A contusão de Giba e um estímulo para rápida recuperação



Publico abaixo um e-mail bem legal enviado pela Giovana Ribas, esposa do jogador (de futebol) Lino. Ele sofreu contusão semelhante à do ponta Giba (fratura por estresse na tíbia) e teve uma recuperação mais rápida do que o esperado, após muito esforço na fisioterapia e um tratamento diferenciado ainda na cirurgia.

Caso o mesmo aconteça com o camisa 7 da Seleção Brasileira e da Cimed/Sky, a participação na Olimpíada de Londres não corre nenhum risco. Tentei um contato com o médico Ney Pecegueiro, mas não consegui confirmar se a cirurgia de Giba, marcada para o próximo dia 13, será parecida com a de Lino.

– Está sendo o momento mais difícil para trabalhar a minha cabeça, mas se o problema existe, temos de encontrar a solução. É mais uma dificuldade que vou ter de superar na minha vida. Depois de tanto perrengue para conquistar a vaga, quero fazer de tudo para defender novamente a seleção e coroar a minha carreira em mais uma competição. Neste momento, tenho me inspirado bastante no Nalbert, que passou por uma situação parecida em 2004, com o agravante de fazer uma cirurgia mais complicada ainda – comentou o ponta, no dia do anúncio da cirurgia.

Apesar de os médicos estimarem o prazo de retorno de Giba em dois meses, esse tipo de problema físico exige, muitas vezes, um tempo maior de recuperação, já que os atletas perdem a confiança e temem nova fratura na volta aos treinos mais pesados. Por isso, ter um prazo maior é importante, inclusive, psicologicamente.

Giba foi um dos melhores jogadores da Seleção em 2011. Depois de começar o ano em baixa e na reserva, ele se aproveitou bem das oportunidades que teve após as lesões de Dante e Murilo. Muitos que já pediam até a aposentadoria do ponta da Seleção mudaram de ideia. A presença dele em Londres-2012 passou a ser considerada importante.

Com a devida permissão, publico o e-mail de Giovana sobre Lino.

“Olá Daniel, tudo bem?
Eu e meu marido acompanhamos muito o seu trabalho, parabéns.
Lemos a matéria da lesão por stress do Giba, e sentimos muito; meu marido teve essa lesão em 2010, ele é jogador de futebol
da liga grega, fez a cirurgia aqui na Grécia, e durante a cirurgia, aplicaram diretamente na lesão as plaquetas do próprio sangue centrifugadas, e uma placa de titâneo do joelho ao tornozelo, mais ou menos como o Borges que teve a lesão ao mesmo tempo que o meu marido quando jogava no Grêmio.
Ele fez a cirurgia no dia 05 de outubro de 2010, e a previsão mais otimista de volta ao futebol foi de 4  a 6 meses de recuperação; meu marido, que é muito teimoso, resolveu voltar ao Brasil determinado a se recuperar em menos tempo, e por amizade,  conseguiu fazer toda a recuperação no Atlético Paranaense (que foram fantásticos e incansáveis). Trabalhou duro diariamente 4 horas, e sabe quando ele voltou a jogar? No dia 15 de dezembro de 2010 (2 meses e dez dias após a cirurgia)…por isso sabemos que o Giba vai passar por essa tranquilamente”.



  • Oliveira

    Olá, garotinho não seria interessante comenat sobre o Uberaba Sport, time de tradição do Trianguloa MIniero, o famoso “Zebu” e olha o hino do clube é um dos mais lindos, não perde nem para o hino do Corinthias.

    abraço.

  • GRACA

    Tomara que GIBA se recupere logo, ele e’ imortantissimo para a selecao brasileira, foi fundmental na COPA DO MUNDO e sera’ imprescindivel em LONDRES! SORTE GIBA!

MaisRecentes

Joelho afastará Gabi das quadras



Continue Lendo

As primeiras transmissões da Superliga na TV



Continue Lendo

Vaivém: Thaisa jogará a Superliga



Continue Lendo