esteve muito bom.
    Parabéns ao Pinheiros, eu sempre torço pra uma reviravolta na superliga e quem sabe isso não seja um belo começo?!!
    Pinheiros é o time tradicional de São Paulo e espero que na próxima temporada venha com maior patrocínio.

  • Caco

    Ae, galera, eu sei que este post é sobre outra coisa, mas alguém sabe algo sobre o novo treinador da seleção feminina da Rússia, Yuri Marichev, além de que ele treina atualmente o time masculino do Dinamo Krasnodar? Para mim foi uma surpresa. Se alguém souber, favor responder ao post… Valeu!

  • @Felipe_hiego (BA)

    Pinheiros Jogou tudo o que não tinha jogado na superliga até agora, sempre gostei dos valores que esse time tem. Uma levantadora boa de mão, ponteiras versáteis, Centrais boas de bloqueio, uma oposta que dá bastante alternativas para a levantadora, pelo fato de ser central de origem, e ter jogado de ponteira, e uma libero que recepciona muito bem e tem um posicionamento de defesa excelente, embora as vezes lhe falte técnica de defesa, seu posicionamento lhe ajuda muuuuuuuuito, e além de tudo são jogadoras jovens, que podem brilhar muito mais nos próximos anos. Ontem jogou de mais, sejamos sinceros, foram mais méritos do time do Pinheiros do que deméritos do Sollys. O time do Pinheiros sacou muito bem, porque fazer 11 pontos diretos em uma equipe que em termos de clube tem a melhor linha de recepção do brasil, quiçá do mundo, significa muita coisa. A jovem equipe não se intimidou com o momento final do segundo set em que o Sollys reagiu, chegou a ter um Match point, suportou a pressão e levou o set. A repórter do Sportv foi muito feliz na entrevista com a MVP do jogo, a Léia, ao declarar que o time merecia o Viva Vôlei, Realmente no sentido coletivo o time se Saiu muito bem. Já tinha reparado na Ellen ano passado quando ela jogava no Rio do Sul, foi a 15ª maior pontuadora da superliga jogando de titular apenas um pouco mais da metade da superliga. E se não fosse sua lesão no cotovelo com certeza, tinha Brilhado na Seleção B e estaria Ombro a Ombro, com Tandara, Sarah, Garay e Neneca, e Vasileva, Uma vez que Herrera, Provavelmente, não jogará mais a Superliga, pelo Posto de Maior pontuadora do Campeonato !

  • Luiz

    Por isso que eu digo: aqui no Brasil não basta ser campeão olimpico, tem que bilhar sempre. Agora em tudo quanto é lugar a Sheilla é o demônio (bem feito pra ela que se deixou envolver neste jogo de mídia!), até tres meses atrás ela era a melhor do mundo. Mari é tratada como lixo, Waleuska é xingada nos ginásios, Fofão é chamada de burra se erra um levantamento. Ser figura pública no Brasil é muito difícil. Não há respeito.

    E sobre o jogo:
    Eu só queria saber qual é probema da Jaqueline? Ela e a Sheilla estão se desentendendo em quadra, uma olha feio pra outra, mas o pior de tudo foi ver a Jaqueline falando um “Filha da P….” baixinho pra Sheilla. Jogadora HORRÍVEL, de mídia, joga maquiada, se preocupa só com o cabelo, e os closes. É porque a Sheilla é muito educada mesmo. Quero ver esta ariranha fazer isto com a Daymi. Teria coragem? Acho que não.

    • Daniel_Sam

      Que engraçado, no mesmo post que vc falou sobre falta de respeito com campeãs olímpicas, vc mesmo desrespeitou a MAIOR PONTUADORA da final de Londres…

      Rsrsrs, sejamos todos exemplos de respeito , começando por aqui…

  • lucas kazan

    esquece o sollys e vamos comentar o jogp dp rio x sesi-sp pela segunda vez rio sendo beneficiado pela arbitragem rio tem as costas quente com a cbv será?

  • meyre

    foi um belo jogo, parabens às meninas do pinheiros!!!
    gente, por favor , alguma alma caridosa pode disponibilizar ou indicar onde eu encontro jogo do SESI x RJX ???
    Estou me corroendo , por ter perdido este jogo espetacular, por favor, por favor me ajudem!

