A entrevista de Mari sobre o corte: “Seria louca se concordasse”



Acabei de voltar da entrevista coletiva de Mari. Minhas impressões e algumas das frases da ponta sobre o polêmico corte da Seleção Brasileira que vai disputar a Olimpíada de Londres.

Ela, que aparentava certa tranquilidade, iniciou a entrevista revelando como foi o corte. Me pareceu sempre muito sincera em todas as respostas.

“Estava indo para a lavanderia. Zé me chamou para conversar no quarto mesmo. Falou que estava me cortando por questões técnicas e que isso iria nos separar. Respondi que respeitava a opinião dele”

Durante a entrevista, ela deu mais detalhes:

“Quase todas estavam dormindo naquele momento. Liguei para a Fabizona. Sheilla estava com ela no quarto e ficou alvoroçada. Aí várias delas começaram a sair dos quartos, chorando. Fabi estava inconformada.  Depois me ligou chorando. Eu estava melhor do que elas. Chorei quando algumas delas me abraçaram”. Mari disse que estava até tranquila, já que precisaria viajar sozinha de Saquarema para o Rio, logo depois.

Mari deixou claro também que não concorda com o corte, quando perguntei se ela se sentia injustiçada.

“Foi injustiça sair aos 45 minutos do segundo tempo. Me sinto um pouco injustiçada. Abri mão da minha vida pela Seleção. Tenho 28 anos, joguei duas Olimpíadas como titular, uma como oposto e outra na ponta”.

Depois, foi além:

“O Brasil está meio revoltado com meu corte”

Mari disse que havia se preparado para o pior, principalmente após o corte de Fabíola.

“Estava esperando qualquer coisa. E estava me preparando, pois tudo podia acontecer. Para o grupo foi uma surpresa”.

Em outro momento da coletiva, admitiu que a decisão tomada por Zé Roberto era complicada.

“Fui uma decisão difícil para ele. Acho que ele resolveu antecipar meu corte por saber que seria polêmico”.

A jogadora não concorda com a forma que o técnico optou para definir as 12 que jogarão em Londres. Hoje, em Saquarema, Zé revelou que vai viajar com 12 jogadoras para a Olimpíada, deixando o último corte para a véspera do início dos Jogos.

“Vai ser triste. Uma atleta viajar, estar lá, tão perto do sonho e ele vai tirar. Acho até um pouco antiético”

No mais, ela negou que o grupo tenha problemas de relacionamento, disse não estar 100% recuperada dos problemas físicos (ombro, joelho e costas), mas disse que isso não a impediria de atuar. Sobre o futuro na Seleção, deixou no ar a possibilidade de voltar “tenho lenha para queimar”, mas dependendo do futuro pós-Londres, que pode marcar o fim da era Zé Roberto. Revelou também que vai viajar em breve para a Europa e deverá estar por lá durante a Olimpíada. “Se conseguir, vou ver as partidas”

Finalizo esse texto, com a posição clara dela sobre o corte

“Discordo. Seria louca se concordasse”.



  • Sergio

    Legal! Valeu Daniel.
    Uma pena que não deu pra assistir direito.
    Foram muitos acessos e o vídeo travava e demorava mt tempo para carregar.
    Só consegui ouvir a parte em que ela falou dos filhinhos caninos.
    =D

  • Jessica

    Digna. Isso é coerência e respeito.

    • Fabiano

      Essa é uma jogadora diferenciada sim! Não me recordo de outro atleta que tenha sido tão injustiçado quanto a mesma na fatídica partida contra a Rússia.

      Muitas pessoas acham a jogadora mascarada pelo simples fato de não ser “dada” aos demais. Personalidade não se discute. A pessoa é assim e ponto final. Outra jogadora estaria aos prantos ou então atirando para todos os lados (até mesmo a Sra. Bernardinho já fez isso uma vez).

      Acredito que Olimpíada é momento, mas apesar de todos os seus problemas físicos, prefiro vê-la em quadra do que o limitado ataque da Jaqueline. Mas isso é questão de gosto!

      Parabenizo a jogadora pelo seu posicionamento e torço pela recuperação dessa espetacular atleta.

  • mari diva

    Daniel, e qdo teremos o video da coletiva na integra?

    Depois de tudo isso, so resta mesmo esperar o tempo curar essa ressaca.
    E sim, Mari. O Brasil esta revoltado com seu corte.

    • Daniel Bortoletto

      logo a TV L! colocará algumas matérias no ar

    • Chico Neto

      Minhas desculpas à Mari Diva, mas o Brasil não está, não!, revoltado com o corte. Isso é coisa de fã!
      Faz muito tempo, muito mesmo, que a Mari tá jogando pedrinha, com alguns lampejos da ponta que um deia foi. Aliás, aos 28 anos, e com tanto tempo de estrada, dava prá ter melhorado, um pouquinho só, que fosse, a horrível recepção e passe, que os adversários conhecem e exploram com sucesso.
      Parabéns à excelência e coerência do técnico Zé Roberto, melhor treinador de volei que o Brasil tem ou teve. Muito, muitos, furos à frente de qualquer concorrente.

      • diego

        Concordo com você, Chico! A revolta é coisa de fã!!! Acho que poderia ter ficado e poderia ter ajudado sim, mas, nada insubstituível nem excepcional!! A Mari merece todo respeito e gratidão pelo que fez à seleção, mas com as condiçoes de jogo que vinha apresentação, estava sujeita ao corte.

  • @alcidesxavier

    O melhor foi ela com a camisa britânica, só pra cutucar!
    Entre Natália “não recuperada e sem ritmo eu prefiro ela com toda bagagem e rodagem internacional. É bom que Zé traga o Ouro, se não…

  • Jailson

    Acho uma tremenda falta de respeito esse corte em Londres.Ele está esperando o amistoso com a Rússia em Londres dia 25/07.

  • Sergio

    só falta o vídeo! =D

  • Fabricio

    Não acredito em uma palavra…
    Essa jogadora é diferenciada, especial e essa entrevista só prova isso…
    Todos sabemos o que realmente está acontecendo… o treino com a seleção infanto, a briga com Paulo Cocco, o caso Sheilla…
    No entanto, Mari, ao invés de “tacar a merda no ventilador” mais uma vez assume sua cruz e se cala…
    Sou fã dessa jogadora e aguardem o seu retorno…
    Obrigado por tudo, Mari!!
    Vc jamais será esquecida…

    • Danilo

      Me conta essa história de seleção infanto e briga com a Paulo Coco….

