A contusão de Leal



Muita gente me perguntou no Twitter ontem sobre a contusão de Leal, no primeiro jogo-treino entre Sada/Cruzeiro e Seleção Brasileira.

Ele torceu o tornozelo e está fazendo tratamento para a estreia no Mundial de Clubes, na segunda-feira. Logicamente, não participou do confronto de ontem, vencido pela Seleção por 4 a 1.

Já que os dois primeiros jogos do Sada serão, na teoria, os mais fáceis (Guaynabo e Matin Varamin), o cubano pode até ser poupado. Talvez seja melhor deixá-lo pronto e zerado para o confronto com o Belgorod e depois para as semifinais. Marcelo Mendez sabe que a força de Leal no saque e no ataque pode ser um diferencial contra equipes do calibre de Belgorod e Trentino.

 



MaisRecentes

Reflexão sobre o momento da Seleção é necessária



Continue Lendo

O novo capítulo de uma relação conturbada entre Brait e Zé Roberto



Continue Lendo

Coluna: A empolgante decisão da Superliga feminina



Continue Lendo