    • Afonso RJ

      Os jogos transmitidos pela Globo (sinal aberto) não tem reprise. Pelo menos nunca vi uma. Mas felizmente sempre aparece uma alma caridosa que grava a transmissão na íntegra e coloca no You Tube. Geralmente leva em torno de 24 hs para estar disponível. Procure amanhã pelo Google (RJX x SESI), e refine a busca para Vídeos – Longos – Ultimas 24 hs. Não tem a mesma qualidade de uma transmissão oficial, mas dá para ver razoavelmente. Boa sorte.

  • Melina

    A maior cidade do país, centro financeiro da América Latina, sede das maiores empresas, não deveria ter maior representatividade no vôlei?
    Quem precisa ter representatividade no vôlei são cidades do Nordeste, do Centro-Oeste e do Norte. Ainda que a cidade em si ainda não tenha uma representatividade que se espera, o estado em si compensa. Difícil é pra um nordestino se interessar com vôlei, sendo que esse deveria ser o caminho, descentralizar (e possibilitar uma final diferente na Superliga Feminina porque, francamente, desde 2004 a mesma final?).

    • Adriano

      Concordo plenamente. De mais a mais, São Paulo, a cidade, já tem grandes representantes tanto no masculino quanto no feminino, pelas equipes do Sesi, e pelo Pinheiros. Isso sem falar nos times que se concentram na região da capital paulista, os times do ABC, Osasco. O vôlei, de modo geral, está todo estruturado em torno dos estados de São Paulo e Minas. Não vejo o que tem aí pra revitalizar. Fomentar o vôlei em outras praças, isso, sim, seria bem importante.

      Quanto ao jogo do Pinheiros, foi uma grata surpresa. É ficar de olho, daqui pra frente, na Ellen e na Macris, que já vêm se destacando em equipes menores desde a temporada passada. Enquanto isso, o Sollys perdeu pontos preciosíssimos, numa tarde bastante infeliz da Jaqueline, Fabíola e, principalmente, Sheila, e agora não depende mais de si para tentar garantir o primeiro lugar, vai ter que torcer por um tropeço da Unilever.

    • Bia Ferraz

      Dizem que Sport pode voltar temporada que vem, no basquete eles montaram uma equipe com grandes nomes.

    • Felipe Lima

      Eu gostaria que fosse aplicado o sistema de conferências aqui no Brasil (algo parecido com a NBA). Divide o país em regiões – aproveitando que o Brasil é quase um continente-, bota os times pra jogar dentro de seu grupo e nos playoffs teríamos os cruzamentos devidos.
      Na minha opinião o sistema facilitaria para surgir times em centros menos visíveis pra grande mídia, além de poder criar “rivalidades” locais, podendo ser um atrativo a mais pros jogos. Além disso, por estarem concentrados numa mesma região, os deslocamentos seriam menores, gerando menos custo para as equipes. Limitando a um máximo de 8 times por grupo, teríamos no máximo 14 jogos nas fases classificatórias (turno e returno – um número excelente, visto que já tivemos jogadores reclamando do tamanho da Superliga quanto à quantidade de jogos).
      O ponto negativo talvez seria a falta de intercâmbio entre as equipes. Pois você jogaria sempre contra as mesmas equipes, só alterando nos playoffs. Talvez, num médio prazo acabe desequilibrando os grupos, gerando times muito fortes numa região e times fracos noutra…

      Eu acho que é algo a ser observado!

  • lucas kazan

    o proximo ardiversario do rio é o v. futuro sera que a arbitragem vai ajudar o rio novamente.

    • lucas kazan

      =adversário.

    • lucas kazan

      Corrigindo adversário.

    • lucas kazan

      Corrigindo adver….

    • Luiz

      Com CERTEZA!