      • Luiz

        Parece que ela estava jogando muito. Os meninos chegaram até a pedir o autógrafo dela. Enquanto conversava com os meninos, ela disse que preferia jogar na ponta. Paulo Côco estava perto e jogou na cara dela o fato de ela não ter feito “nada” ultimamente como ponteira, nem nos clubes e nem na seleção. Ela respondeu, e ele foi correndo contar para o Zé Roberto. É isto que está rolando por aí.

        • ackilles

          faltou ela falar porque na temporada atual ela não consegue dar um passe certo e porque o Bernadinho quase infartou por causa das más atuações dela. Seleção é pra quem está em melhor momento. Sassá e Natália tb devem ser cortadas se o treinador for coerente.

      • annie

        Paulo Côco não está nessa. Foi ZRG, por causa da Sheilla. Ninguém tem coragem de falar nada negativo em relação a Sheilla, por aí você veja a força que ela tem.

        • bruno andre

          po nada aver! isso em annie, vc nao deve acompanha o volei se fosse por isso Sheila e Mari nao atuariam no mesmo time , allem disso acho a Marii uma jogadora diferenciada de muitas do voleibol brasileiro , alem de ser muito fria e descisiva . ella esbanja talento, e beleza nas quadras nao sabe oq fala fica quieta olha o curriculo da mari . ela ea sheilla
          juntas sao as melhores jogadoras do voleibol brasileiro, nao adianta falar que o time do osasco e imbativel que nao existi nada imbativel … so deus e imbativel

      • Rosa

        Danilo, li esse comentário num blog, tem tudo a ver com esse comentário do Fabricio.
        Vou colar o comentário aqui:

        “Informacões do blod SHARI (dedicado aos fãs de Sheila e Mari)

        Informações extra sobre o corte de Mari nas comunidades:

        “Informações quentinhas de Saquarema: Após um jogo treino da Seleção Feminina com a Seleção Masculina Juvenil, onde Mari atuou bem e inclusive foi elogiada pelos garotos da seleção, a jogadora comentou com o técnico que poderia ter um rendimento melhor na posição de ponteira, que teria mais chances de jogar na entrada de rede, já que dificilmente conseguiria ser titular na saída. O assistente técnico Paulo Coco que ouvia o papo e interferiu dizendo que a posição dela era oposta, que estavam abrindo mal de outros talentos para dar essa última chance a ela, e que ela fizesse uma auto-crítica da temporada que fez. Mari se irritou e os dois se desentenderam. O assistente então colocou a autoridade de ZRG em dúvida e logo depois insinuou que deixaria a comissão técnica caso isso se repetisse. Não restou outra opção ao treinador a não ser cortar a atleta, que já não tinha o apoio das companheiras, com exceção a Dani Lins e Fernanda Garay, únicas que se mantinham próximas a ela na seleção.
        A CBV anunciou o corte como déficit técnico apenas para preservar as outras atletas e espantar o clima de crise interna às vésperas das Olimpíadas.
        Discurso aliás, que não se justifica, já que o próprio Zé Roberto deu uma entrevista para uma rádio local dizendo que não havia razão para ele não contar com Mari nos jogos de Londres.
        Quem acompanha o dia a dia da seleção sabe que ZRG tem uma relação especial com Mari desde os tempos do BCN, a própria mulher de Zé tem um carinho muito grande por ela. O treinador pediu a moça que não desse entrevistas antes ou durante os jogos, e ela pretende acatar. É esperar os jogos acabarem para ver ela soltar a língua.”

        Hoje tem coletiva da Mari ás 14:00 será que ela irá contar algo???”

        • Rosa

          Annie, se Sheilla tivesse esse poder todo que vc está falando……..pq o ZRG cortou a Mari somente agora???……..As duas estão convivendo na seleção desde os treinamentos para o Pan de guadalajara em 2011. Se conviveram esse tempo todo, pq não poderiam ficar juntas mais um mês?

          • annie

            ZRG queria que todas as jogadoras brigassem pra ser titular e pra ir pra Londres. As disputas se acirraram no GP. Mari ia lutar até o fim pra ser titular, e Sheilla não tava a fim de ver sua titularidade ameaçada a cada jogo pela Mari. ZRG “cortou o mal pela raiz”, como a Mari disse. Pra bom entendedor, meia palavra basta.

          • Naty

            Eu tb acho que o ZRG não cortaria a Mari por causa da Sheila.
            Eu só fico triste porque fica esse disse me disse, um mais sem fundamento que outro e não abrem o jogo logo.
            ZRG iria cortar Mari por um desentendimento com Paulo Coco? Será?
            ZRG cortaria Mari por causa da Sheila? Duvido. A própria Mari falou que não foi….se já estava “p” da vida, teria falado na entrevista.
            O ZRG é um técnico fenomenal, pode voltar sim com o ouro de Londres com ou sem Mari, mas seria muito mais ético dar explicações verdadeiras. Não precisa sair falando quem brigou com quem, mas se foi relacionamento, fala que foi relacionamento e pronto.
            Muito triste isso……

          • carlos

            Essa Annie é muito cheia de estórias e histórias.

            São adultas e profissionais, Mari e Sheilla são duas ladys. E, apesar dos pesares, sempre tentaram seguir jogando bem dentro da seleção.
            Houve um clima ano passado, mas é problema delas, o importante que Mari fará falta.

  • Duda

    Parabéns pela entrevista.

    Discordamos do corte e como foi feito o corte, sem planejamento algum…

  • Marcelo

    Se todo atleta após ser cortado, fosse dar entrevista se dizendo injustiçado seria o cúmulo, afinal, os mesmos deveriam entender que é para isso que serve os técnicos, assistentes e as estatisticas que neste caso desta jogadora, está bem abaixo do ideal nos últimos anos. Outra coisa, ela deveria usar esta “vontade” dela em falar, dentro da quadra dando na bola e não se preocupando se foi justo ou injusto seu corte……

    • Rafa

      Queria ver se fosse a Paula, Jaqueline, Sheilla ou outra experiente cortada, se iriam manter a mesma opinião.
      kkkkkkkkkkkkkk Quanta hipocrisia!
      Quero ver essas jogadoras acima, responderem na bola também justificando suas convocações pra Londres.
      Se não jogarem nem 10% do que sabem, aí vão ter que aguentar as consequências, afinal, o Zé não levará as ”melhores”? É aguardar pra ver.

