Geek & Game Festival confirma: ser nerd é ser pop à beça. O que vi da feira carioca



O termo “geek” faz referência etimológica a “bobo” ou “anormal”. O fato é que, hoje em dia, bobo mesmo parece ser quem não se inteira pelo universo geek e fica sem assunto nas rodas de amigo. Antes cultura de nicho, o fator nerd virou um padrão de consumo em diversos segmentos. E um evento como o Geek & Game Rio Festival, realizado neste fim de semana no Rio Centro (Barra da Tijuca), ratifica a força dos antes excluídos pelos “normais”.

A feira deu o seu pontapé na última sexta. Estive lá no sábado e passei boa parte do dia perambulando o pavilhão recheado de atrações. Não foi a primeira que tive a oportunidade de estar em um evento assim. Um ponto que me marca é o quanto o público se empolga com que o vê ou interage estando com os mesmos. A pilha nos grupos me parece mais evidente do que em muitas torcidas em jogos do Brasileirão, por exemplo.

Curtindo ou não o universo geek, cativa.

Além de lojas de brinquedos (para todos os gostos) que nos fazem agradecer ao santo criador do cartão de crédito (e xingá-lo depois), jogos de tabuleiro e de consoles, é muito bacana ver um nobre espaço como a Artist Alley, no qual artistas e escritores expõem suas criações – quadros, livros, desenhos, etc – bem no centro do evento. Havia um outro espaço que, particularmente, sempre me deixa entusiasmado em nível hardcore: o Games From Rio, onde empreendedores e game designers cariocas expõem e permitem que seus games sejam testados.

Me saltou aos olhos o projeto do quarteto dos jovens Luiz Victor Aragon, Padu Aragon, Camila Schmitz e Caio Portugal. Eles estão desenvolvendo o game “Politicagem”, explicado com mais detalhes por Luiz Victor.

– O jogador assume o controle de um deputado estadual recém-eleito. Daí ele precisa se virar, como avaliar projetos de leis, ter reuniões importantes e interagir com a população para resolver problemas de todos os tipos. Além disso, será possível você optar ser honesto ou entrar na onda de corrupção. Será importante não desequilibrar os níveis de estresse e saúde, principalmente com a família envolvida – contou ao blog.

A ideia é que uma demo (gratuita) do game seja lançada para PC e mobile até a época das eleições no Brasil (outubro). Tem tudo para ser um golaço dessa trupe. Outro ponto que é sempre positivo ser sublinhado é o de desfile de cosplays, sempre uma atração à parte nesses eventos. Afinal, quando você veria um Homem-Aranha e um McCree comendo pipoca juntos?

Digo com tranquilidade que muitas famílias reunidas, principalmente crianças, mostram que a cultura nerd reinará por um bom tempo em nossa sociedade. Segundo a organização do G&G, cerca de 30 mil ingressos foram vendidos e a próxima edição está mais confirmada do que nunca: já para abril do ano que vem.

– A segunda edição do Geek & Game Rio Festival superou todas as nossas expectativas e o público carioca só nos confirmou o quanto é receptivo a este universo de cultura pop. Tivemos participações importantes e grandes destaques. Oferecer ao público a possibilidade de assistir ao primeiro campeonato feminino de Rainbow Six é um divisor de águas. Já estamos nos programando para a terceira edição, que será de 19 a 21 de abril de 2019 – salientou Tatiana Zaccaro, Diretora da Fagga GL events, organizadora do Geek & Game Rio Festival.

E que venham mais e mais feiras como essa. Dá-lhe cultura nerd! 🖖🏻

CONFIRA MAIS IMAGENS DO EVENTO



MaisRecentes

Inscrições abertas para as Classificatórias do Circuito Desafiante



Continue Lendo

Assista! Battlefield V e o seu novo vídeo de gameplay frenético



Continue Lendo

Dark Souls Remastered ganha data de lançamento para Nintendo Switch



Continue Lendo