Fifa 16: Parque Madureira é palco de confrontos e estudante paulista leva R$ 5 mil em prêmio



A segunda etapa do Campeonato Carioca de Futebol Digital 2015 ocorreu neste fim de semana no Parque Madureira e reuniu 128 jogadores de todo o Brasil. Esta foi a primeira vez que uma batalha de videogame aconteceu no local e atraiu a atenção de quem passava pelo parque. O grande campeão da competição foi Victor Abrahão, estudante de São Bernardo (SP), que levou R$ 5 mil. Na etapa anterior, na Rocinha, a medalha de ouro também foi para um jogador de São Paulo. Ao todo, foram distribuídos R$ 20 mil em prêmios nos dois fins de semana do torneio.

Victor Abrahão levou uma bolada para cara (Foto: Pedro Monteiro)

Victor Abrahão levou uma bolada para cara (Foto: Pedro Monteiro)

– Muito emocionante conquistar esse título. O campeonato foi de alto nível. Enfrentei caras muito experientes, que já participaram até de mundial. Os paulistas dominaram o Rio – comemorou o campeão Victor, de 20 anos e que também venceu o Campeonato Paulista deste ano.

Para Cadu Albuquerque, vice-presidente da Federação Carioca de Futebol Digital (FutRioDigital), o Brasil – que tem o maior número de jogadores ativos do mundo (300 mil) – precisa reconhecer o futebol digital como esporte.

– O futebol digital é encarado como esporte no exterior desde a década de 90. Aqui ainda estamos batalhando pelo reconhecimento do e-esporte, mas estamos evoluindo. Esse evento aqui no Rio provou que temos muitos talentos e condições de fazer torneios profissionais, atraindo não só jogadores, mas público e apoiadores da iniciativa privada e de governos. Temos atletas em condições de representar o Brasil em campeonatos nacionais e internacionais, mas eles precisam de apoio. Lá fora os profissionais vivem disso, como acontece nos outros esportes. Vamos chegar lá –  afirmou Cadu.

Marcou presença o youtuber Vinícius André, dono do canal FIFALIZE, que tem mais de 100 mil inscritos no YouTube. Além de saber tudo sobre o game FIFA, o craque está entre os 40 melhores jogadores do mundo e provou a sua habilidade, chegando até as fases finais do torneio.

Vinícius André, do canal FIFALIZE, fez sucesso no evento (Foto: Pedro Monteiro)

Vinícius André, do canal FIFALIZE, fez sucesso no evento (Foto: Pedro Monteiro)

– É muito gratificante participar do torneio, receber todo esse carinho do pessoal que acessa o meu canal. Fico muito feliz por ver o sucesso e grandeza que o futebol digital está alcançando – disse.

O torneio também contou com a presença de Guilherme Miziara, o primeiro campeão brasileiro de futebol digital. O jornalista, de 36 anos, conquistou a medalha de ouro em 1995. Ele destacou a evolução do e-sport e contou um pouco da sua história.

– Tive o prazer de conquistar o ouro no primeiro campeonato de futebol digital do Brasil. Não existia internet, descobri o campeonato em um cartaz de locadora. Não imaginava que o futebol digital pudesse avançar tanto nesses 20 anos. O Brasil ganhou um destaque muito grande na modalidade. As competições estão cada vez mais organizadas, valorizando os cyber-atletas. Hoje em dia não tenho mais tempo para jogar, pendurei o joystick, mas fico muito orgulhoso de ver a Federação Carioca conduzindo o futebol digital de maneira tão séria, contando até com apoio governamental – contou.

Talento mirim

Miguel Eduardo tem apenas 11 anos (Foto: Pedro Monteiro)

Miguel Eduardo tem apenas 11 anos (Foto: Pedro Monteiro)

A 12ª edição do Campeonato Carioca de Futebol Digital também serviu para revelar jovens talentos. Miguel Eduardo, estudante de apenas 11 anos, participou de um campeonato oficial do seu hobby preferido pela primeira vez.

– Achei o torneio muito legal, os caras são muito bons. Jogo todo dia em casa, gosto de escolher o Real Madrid. Quero participar de outros campeonatos para um dia ser campeão – almeja Miguel.

A premiação foi grande; números

A 12a edição do Campeonato Carioca de Futebol Digital, em suas duas etapas, reuniu mais de 250 craques dos games Pro Evolution Soccer 2016 e FIFA 16 de todo o Brasil e até mesmo do exterior. Foram distribuídos R$ 20 mil em prêmios para os 32 melhores jogadores das duas modalidades. O evento foi realizado FutRioDigital e viabilizado por uma parceria entre a Light e a Secretaria de Estado Esporte, Lazer e Juventude (Seelje), por meio da Lei de Incentivo à Cultura e ao Esporte.

Em 2016, o Rio de Janeiro sediará o Campeonato Brasileiro de Futebol Digital e reunirá os 256 melhores cyber-atletas do país.



MaisRecentes

Análise Press Start – Call of Duty: Infinite Warfare (Continuum)



Continue Lendo

O caos! Primeiro trailer de gameplay de Micro Machines World Series é revelado



Continue Lendo

Análise Press Start – Ride 2



Continue Lendo