      • Sergio

        Concordo contigo Rafa.

        • Ana Cris

          Eu tb!
          Isso é besteira, nenhuma das jogadoras da seleção estão 100%, a Mari tava melhorando das lesões. Acho uma palhaçada, pra não dizer burrice mesmo, o ZRG querer esperar a Natália até o último minuto, pior vai ser a coitada que será dispendada na porta do estádio olimpico!!!

    • Leandro

      Assino em baixo !

    • Darci

      O problema é que nem todo atleta, ao ser cortado, gera tanta falatório quanto a Mari.
      Falaram um monte sobre a vida pessoal da moça e da sua relação com as colegas.
      Especularam até que a Sheilla tinha pedido a dispensa da jogadora.
      Mais do que normal que ela desse uma entrevista e colocasse uma pá de cal sobre o assunto.
      O corte foi justificado como sendo por motivos técnicos. Ela não concorda. Ponto final.

      E para os fãs mais exaltados, fica, ao menos, um bom exemplo: ela vai torcer pelo seu país e por suas colegas nas olimpíadas.

      • bruno andre

        po darci!!! els nao sabem oq fallam nao leram a entrevista da mari , quando ela dizia que a sheila , fabiazona , e fabi m ligaram pra ela chorando ao saber que ela tinha sido cortada da seleçao brasileira . fuiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii recado dado

    • CMA

      Na verdade não tem nada de demais ela se sentir injustiçada, isso é normal, mas cade a entrevista da Fabiola, ela também deve ter as mesmas coisas para dizer, deve se achar tão injustiçada quanto a Mari.

      o mais interessante que ela falou foi tirar a culpa da Sheilla, para polpar a coitada dos fãs loucos que vivem atacando a Sheilla no twitter. de resto é o obvio.

      aposto que as duas proximas cortadas também se sentiram injustiçada.

    • lizzy

      Se o corte da Mari foi por questões técnicas, então pq a Natália ainda está na equipe? Ela é a enviada divina? Só pode ser! Pelo menos a Mari, mesmo com dores, teve tempo de treinar com a seleção. Alguns afirmam que a sua presença na seleção ocorreria apenas devido ao respeito por uma campeã olímpica, então eu pergunto novamente, oq a Natália faz nesses grupo? É respeito ao q? A uma figura q ele acredita q “pode” ajudar a trazer o título p/ casa? É uma pena observar q cada vez mais, o volei absorve as característas da sociedade futebolista.

    • CMA

      Concordo, mas na verdade não tem nada de demais ela se sentir injustiçada, isso é normal, mas cade a entrevista da Fabiola, ela também deve ter as mesmas coisas para dizer, deve se achar tão injustiçada quanto a Mari.

      o mais interessante que ela falou foi tirar a culpa da Sheilla, para polpar a coitada dos fãs loucos que vivem atacando a Sheilla no twitter. de resto é o obvio.

      aposto que as duas proximas cortadas também se sentiram injustiçada.

    • Marcelo RJ/JF

      Com certesa, por isso o JRG e o unico tecnico campeão no masculino e no feminino no mundo.
      Essa atleta não esta com essa bola toda, estava acomodada assim como varias outras.
      Acredito na capacidade do tecnico e que ele sacuda ainda mais as acomodadas para elas começarem do nada novamente.

  • ju

    mari diva smp saiu de cabeça em pe

  • cleia

    Cara! Como ele pode cortar a Mari e deixando a Natália se recuperando de uma lesão e está parada á meses não sabe nem se ela vai estar em condições fisicas.E e ainda tem duas liberos,a Sassá, Tandara e fernanda Garay…pelo amor de deus a Mari mesmo não estando na sua melhor é de todas ela aí.Sem contar o respeito gue ela no mundo volei essas aí não põe medo em nimguem.

    • lopes

      Voce quer dizer mais bonita e com mais curriculo que as tres, porque na bola Mari indiscutivelmente está jogando bem menos que as tres, e nesse aspecto, o corte foi justo.Caiamos na real, ser diva não ganha jogo, Mari vem,pelos vários motivos que todos sabem, jogando mal a pelo menos dois anos.

  • Airton

    A última frase da Maria deveria ser: “Seria louca se eu concordasse em ele me levar, sendo que eu não joguei nada o último ano”. Entrevista de jogadora dispensada sempre será assim, discordando.
    A verdade é que a Mari não pode ficar presa ao passado, ao que ela fez nas últimas Olimpíadas. Ela foi ótima no passado, mas o que conta para Londres é o momento atual, e atualmente ela não está bem. Ninguém é convocado pelo nome e atualmente Mari é só um nome. Se voltar a ser a Mari de antes, vai ser convocada novamente para outras competições. Também discordo do corte última jogadora em Londres. Se há menos de 20 dias para o início das Olimpíadas o JRG não sabe quem serão as jogadores que ele deve levar, então quem deve ser cortado é ele. Fico sentido pela Mari como pessoa, mas como jogadora o corte foi justo.

    • Darci

      Entendo o seu argumento Airton, mas, tendo em vista que ele levará Natália e uma décima terceira atleta para Londres, ela seria louca mesma de concordar com o corte por motivos técnicos.

      Natália não disputa uma partida há quase um ano por questões físicas. Mari jogou muito mal na superliga, mas jogou. Digo mais: ela jogou no Grand Prix e, na minha opinião, foi uma boa reserva.
      Se somarmos tudo isso, o fundamento apresentado para o corte não se sustenta.

      Se o motivo foi outro, ela não expôs e fez muito bem ao agir assim. Tem que respeitar as companheiras que disputarão as olimpíadas e não criar polêmicas neste momento.

      • Airton

        Mas Darci, tem dois problemas nesse caso: O corte da Mari e ele manter a Natália na equipe. Sobre o corte da Mari eu penso que talvez ele pudesse cortar outra jogadora, mas a Maria era uma das que estavam na berlinda pelo voleibol apresentado. Então dentro dos critérios dele ele resolveu corta-la e jogadora não deve se revoltar mencionando as glórias do passado. Ninguém tem é vitalício na seleção e o momento de cada um acaba passando um dia.
        Quanto a Natália, eu acho que ela deveria ter sido a primeira a ser cortada, e os motivos eu nem preciso dizer pois você já disse acima. É simplesmente um absurdo mantê-la na equipe.
        Nisso sim eu vou concordar muito com você, os fundamentos para ele fazer o corte da Mari são totalmente incoerentes.

