A bola foi levantada. Quem vai cortar?



A festa organizada pelo Vasco para a despedida de Edmundo, na noite desta quarta-feira, em Januário, é digna de elogios. Ídolos merecem uma homenagem quando deixam os campos, as quadras, as piscinas.

Escrevi isso no Twitter, ao ver o início da festa vascaína: “O esporte (leia-se clubes e seleção) precisa fazer mais homenagens aos seus ídolos”.

O levantador Bruninho, da Cimed/SKY e da Seleção Brasileira, foi além e sugeriu que o vôlei seja o próximo esporte a dar o bom exemplo para valorizar quem brilhou por anos e anos nas quadras.

“Bacana a festa de despedida pro Edmundo! Pq no volei atletas como @mauriciovolei e @giovanegavio , bicampeões olímpicos, não tem uma festa?”

“Apenas dois exemplos de atletas que foram ícones do voleibol! Outros tantos tb poderiam ser homenageados!! #ficaadica”

Ele tem razão. Vimos, recentemente, Nalbert participar de um jogo no Maracanãzinho, com a camisa do RJX. Um caso raro. Tantos outros, como Maurício e Giovane, citados por Bruninho, poderiam ser homenageados  por clubes ou pela CBV pelos serviços prestados ao país.

Depois da sugestão de Bruno, fica a minha. Lembram-se do Jogo das Estrelas que o central Gustavo tanto pediu na temporada passada? Aquele que o Novo Basquete Brasil realiza com transmissão da poderosa Globo. Que tal um fim de semana das estrelas do vôlei brasileiro, nos moldes do All-Star Game da NBA?

Um jogo masculino, um feminino e um outro reunindo craques que recentemente deixaram as quadras (muitos, inclusive, estão em atividade em eventos pontuais do Banco do Brasil. Duvido que a instituição financeira, uma apoiadora de longa data da CBV, não compre a ideia). As chances são inúmeras. Jogo dos craques do Brasil versus os estrangeiros (cada vez mais numerosos por aqui); os craques da nova geração contra os “olímpicos”; a Seleção de hoje contra a Seleção de dez anos atrás. É só escolher e fazer. O vôlei pode, deve e tem craques de sobra para promover um grande evento como este.



MaisRecentes

Coluna: Temos de falar sobre Douglas Souza



Continue Lendo

Atualização do ranking mundial mostra caminhos do Brasil para Tóquio-2020



Continue Lendo

Douglas Souza desbanca Lipe e Tandara na escolha do melhor do ano



Continue Lendo