25-2! Em plena Copa do Mundo



O placar do título deste post beira o surreal. Mas aconteceu na quinta rodada da Copa do Mundo feminina, competição que classificará duas seleções para a Rio-2016. As reservas dos Estados Unidos venceram hoje a Argélia por 3 a 0, em Matsumoto (JAP), com parciais de 25-7, 25-2 e 25-5.

Ou seja: as americanas levaram apenas 14 pontos em três sets.  Do total, sete foram em erros do time de Karch Kiraly. As argelinas então fizeram sete pontinhos, todos no ataque. Nadira Ait Oumghar, a maior pontuadora, terminou com três, em 22 tentativas. Safia Imadali recebeu o mesmo número de bolas e colocou duas no chão.

Imagem do jogo entre EUA e Argélia (FIVB Divulgação)

Imagem do jogo entre EUA e Argélia (FIVB Divulgação)

Difícil fazer qualquer tipo de análise mais séria neste cenário. O abismo existente entre duas seleções em uma competição que vale vaga nos Jogos Olímpicos é enorme. Talvez sirva ao menos para que todos reflitam sobre o processo de inclusão dos participantes e o número de concorrentes da Copa do Mundo. O espírito olímpico prevalece e são contemplados com vagas todos os continentes. Este será sempre um argumento válido. Então, 12 seleções brigam por duas vagas. Mas na verdade no máximo seis, forçando um pouco a barra, estão na disputa. A outra metade está no Japão sabendo não tem chance alguma. E pior: ainda corre risco de uma vexame constrangedor como o da Argélia. Vale a pena? Ou não seria melhor seguir o ranking mundial e fazer uma competição bem mais forte? Até porque, vale lembrar, a Olimpíada terá representantes de todos os continentes e a Argélia terá sua seletiva local para derrotar Quênia (que está na Copa também!!!), Egito, Tunísia, etc.

Hoje, o Peru perdeu um set para a China por 25-11. O Quênia perdeu por 25-12 para a Argentina. A Rússia fez 25-13 em Cuba. Vejam o nível das partidas!

No único jogo da rodada que não terminou 3 a 0, o Japão venceu a República Dominicana no tie-break. Na classificação, a Rússia segue na frente com 14 pontos, um a mais do que os Estados Unidos. Japão e China somam 12, enquanto a Sérvia tem 11. São os cinco que brigam de verdade pelas duas vagas no Rio.

Em tempo: Argélia e Quênia seguem com zero após cinco jogos. E creio que uma delas só irá pontuar na competição após o confronto direto.

 



MaisRecentes

Brasil impõe primeira derrota à Turquia na Liga das Nações



Continue Lendo

Entrevista com Kerri Walsh, três vezes campeã olímpica



Continue Lendo

Vaivém: Oposto troca Sada/Cruzeiro por Ribeirão



Continue Lendo