        • Darci

          Concordamos mais do que discordamos, na verdade.
          Uma decisão (corte por motivos técnicos) é conflitante em relação à outra (apostar em uma atleta que não joga há uma temporada). Mas, afirmar que não há fundamento algum no corte da Mari não é razoável. O rendimento dela estava longe do ideal.

          Por outro lado, também acho que ele poderia ter cortado outra jogadora baseado no mesmo critério (técnico). Isso porque irregularidade de desempenho foi o que predominou no GP e Mari, como reserva, teria mais a oferecer do que algumas atletas que lá permaneceram. Mas, esse é o palpite de uma mera expectadora distante da realidade encarada pelo treinador da seleção.

        • Como o voley dela estava na berlinda? Ela não teve oportunidade de jogar nem meio jogo completo, só entrava em finzinho com o vaca atoçada.

      • Darci

        Correção: “louca mesmo”

    • Brenda Tena

      Airton, entonces que jugadora debe ir a Londres???
      Como deben ser valoradas o que debe ser tomado en cuenta para que formen pate de la selección???… Porque lo que yo vi en el pasado GP ninguna esta en un optimo nivel de juego, la selección B de USA les arrebato el oro, Zé tuvo que probar 3 levantadoras para ver a quien llevaría dejando fuera quien gana el premio de mejor levantadora en la pasada SL y él aun espera a que Natalia despues de 8 meses sin jugar sea liberada para jugar las olimpiadas???… Woooo
      Entonces no hay duda alguna de porque Mari tenia que estar fuera de las olimpiadas…

      • Hola Brenda, por supuesto, si yo doy mi opinión que el jugador tiene que ir a Londres, lo haré como un torcedor. Aquí todo el mundo está hablando de las cualidades de Mari en el pasado, pero nadie se acordó de las cualidades de José Roberto Guimaraes, dos veces campeón olímpico. A pesar de mi opinión, nadie mejor que él para decir que los jugadores se adaptan mejor a en el esquema que quiere montar.
        En relación con Natália, también sabe las condiciones físicas y técnicas de ella. Si no lo cortan porque quieres tomar. En este caso particular, el grupo que yo prefiero tomar el Tandara que puede jugar en la entrada y salida de la red. El Natália fue contratada por Unilever para aprendre a jugar como punta, pero no hizo ningún juego en esta posición. Tandara ya jugó dos temporadas en la punta, y tiene una buena cerradura. Pero como he dicho, Zé Roberto es un ganador técnica y sin duda sabe lo que está haciendo. Perdonpor mi español.

    • ackilles

      Airton, assino embaixo, sem provocação perante as opiniões diferentes. Fez uma temporada deprimente.

      • annie

        Jaque fez uma ótima SL e não tá jogando bem agora! Olimpiada é momento. O momento da SL acabou!

  • Daniel,
    Oelo fato dela ser cortada para os jogos Olimpicos isso quer dizer que ela nao atuará nunca mais pela seleção ? Ela foi cortada apenas dos jogos e não de sua participação futura na seleção.

    Estou cconfuso quanto a isso…

  • Daniel,

    Pelo fato dela ser cortada para os jogos Olimpicos isso quer dizer que ela nao atuará nunca mais pela seleção ? Ela foi cortada apenas dos jogos e não de sua participação futura na seleção.

    Estou cconfuso quanto a isso…

    • Daniel Bortoletto

      só está fora da Olimpíada, inicialmente

  • ju

    to aplaudindo de pe a mari que foi digna estou te aplaudindo e que vc seja muito feliz na turquia

  • annie

    …E seria louca se revelasse o verdadeiro motivo do corte. “‘Liguei para a Fabizona. Sheilla estava com ela no quarto e ficou alvoroçada.” A palavra ‘alvoroçada’ tem vários sentidos, positivos e negativos, ex: animada, excitada. Deve ter tido “fogos de articício explodindo” dentro da Sheilla,tipo ‘Zé fez o que eu quis uhooooo.’ Pra quem ficou casada com a Mari por uns 7 anos, Sheilla era pra estar indignada.

  • laura

    O povo adora colocar a Mari contra a Sheilla, mas não vão conseguir, o grupo estava super unido, brigas normais como a Mari falou, mas tem um bando de loucas que adora colocar o nome da sheillinha no meio, vão lavar suas calcinhas sujas suas idiotas!

    • annie

      Esqueceu a indignação da Mari quando ela não quis pegar na mão da Sheilla no jogo contra a Tailândia? Vá no YouTube e veja. Sheilla não queria a Mari na cola, querendo brigar pela titularidade. Mari foi titular em duas Olimpíadas, 2004 como oposta, 2008 como ponteira. Ela queria competir pela posição e Sheilla já estava acostumada a ser titular absoluta. ZRG disse que queria competição entre as jogadoras pra motivá-las, mas deu pra trás no caso sheilla/Mari, “cortando o mal pela raiz” litaralmente, cortando a Mari.

      • CMA

        você é uma das loucas que vive atacando a Sheilla no twitter, acho que a sua opnião e suas teorias de conspiração não dá para se levar muito em conta.
        A Mari já disse que não tinha problemas no grupo, até foi para a Sheilla a primeira pessoa que ela ligou. então acredite na sua ídola e conforme-se, a Sheilla não tem nada a ver com isso.

        Coitada da Mari, só tem fãs doentes.

      • Sergio

        O vídeo tem 52 minutos Annie.
        Qual o momento do vídeo? Esse povo adora ver coisa. Assistem o jogo para ver se fulana vai cumprimentar ciclana, assim não dá.
        http://www.youtube.com/watch?v=2kYr0T8zuSc
        Esse povo que adora uma fofoca é mt divertido! Mas já deu né?

        • annie

          Procure um q mostra elas todas no fim do jogo agradecendo ao público!

      • Naty

        Annie, vamos lá…..
        Tb sou admiradora da Mari. Tem habilidades que poucas tiveram e terão.
        Mas esse ano, ela passou longe de ameaçar o lugar da Sheila. Sheila tem um poder de superação incrivel, muito dedicada, injusto o que estão fazendo com ela.
        Como já disse aqui, muito triste esse blá, blá,….e a gente sabendo que ninguém tá falando a verdade……

  • Dizem em outros sites que Mari e Sheila se relacionavam amorosamente, que a relação delas acabou e o termino influencio nao queda de qualidade tanto de Mari quando de Sheila (isso foi visivel), será que este comentario do ZRG de que Mari tem problemas de relacionamento com o grupo tem a ver com estes comentarios que ela e Sheila terminaram a relação e estão brigadas?

