Saiba mais sobre a Liga Neon de CS:GO feminino no Dia Internacional da Mulher



Live Arena e o canal Esporte Interativo lançaram na última quinta 8 de março, Dia Internacional da Mulher, a Liga Neon de CS:GO feminino. Com apoio e formato inéditos para o cenário dos e-Sports no Brasil, o campeonato terá fase classificatória online, a partir de abril, e a equipe campeã será conhecida após playoffs presenciais na Live Arena, no fim de julho.

Até o momento, seis equipes já confirmaram participação: Vivo Keyd, BootKamp Gaming, Team oNe, Avalanche GG, RevoltZ Team e Team Select. Outras equipes interessadas poderão se inscrever pelo hotsite da Liga Neon, cujo link estará disponível a partir da próxima segunda-feira (12) nas redes do Esporte Interativo e da Live Arena.

A premiação dará às campeãs R$ 10 mil em dinheiro e, ao longo do campeonato, as participantes ainda levarão outras premiações. As transmissões serão feitas pelos canais Esporte Interativo e pela Twitch TV.

O lançamento contou com a participação de algumas jogadoras de CS:GO na plateia. No palco, Amanda “AMD” Abreu, da BootKamp, leu o manifesto da Liga. Um Talk Show comandado pelo apresentador Victor Lopes, do Esporte Interativo, e pelo analista Guilherme “GuizaO” Kemen teve a participação de Rodrigo Rivellino, idealizador da Live Arena, Kenia Toledo, CEO da GA Store e GFallen e mãe do astro do CS:GO Gabriel “FalleN” Toledo, Barbara Gutierrez, jornalista e editora do canal Versus IGN Brasil e Claudia “Santininha” Santini, jogadora da RevoltZ.

De surpresa, um vídeo foi exibido com mensagem de apoio das meninas da Vivo Keyd, que neste momento realizam bootcamp em Poznan, na Polônia, em preparação para a WESG na China.

– A expectativa é muito grande. É a primeira vez que acontece uma liga aqui no Brasil, com uma premiação boa, que estimula as meninas a quererem jogar profissionalmente. Quanto mais ligas e campeonatos assim, mais apoio e investimentos teremos para o nosso cenário – afirmou “Santininha”.

E MAIS 

– A Liga é mais que um campeonato, estamos trabalhando para o crescimento dos e-Sports no Brasil, focando no cenário feminino, que tem um potencial competitivo, de entretenimento e comercial muito grandes. Ficamos felizes que o nascimento da Liga Neon já tenha feito, inclusive, algumas organizações grandes contratarem jogadoras. Já é uma ajuda na profissionalização das meninas. Vamos nos concentrar em dar um show de transmissão e competição, com parceiros de altíssimo nível em estrutura, criação e comunicação – afirmou Leonardo Murakami, CEO da BootKamp.



MaisRecentes

PES 2019 ganha vídeo com revelações; assista



Continue Lendo

Destaques da E3: detalhes e gameplay de Assassin’s Creed Odyssey



Continue Lendo

Análise Press Start – Dark Souls Remastered



Continue Lendo