A boa estreia brasileira na Liga



Gostei da primeira partida oficial da Seleção masculina. Vitória por 3 a 1 (25-22, 25-20, 22-25 e 25-15) sobre a Polônia, atual campeã da Liga Mundial, na casa do adversário, com os principais atletas (Kurek, Bartman, Mozdonek…) em quadra.

Chamou minha atenção o equilíbrio entre os principais pontuadores do Brasil: Lucarelli (17), Leandro Vissotto (16) e Lucão (15).  Eder e Dante fizeram 11 cada. Ter cinco atletas com dois dígitos, com certeza, faz muita diferença neste nível de jogo. Como forma de comparação, a Polônia teve quatro nesta faixa de pontuação: Kurek e Bartman (15), Mozdonek (13)  e Kubiak (11). O quinto elemento desequilibrou: Nowakowski anotou apenas três.

Finalizando o quesito números, o bloqueio da Seleção funcionou muito bem, com 14 pontos, dois a mais do que o rival.

Outro ponto positivo foi o volume de jogo que o time brasileiro apresentou em quase toda a partida. Mario Junior conseguiu colocar muitas bolas para cima na defesa, permitindo vários contra-ataques. A dupla troca com William e Wallace oscilou um pouco, não funcionando na primeira mexida, mas depois sendo mais eficiente.

Como início de trabalho para um novo ciclo, a estreia foi animadora.

PS – Engraçado como os poloneses não provocam quando estão atrás no placar, né?

 

 

 



MaisRecentes

Reflexão sobre o momento da Seleção é necessária



Continue Lendo

O novo capítulo de uma relação conturbada entre Brait e Zé Roberto



Continue Lendo

Coluna: A empolgante decisão da Superliga feminina



Continue Lendo