    Alguem sabe dizer algo?

    • Annie

      A briga não é pessoal, é profissional, pela titularidade!

  • Afonso RJ

    Não esperava menos da Mari: uma entrevista em que mostrou maturidade para reiteradamente afirmar que respeita a decisão do técnico, mas que ao mesmo tempo demonstra a autoconfiança de uma grande atleta ao dizer que se sentia em condições de contribuir para a seleção, não concordando com o corte.

    Nenhum atleta de ponta que se preze vai concordar com seu próprio corte, a menos que seja por problemas físicos incontornáveis. Ponto para a Mari. Ao mesmo tempo, sair “rodando a baiana” só iria atrapalhar seu futuro e até mesmo plantar uma semente desestabilizadora na seleção.

    Mas a verdade é que ela não vinha bem ultimamente. Se em determinados momentos brilhava como nos bons tempos, infelizmente não conseguia manter a regularidade. Falam de problemas de relacionamento com a Sheilla e com o Bernardinho, citam problemas físicos. Mas nada disso vem ao caso. O que importa mesmo é que seu voleibol andava abaixo da capacidade que todos estamos cansados de saber que ela tem.

    Daqui a mais uns dois meses, se inicia outro ciclo olímpico, e dessa vez vamos competir em casa. Acredito que haverá mudanças em ambas as comissões técnicas, e se iniciará um trabalho totalmente novo. A Mari, mesmo com 32 anos em 2016, tem talento suficiente para ser parte desse trabalho. Basta que esteja bem fisica e emocionalmente. E acho que jogar uns tempos no exterior, respirar novos ares, é um excelente começo. Bola prá frente, menina que você tem um enorme talento e tem muita gente torcendo de coração por você.

    • mps

      Este foi o comentário mais ponderado. Todos querem enxergar coisas que não existem só para por mais lenha na fogueira.

    • Marcio

      Se aos 28 ela ja esta cheia de contusoes aos 32 vai estar toda alquebrada. Sem chance de ela jogar Rio 2016.

    • CMA

      finalmente um comentário de um não fanático, coisa rara no assunto Mari.

      Concordo que as duas comissões técnicas precisam trocar, e nada de colocar os auxiliares deles para serem os técnicos, nada de Paulo Couco e do Rubinho.

      Gente nova e com sangue novo.

      Mari ainda é jovem, pode ser uma das veteranas para 2016, cabe somente a ela.

    • Darci

      Muito sensato, como de costume.

    • Parabéns Afonso. Sensato e coerente.

  • Raffael

    Acho que o choro e desespero da Fabi é mais por conta da propria…O Zé mostrou que pode cortar qualquer uma( bem, algumas…), mas a batata da Fabi ta assando.

    • Thiago

      Pensei a mesma coisa.

    • Manoel

      Eu tambem achei engraçado essa historia de indignaçao da fabi..ela sabe que vai ser a proxima

  • Jorge

    Postura da Mari no geral de craque.
    No esporte, na vida…; o erro porque quis o errar tem resultado sempre negativo.
    O JRG está se despedindo da seleção feminina como fêz na masculina, por baixo.

  • Rodrigo Brum

    Parabéns, Mari. Faz muito bem em não ficar choramingando. Aconteceu, era um sonho, é injusto, mas foi! Agora é hora de pensar no futuro, dar o melhor de si e arrazar no Fenerbahçe. Muito curioso por seu retorno ao vôlei internacional e aposto que será em alto nível!

  • annie

    Lembram da indignação da Mari quando ela não quis pegar na mão da Sheilla no jogo contra a Tailândia? Tá no YouTube, refresquem suas memórias curtas. Sheilla não queria a Mari na cola, querendo brigar pela titularidade. Mari foi titular em duas Olimpíadas, 2004 como oposta, 2008 como ponteira. Ela queria competir pela posição e Sheilla já estava acostumada a ser titular absoluta. ZRG disse que queria competição entre as jogadoras pra motivá-las, mas deu pra trás no caso sheilla/Mari, “cortando o mal pela raiz” litaralmente, cortando a Mari.

  • Paula

    DIGNA E LINDA!

  • Leo

    É uma pena mesmo Mari estar fora! Achei que ela fosse descer o pau da barraca, mas não, ela foi muito disciplinada em suas palavras. Agora o fato do Zé cortar a ultima jogadora só em londres é de uma crueldade sem limites!

    • Ana Cris

      Cara! Também acho isso um absurdo! Pô, fecha o time e vai treinar, ficar nesse massacre com as jogadoras só desestabiliza o grupo!

  • annie

    A Mari sempre foi muito sincera! Se ela não tivesse bem tecnicamente a ponto de não poder ajudar o Brasil na Olimpíada, ela diria. O motivo não foi “questões técnicas.” Quem quiser acreditar no motivo oficial, está no seu direito.

  • annie

    Quem sai ganhando coma a saída da Mari da seleção? Sheilla, a oposta titular que não quer concorrência.

  • Luiz

    O Zé Roberto entra nesta olimpiada da mesma maneira que o Bernardinho entou em 2008 ao ir sem o Ricardinho. Ele entra pressionado para ganhar. Se não!!!

    Só não entendo uma coisa:
    Na fase final do Grand Prix, TODAS (digo TODAS) as ponteiras foram substituidas porque não estavam rendendo nada. Garay, Jaqueline, Paula fizeram a dança das cadeiras.
    Digo então, se todas elas não estão bem, por que cortar a Mari tão cedo? Ele deveria ter esperado para ver se não vai precisar dela.

    Agora, imaginem se depois que passar a primeira semana das olimpiadas – tempo que ainda se pode fazer substituições – A Natália quebrada, Paula, Garay e Jaqueline não remdem, e aí? Como é que fica?

    MEDO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • Marcelo

    Daniel, embora você não tenha incluído no texto, gostei especialmente da Mari ter declarado que se o Zé queria dar ritmo de jogo pra ela, não demonstrou isso no Grand Prix. Qualquer um que tenha acompanhado o torneio viu que ela não recebeu uma chance real de atuar, embora alguns insistam em afirmar o contrário. Mas mesmo sendo utilizada apenas em inversões, ela ainda conseguiu fazer a diferença. Se tivesse perdido aquele jogo pra Itália, o time do Zé provavelmente não teria nem se classificado pra fase final do GP.