  • lucas kazan

    ops desculpas deu erro no pc

  • Juju

    O pinheiros jogou bem, mas o Sollys já vem jogando mal há alguns jogos. Não acho que seja displicência ou salto alto. As coisas não parecem bem, a Thaisa e a Sheila andam muito sérias, a Fabíola não levanta bolas pra Sheila, as vezes em alguns contra ataques,a levantadora insiste na mesma jogada duas vezes com Garay e Jaque e a Sheila livre pela saída. Tudo bem que a oposta não tem virada muitas bolas, ms ela também não tem recebido. Fora a questão da Jaque ter chamado a Sheila de F.. de uma P…, não sei se existe problemas entre as jogadoras, a impressão olhando de fora é que existe problemas de relacionamento, mas só quem está lá dentro pra saber realmente o que está acontecendo. A Sheila não desaprendeu a jogar volei e a Fabíola acertava a bola no mundial, de uma hora pra outra também parou de acertar? Mas a coisa boa é que a Jaqueline voltou a tomar tocos, e isso não tem preço.

  • essa história que o LUIz comentou da Sheilla com a Jaqueline é verdade?

    • Thiago H

      Que historia eh essa ?

  • bsb

    Gostaria de entender a frase: “Mesmo quando os patrocínios minguam, times de vôlei desta dupla não são descontinuados.” Bom não sei se eu estou em outro planeta, mas o time do Pinheiros no masculino deixou de existir. Essa frase não se encaixa nesse caso. E é bom exaltar a vitória, mas dizer que continua tudo bem com o Pinheiros é se enganar. O time está numa pessima colocação e só não esta pior pq não dá. Uma vitoria ou derrota não podem falar por todo um conjunto. Sobre o jogo, o Sollys jogou muito mal, a Sheilla esta numa fase em que joga bem na seleção e pessima em clubes. Mesmo sendo um jogo contra um time fraco a torcida do Osasco mostrou pq é a melhor torcida da superliga, fez uma festa incrivel. E olha que eu nem moro em SP para falar isso.

    • Adriano

      Você só pode estar brincando, em relação à campanha do Pinheiros, né? O time está em 7º, 3 pontos atrás do Minas. Sendo que no returno, ele já enfrentou Unilever, Sollys, Praia e Sesi, só tem mais um dos fortes pela frente, enquanto que o Minas, pelo contrário, fora a Unilever, só jogou com os times mais fracos – Rio do Sul, São Bernardo, São Caetano – e deixou pontos pelo caminho. Provavelmente o Pinheiros vai terminar em 6º no fim da fase classificatória e, bem, dá uma olhada no investimento do time. Eu diria que isso seria um resultado bem decente.

      E o Daniel obviamente se referia ao time feminino do Pinheiros, além dos dois times do Minas. Esses são times que existem há décadas. O Pinheiros nunca tomou iniciativa de ter um time masculino. A ocasião surgiu quando a Sky resolveu montar um time e precisava da estrutura de um clube, apenas. Nada além disso. O Pinheiros nunca moveu uma palha pra ter um time masculino caso ele não fosse bancado por um patrocinador forte. Mas o time feminino, como as equipes do Minas, entra patrocinador, sai patrocinador, tão sempre aí.

  • Neide

    Só para refrescar a memória de muitos que estão criticando a Sheila, no dia 19 de OUTUBRO de 2012, a SHEILA foi CAMPEÃ MUNDIAL numa final espetacular contra o timaço do RABITA BAKU, fazendo uma competição excelente na qual terminou como MAIOR PONTUADORA jogando com a FABÍOLA, MELHOR SACADORA e MVP do MUNDIAL. Logo depois do seu AUGE no CAMPEONATO MUNDIAL, Sheila sofreu um acidente doméstico em 31/10/2012,no qual fraturou o pé. Devido a essa fratura Sheila ficou muito tempo afastada dos treinos e foi perdendo condicionamento físico e ritmo de jogo, enquanto isso IVNA vinha atuando como titular. A fratura tem pouco mais de 2 meses, Sheila ainda não voltou ao melhor de sua forma e, portanto, tenham paciência: “ELA É CRAQUE DE BOLA” e a “MELHOR DO MUNDO EM 2012!”. Não tenho dúvidas que nas quartas-de-final, Sheila já estará bem melhor. Alguém aí é atleta e já ficou um bom tempo sem treinar por causa de uma fratura e voltou no mesmo ritmo de antes??? Sheila não é máquina, é um ser-humano e merece muito crédito e tempo para voltar à melhor forma.

MaisRecentes

Cai o primeiro técnico após UMA rodada da Superliga



Continue Lendo

Luizomar e Rizola não conseguem vaga no Mundial



Continue Lendo

Visitantes mostram força na rodada



Continue Lendo