    • annie

      Parabéns, Marcelo.

    • Laa

      Marcelo concordo com você ,acho que a mari não teve oportunidade,e o pouco tempo que entrava virava todas bolas q chegavam p ela.. Gosto muito da mari acho que ficar criticando ela não e bom pois há mari na minha opniao era a mais expriente e umas das melhores se nao a melhor..

  • Luciano

    Tirando a Thaísa, nenhuma dessas outras jogadoras tem ao mesmo tempo, garra, vontade, condições técnicas, personalidade, altura, força, ataque, bloqueio, saque, levantamento, passe. Não discordo de tudo que a Mari trouxe para o Brasil, inclusive a apatia ao comemorar um ponto. Hoje ela não pode se dar ao luxo de falar sobre desempenho, pois não está nem a 70% de outrora. A única coisa que concordo é que ela se sente injustiçada pois fazia parte da panela do ZRG que esqueceu de valorizar o atleta e ficou com essa de amiguinhas. JUnto ao Bernardinho na seleção masculina é a mesma coisa, vai ele tirar o Murilo e colocar um Lucarelli que todos caem matando pra cima dele, então que aprendemos o seguinte, aqui no Brasil se joga mais pelos serviços prestados do que pelo momento atual. Por isso seleções lúcidas como USA e Itália deveriam ser como espelhos. Apesar de term jogadores e jogadoras antigas nessas seleções, eles não possuem outras opções como temos aqui no Brasil, haja visto nossa última Super Liga, tanto masculina como feminina com atletas de altíssimo nível que passarão suas carreiras sem nunca terem sido aproveitados no cenário das seleções..

  • “O Brasil está meio revoltado com meu corte”

    Menos Mari. Quem acompanhou a Copa do Mundo no ano passado e o Grand Prix este ano não deve estar tão surpreso assim.

    Concordo com o Zé Roberto.

    Acho q o último corte deve ficar entre Natalia e Sassá.

    • annie

      Blog errado. Vai lá pro do Voloch. Lá é baixaria, a começar por ele!

  • edison

    De boa, essa moleca de uns anos pra ca vem se achando demais, alem de demonstrar ser bem nojentinha abusada. De boa, se foi cortado acho é bom mesmo, pq gente metida tem é q quebrar a cara pra ver se aprende. A Ex-jogadora, q n lembro o nome dela agora, q é mulher do tec. Bernardinho, certa vez foi prepotente e abusada proximo a uma convocação, dizendo q n tinha ninguem melhor q ela e ela teria q ser convocada; bem, o resultado é q ela foi cortada e se n me engano, o téc. era o mesmo de hj. É isso ai. Tem q ser assim mesmo.

    • annie

      Blog errado. Vai lá pro do Voloch. Lá é baixaria, a começar por ele.

  • SÉRGIO ROSWELL

    NOSSA !! COMO O BRASILEIRO É BONZINHO !! E TONTO !! É SÓ A MARI “CHAMAR A IMPRENSA” (quem é ela prá isso ??) QUE TODO MUNDO FICA COM PENINHA DELA…
    O BRASILEIRO É MARIA VAI COM AS OUTRAS.
    SE ALGUÉM CHEGAR PRÁ UMA ENTREVISTA E DESCER O CACETE NA MARI, AÍ O MESMO QUE TÁ ELOGIANDO A MARI VAI MUDAR DE IDÉIA…
    BRASILEIRO É ASSIM. “MARI” VAI COM AS OUTRAS.
    ÊTA POVINHO ATRASADO.
    MARI SÓ FALTA VOCÊ SE CANDIDATAR PRÁ PREFEITURA DE SÃO PAULO.
    VICE DA SONINHA, CLARO.

    • Afonso RJ

      “Brasileiro é Mari vai com as outras” e “povinho atrasado” uma ova. Fale por você. Eu e a maioria aqui somos brasileiros e não nos consideramos nem atrasados nem sem personalidade a ponto de não ter opinião própria. Deixe de generalizar e ser preconceituoso que talvez um dia consiga fazer um comentário que não seja completamente idiota.

  • warlem

    Em um corte, penso que varios pontos sao levados em consideraçao.

    me lembro de Mari em uma olimpiada se esforçando, a Fernanda levantando
    bola so para ela estava de 24 a 19 para o Brasil e perdemos o quarto sete
    fomos para o sete de desempate e perdemos.

    naquele momento achei que Fernada estava forcando com ela, pois tinha
    opçoes e nao usava, parecia que as opçoes nao queriam assumir.
    foi muito triste.

    na ultima olimpiada ela foi o nome, e ganhamos o ouro.

    sou fã de Natalia, eh muito guerreira, mas precisa entrar no ritmo.

    talves a experiencia de Mari pudesse ajudar, mas o tecnico precisa ser
    respeitado, concordando ou nao.

    finda-se um ciclo, inicia-se outro, ela esta na proxima.

    abraços.

  • Luiz

    É muito engraçado ver alguns jornalistas e comentaristas defendendo o Zé Roberto. No jogo contra a Turquia, o Marcos Freitas disse que a inversão de rede com a Mari estava ficando cada vez mais natural e bem sucedida, e que estava gostando muito de ver a recuperação da Mari. No entanto, ao saber do corte, ele desceu a lenha nela, falando que ela não agarrou a oportunidade. Como acreditar na palavra destas pessoas?

  • Thiago

    Discordo do corte pelo material que temos, não pelo momento.
    Se fosse pelo momento, leia-se Superliga, várias jogadores em diversas oportunidades não teriam vez. Carol Albuquerque em Pequim, por exemplo. Sassá principalmente na temporada 2008/09. Fabi na última temporada. Mas sabemos que o critério não é tão matemático.
    Por isso, considerando que temos Fernanda Garay brigando pra ser titular, não consigo conceber a Mari fora das 12, porque pra minha a loira com uma perna e um ombro só é melhor que a Garay. Acho que considerando o conjunto das qualidades e defeitos, não seria tão simples ela ser titular na ponta, mas poderia brigar, sim.
    Agora vem o que? só falta cortar a PP4 pra termos Jaqueline e Garay nas extremas. Por Deus que eu infarto antes de começar os jogos.

  • Anna

    Daniel, vocês nã conseguem colocar a entrevista na integra? Obrigada!

    • Daniel Bortoletto

      sim. está no ar

  • JAVA

    EU NÃO ESTOU REVOLTADO! ELA MESMO ADMITE NÃO ESTAR 100% RECUPERADA. PROBLEMA NO OMBRO, JOELHO E COSTAS. SERÁ QUE PRECISA DE MAIS ALGUM MOTIVO PRÁ SER CORTADA?
    ATLETA SE RECUPERANDO DE UMA SÉRIE DE LESÕES, A TENDÊNCIA É O RENDIMENTO TÉCNICO CAIR, FALTANDO POUCOS DIAS PARA O INICIO DOS JOGOS, FOI CORTADA.

    A NATÁLIA TAMBÉM ESTÁ SE RECUPERANDO. NÓS QUE ESTAMOS DE FORA NÃO SABEMOS A REALIDADE DAS COISAS, O ZÉ SABE, E TEM TODO UM SUPORTE LHE DANDO AUXÍLIO PARA TOMAR AS DECISÕES.. É ÓBVIO QUE ELE NÃO TOMOU ESSA DECISÃO SOZINHO.

    QUANDO ACONTECE COM A GENTE É SEMPRE INJUSTO! E QUANDO ACONTECE COM OS OUTROS?

    A SELEÇÃO MASCULINA ESTÁ COM ALGUNS JOGADORES MEIA-BOMBA QUE IRÃO A LONDRES, VIMOS O QUE ACONTECEU NA FASE FINAL NA LIGA. VEXAME TOTAL!

  • Confesso que o corte da Mari só se justifica por problemas com o grupo, deficiência técnica, honestamente, pra mim não faz muito sentido. Ainda mais que não vi nenhuma grande atuação de nenhuma jogadora que atua nas pontas. Ela poderia jogar tanto na ponta como de oposta, na inversão e para aumentar o bloqueio, pois tem 1,90, nossa maior atacante, e sinceramente, não entendo a insistência com a Natalia, que não joga, repito, não JOGA há quase um ano, e seu jogo depende basicamente da força fisica, e é deficiente no passe. Se for como oposta reserva, mais incoerência ainda. Jacqueline sempre peida em momentos decisivos, Garay acho baixa pra virar bolas altas quando o passe estoura, Pp4 é raçuda, porém fisicamente também não é a mesma.E a Sheila é aquilo, bola redondinha, na fita, tem todos os golpes, mas se fica um pouquinho ruim, é um festival de largadas. Ou seja, havia vaga para a Mari. Torcer para que as Americanas encolham o braço quando o bicho pegar, pois é um time bastante jovem, das Russas pesem em função da idade e que o Brasil, apesar de tudo, arrebente.

  • mari diva

    Mari se posicionou mto bem. Foi clara em suas posicoes e manteve-se profissional. Claro que se mantida a comissao pos olimpiadas acho pouquissimo provavel sua volta. Mas acho tambem pouquissimo provavel a manutencao da comissao. Logo.. podemos sonhar com uma Mari com mta gana pro mundial 2014. Claro tambem que tudo isso foi no calor da emocao. Mas como tudo aconteceu e com a repercussao que se criou, ela nao poderia ficar calada. Cutucou a comissao, mas nao jogou a merda no ventilador. Faltou algum jornalista ser mais agressivo, pelo menos tocar no assunto relacionamento grupo x comissao. Ou tocar no nome Paulo Coco quando ela afirmou que a comissao se reuniu e decidiu pelo corte.

    E mais uma vez fica o gostinho do sonho interrompido. Eu to com a Mari, e ponto. Que venha campeonato turco e se Deus quiser, grand prix 2013, mundial 2014…

    Quanto a Londres, que me perdoem as atletas que tanto adimiro e torço, mas espero ansioso pela final USA x Russia e que ZRG se despeça da selecao de maos abanando.

  • OSA

    Esse ZRG é Louco
    O cara vai levar 13 jogadores para Londres e um dia antes da abertura das olimpiadas o cara vai cortar outra atleta, isso q é gostar de Emoção

    Vamos só ver o q ele vai inventar nessa lista de 12 atletas
    O fato é ou ZRG ganha o Ouro ou vai ser chamado de Burro pra sempre

  • Clivia

    Que pena, li somente agora sobre o corte da Mari. Sempre achei que o ZR sabe o que faz, embora eu ache injustiça com a Mari pelo histórico dela desde 2004.Mas se ela nao vai , quem vai? A Natália, acho ela uma ótima jogadora mas será que esta totalmente recuperada? A Tandara acho um pouco novata … Fica a duvida! Ainda vou torcer p o ZR mudar de idéia e p ele nao cortar a Paula nem a Garay pois senão ficara difícil torcer pela seleção sem as principais estrelas.

  • Mauricio

    concordo. bola para frente.

    ela não fez uma boa superliga e estava deixando a desejar na seleção. teve suas chances para mostrar que podia estar em londres. ponto.

    que as outras aproveitem essa oportunidade, em especial a tandara. assim é o esporte, assim é a vida.

    e como a mari mesmo disse, mais um desafio em sua carreira. força mari. força brasil.

  • Fl@Duque

    José Roberto Guimarães conhece tds essas atletas como a palma da mão, pois trabalhou com muitas delas nos clubes, e as dirige na seleção há tempos. Qto a Mari, se ele a julgou fora de condições, quem somos nós para criticá-lo? Garanto q ninguém ficou mais triste com esse corte do q ele, afinal eles tem uma relação quase de pai e filha. Mas é fato q a Mari há tempos não vem rendendo bem, com problemas físicos e técnicos. Achei justo o corte, se bem q o Zé poderia tê-lo antecipado para o trauma ser menor. Qto a Fabíola, eu a levaria, e acho q ele deveria cortar a Natália, q há tempos não joga, e a líbero Camila Brait (q aliás eu sou fã). Mas não duvidaria se ele cortasse mais alguma medalhona… até pq nas últimas competições fomos muito mau. O q importa é q vamos com um bom time para Londres, e q esses fatos não tumultuem o ambiente e alterem o foco q é o bi-olímpico. Vlw!

  • Ruthy grazielly

    a mari n mereçe isso ela e a melhor jogadora d volei d mundo ie muito sincera cara pq o zé fez isso ele e muito burro cabaçudo

  • daniel

    Parabéns a Mari. Muito digna sua entrevista. Fará falta.

  • daniel

    Uma ele cortou no saguão do aeroporto, outra na lavanderia, a próxima será onde?

    • Ana

      Ele disse que levará 13 e o último corte será em Londres (Natália ou outra), mas há rumores que a escolhida será quem ele der um para-quedas durante o vôo…

      • Annie

        Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • César Castro

    Com ou sem Londres, a história da Mari já está escrita. Parabéns, garota.

    Vc está acompanhando gente do quilate de Ana Moser, Virna e Leila no panteão de imortais do vôlei feminino brasileiro, só para ficar nas gerações que tive o prazer de ver.

    Muito boa sorte na Turquia e nos vemos em breve. Craque é craque e sabe dar a volta por cima.

    Boa sorte também para o Brasil e para as meninas que vão pra Terra da Rainha.

    Vamo que vamo, é vôlei na veia!

    • Marcelo RJ/JF

      Meu amigo, vc não viu Ana Moser jogar! Entendo vc dizer isso…

      • César Castro

        Marcelo, acho que você não é muito bom em interpretação textual. Eu comparei Mari às jogadoras que vi jogar e não o contrário.
        Agora, se você discorda do meu post, excelente, é um direito seu.

  • Rodrigo

    Tanta polemica e a verdade é uma só: Mari é horrorosa na ponta. Tem um passe terrível e não chama responsabilidade. Jogadora fria, sempre jogando com cara de m….., não vibra e ainda por cima existe todo um relacionamento sentimental aí no meio que ninguem tem coragem de falar. Parabéns Zé Roberto! Demorou!

  • Lucilene

    Daniel PARABÉNS pela sua coerência e respeito em relação as atletas que foram dispensadas,axo que esse corte vai servir para a Mari descansar e se preparar para fazer uma temporada 2012/2013 muitoo boa para voltar a seleção pq como ela disse acredito sim que tenha muita lenha para queimar ,axo que agora é só torcer para as meninas trazerem uma medalha pq acredito que o OURO será americano o que não seria uma surpresa,respeito a opinão do Zé pq não é qualquer tecnico q é Bi campeão olimpico

  • DIVA DO VÔLEI

    Fiquei perplexo com a materia do Sr. Voloch em seu blog, só pq a Mari não confirmou as suas declarações ele resolveu ataca-la. Deixei um comentario e ele simplesmente não colou no ar. Jornalista sem ética é o que mais tem por aí, uma pena. Ainda bem que temos o Daniel.

  • leleco

    Ela nao esta jogando nada, Vai reclamar do que?
    Alem disso o tecnico corta quem ele quiser, ninguem tem cadeira cativa em nenhuma seleçao.

  • junior

    Meu deus , esses fãs da mari sao doentes..kkkkkkkkkk…..eu ate gosto da mari (como jogadora), mas dava pra ver que nao tinha clima para ela na seleçao..essa historia de choro ..duvido muito..a sheilla ficou alvoroçada foi de alegria, isso sim..todo mundo sabe que a maioria das pessoas que trabalham com a mari a acham antipatica , e outra , ela nao tava jogando nada fazia tempo..ia para a olimpiadas so por causa do nome? mas o povo insiste em nao ver a realidade

  • Carlos Roberto

    A Mari de todas as ponteiras, é a que recebe pior na seleção. Jaque, Paula, Fê , todas estão no momento em um estágio superior a dela. Vejam como ela foi mau na Superliga, ainda mesmo quando voltou de contusão. Foi testada como oposta, coisa que também não deu certo . Vai para um time indicado pelo Zé Roberto, juntamente com a Paula, infelizmente não sei se vai valer a pena. Vejam como voltou a Fabiana, pois lá só podem jogar 3 estrangeiras e Fabiana quase não jogou, por isto ficou na reserva por varios jogos na ultima competição. Também falta a ela um pouco mais de vibração e sentido de grupo. O grupo tinha 15 atletas só podem ir 12. Lógico 3 vão sobrar, acho que uma delas tinha que ser Mari. Ele vai levar 2 liberos (Fabi e Camila), 2 levantadoras( Fernandinha e Dani), 3 meios ( Fabiana,Thaisa e Adenizia ) 2 opostas ( Sheila e Tandara) e 3 pontas( Paula,Fê Garay , e Jaque)- Minha opinião total 12 atletas.

  • Black (Ubiratan)

    NÃO GOSTEI!! sempre fui, e sou, fan de Mari, além de ser linda e tudo mais!! Concordo que ela não estava mais 100%, que enviar bola de segurança na maior roubada pra ela não significava garantia de bola no chão. MAS, PERGUNTO!! quem das banbanbans que são consideradas titulares nas possíveis posições dela tava passando confiança nesse Gran Prix? Elas sempre correndo atrás nos sets, muuitos erros de ataque, confiança maior só nas bolas de meio!!

    E só colocando Mari, tipo, 22×19, na maior roubada, sem espaço para mais erros, querendo que ela resolvesse o que as outras não fizeram o set todo. E quando Mari resolvia, no set seguinte voltava com o time considerado principal!! daí, era tudo novamente, erros constantes de recepção, levantamento e ataque, até colocar Mari nos últimos pontos.

    Ainda ficamos em 2o., apesar da inconstância!

    E tem sempre os que vêm com essa de que Mari é fria, não torce, não tinha ânimo e blablablá!! ela nunca foi de mostar os dentes, nem de gritar a cada ponto, mesmo qdo era 100% bola de ponto… vamos virar esse disco, não cola!!

    Não estava mais 100%, mas nem as demais meninas tb!! mesmo no banco ela seria uma referência para tentar resolver as roubadas de fim de set atrás de sempre, pela experiência, frieza e qualidade.

    Agora é torcer que as meninas que vão, voltem ao seu melhor! Vamos nessa!!

  • regina rios

    Eu achei realmente injusto o corte da Mari. E como eu outras pessoas também, gostaria de informar que está tendo um abaixo assinado para que possa ser entregue a CBV, pedindo o retorno da Mari. E ai pessoal vamos mostrar para a comissão técnica a força que o torcedor do volei brasileiro tem. Vamos assinar. Afinal não é só a jogadora que merece o respeito deles, nós torcedores também merecemos. portanto vamos lá assinar o site é: http://www.peticaopublica.com.br. Ainda dá tempo.

MaisRecentes

E vem mais um Zenit Kazan x Sada/Cruzeiro por aí!



Continue Lendo

Após virada incrível no 3º set, Minas avança na Copa



Continue Lendo

O tetra está vivo! Sada/Cruzeiro na semi do Mundial



Continue Lendo